Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais! Entrar

Leo Lins e o limite do humor

+8
Gutozika Hyuga
Feilhaber
Pidgey
Yagi
el bolinha
Scarlet
Comando Omega
Paçoca do Mato
12 participantes

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz
Paçoca do Mato escreveu:
ele pode falar o que quiser...


Não, ele não pode falar oque quiser e os processos e acusações que ele recebeu são uma prova disso, existe uma diferença bem grande de 
humor sadio e humor que afeta diretamente outras pessoas.

Leo Lins e o limite do humor - Página 2 Image70

"todo tipo de discriminação" e isso não envolve uma "bolha" isso envolve a sociedade como um todo e a partir do momento em que os shows
dele são transmitidos em plataformas que atingem milhares de outras bolhas que se sentem ofendidas com aquilo, elas tem o total direito de 
se sentirem atacadas e utilizarem da justiça.

Paçoca do Mato escreveu:
No caso do Leo Lins ainda é mais grave, por que se trata de uma piada. Pra quem não entende sobre piadas, o Humor negro é um tipo de humor que tem como premissa chocar quem esta ouvindo de uma forma engraçada...


Não estamos dizendo que por ele fazer piadas assim que significa que ele odeie alguma minoria, mas a minoria tem o TOTAL DIREITO de se
sentir ofendida e a lei PERMITE que ela busque esse direito para se proteger seja processando ou buscando outras formas diante da lei, isso não
é uma discussão sobre o humor negro ou sobre o Léo Lins, é uma discussão sobre o SER HUMANO que está sendo referido na piada.

Eu não ligo com piadas de negros, mas uma negra ou negro que já apanhou ou sofreu racismo na rua TEM O DIREITO de não gostar, assim como
um gay que sofreu homofobia pode se sentir ofendido e TEM DIREITO, estamos falando sobre direitos.




Você quer ver um humor engraçado e de qualidade e ao mesmo tempo que respeita TODAS AS CLASSES é o Thiago Ventura, também temos a Tata 
Werneck(ganhou o troféu do ano de humor).

Pode até não gostar deles, mas é inegável que o humor deles faz questão de respeitar quaisquer tipos de minorias e evitar coisas pesadas que atingem
familiares ou falas preconceituosas em excesso.

Big Head escreveu:
Humor não tem limites.


Depende do ponto de vista.

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz
Nem tudo que é legal é bom, escravidão já foi legal, castração química de deficientes não muito tempo atrás foi legal, etc.

O humor trabalha justamente quebrando limites, se você impõe limites, você quebra o humor.
Veja a globo, com sua cartilha do politicamente correto, quais programas humorísticos ela tem agora? O SBT tá lá com The Noite e Praça é nossa.

O humor é excencial na vida, é a válvula de escape da realidade.
Fora isso, tem o papel da crítica social. O bobo da corte é o único que podia tirar sarro do rei sem ser morto, pra você ver o quão tiranico esta o Brasil.

Piada não é algo sério, e falar não deveria ser crime. O nome disso é censura.

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz
Victor escreveu:
Não, ele não pode falar oque quiser e os processos e acusações que ele recebeu são uma prova disso, existe uma diferença bem grande de
humor sadio e humor que afeta diretamente outras pessoas.

Leo Lins e o limite do humor Image70

"todo tipo de discriminação" e isso não envolve uma "bolha" isso envolve a sociedade como um todo e a partir do momento em que os shows
dele são transmitidos em plataformas que atingem milhares de outras bolhas que se sentem ofendidas com aquilo, elas tem o total direito de
se sentirem atacadas e utilizarem da justiça.


Não deveriam ter esse direito. Em que mundo piada é acusação, em que mundo piada é opnião @Victor?

Já riu de uma piada que era tão absurda e o espanto do que foi dito é o que lhe trouxe as risadas?

É disso que estamos falando. Se você vai fazer piadas obviamente você vai rir de alguem ou de alguma situação, então agora não podemos mais fazer piada por que o ego das pessoas é feito de porcelana?

Isso é ideia de uma galera debil que em vez de se preocupar com problemas reais, estão se preocupando com piadas, de um comediante que faz seus shows para quem quer consumir aquele conteudo.

Não estamos dizendo que por ele fazer piadas assim que significa que ele odeie alguma minoria, mas a minoria tem o TOTAL DIREITO de se
sentir ofendida e a lei PERMITE que ela busque esse direito para se proteger seja processando ou buscando outras formas diante da lei, isso não
é uma discussão sobre o humor negro ou sobre o Léo Lins, é uma discussão sobre o SER HUMANO que está sendo referido na piada.

Eu não ligo com piadas de negros, mas uma negra ou negro que já apanhou ou sofreu racismo na rua TEM O DIREITO de não gostar, assim como
um gay que sofreu homofobia pode se sentir ofendido e TEM DIREITO, estamos falando sobre direitos.


Mano, não deveriam ter esse direito de se sentir ofendidos por piada.

Se eu chegar aqui e contar uma piada sobre Homossexual pra você, você se sentiria ofendido? Talvez... você poderia ter esse direito de se sentir ofendido, mas aqui não é lugar para contar tal piada, concorda? Agora se eu fizer uma piada de homossexual com um amigo em um bar, e alguem me filmar e postar em um grupo de fofocas, a culpa é minha ou de quem filmou e postou em outra bolha na qual não estou inserido?

A galera tem que entender que piada é diferente de opnião, e dar munição pra essa gente é perigoso. O poder da sensura é um poder grande demais dado pra gente tão mediocre, que a qualquer momento pode virar isso pra quem se diz oprimido.

A questão é que esta todo mundo de saco cheio desses mimimis de gente que se ofende com tudo. No momento em que a sensura virar para esse povo, vai ter a maioria da população aplaudindo de pe, como essas supostas minorias fazem hoje.

Você quer ver um humor engraçado e de qualidade e ao mesmo tempo que respeita TODAS AS CLASSES é o Thiago Ventura, também temos a Tata
Werneck(ganhou o troféu do ano de humor).


Ai você esta de sacanagem né? Entendo tu gostar disso, e não nego o direito que você tem de gostar desses 2, pra mim são pessimos humoristas, o Thiago até já fez bom stand up no passado, mas o que falta hoje é o respeito. É a galera descer do pedestal como bastiões da boa moral, de que tem o direito de dizer o que podemos e o que devemos achar engraçado. É exatamente isso que acontece na Coreia do Norte.

É um absurdo sem tamanho isso que tu disse.


Cabeçudo escreveu:
Nem tudo que é legal é bom, escravidão já foi legal, castração química de deficientes não muito tempo atrás foi legal, etc.

O humor trabalha justamente quebrando limites, se você impõe limites, você quebra o humor.
Veja a globo, com sua cartilha do politicamente correto, quais programas humorísticos ela tem agora? O SBT tá lá com The Noite e Praça é nossa.

O humor é excencial na vida, é a válvula de escape da realidade.
Fora isso, tem o papel da crítica social. O bobo da corte é o único que podia tirar sarro do rei sem ser morto, pra você ver o quão tiranico esta o Brasil.

Piada não é algo sério, e falar não deveria ser crime. O nome disso é censura.


Sim, eu vivi o dia pra dizer que eu concordo com o @Big Head

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz
Big Head escreveu:
Piada não é algo sério, e falar não deveria ser crime. O nome disso é censura.


É muito fácil dizer isso se você não faz parte de alguma minoria que foi afetada historicamente, não dói em você 
que nunca sentiu, é compreensível você achar que é "mimimi" ou "censura".


Paçoca do Mato escreveu:
Não deveriam ter esse direito. Em que mundo piada é acusação, em que mundo piada é opnião @Victor?
Já riu de uma piada que era tão absurda e o espanto do que foi dito é o que lhe trouxe as risadas?
É disso que estamos falando. Se você vai fazer piadas obviamente você vai rir de alguem ou de alguma situação, então agora não podemos mais fazer piada por que o ego das pessoas é feito de porcelana?
Isso é ideia de uma galera debil que em vez de se preocupar com problemas reais, estão se preocupando com piadas, de um comediante que faz seus shows para quem quer consumir aquele conteudo.


 Paçoca você não entendeu, a minha crítica não está na piada e sim em quem sofre com o uso delas ou algumas 
delas que são mais pesadas.

Eu já ri de alguns humores negros entre amigos íntimos, faço piadas com lgbts(SOU LGBT) e faço isso com pessoas
mais íntimas e que nos respeitamos e mesmo sendo minorias nos apoiamos e sabemos da nossa história, fazemos 
isso na nossa BOLHA DE AMIGOS ÍNTIMOS.

Você acha que eu teria coragem de ir em rede nacional em em alguma plataforma famosa de streaming dizer coisas
pesadas sobre gays em forma de piada? Eu não teria, pois eu sei que na TV e plataformas como essa, atingem outras
diversas bolhas, com isso atingimos pessoas que podem ter sofrido com isso e tem direito de se sentirem mal.

Paçoca do Mato escreveu:
Mano, não deveriam ter esse direito de se sentir ofendidos por piada.

Se eu chegar aqui e contar uma piada sobre Homossexual pra você, você se sentiria ofendido? Talvez... você poderia ter esse direito de se sentir ofendido, mas aqui não é lugar para contar tal piada, concorda? Agora se eu fizer uma piada de homossexual com um amigo em um bar, e alguem me filmar e postar em um grupo de fofocas, a culpa é minha ou de quem filmou e postou em outra bolha na qual não estou inserido?


Eu entendi seu ponto, mas ninguém filma papo de amigos em um bar, desconhecidos não chegariam em rede NACIONAL,
desconhecidos não alcançam todas as bolhas possíveis.

Eu não me sentiria ofendido com uma piada envolvendo gays(por mais pesada que fosse), ENTRETANTO, eu entendo como
pessoa e com empatia que eu tenho amigos que apanharam, que já foram humilhados, que já foram expulsos de casa e 
com isso eu me recuso a criticá-los se eles se sentirem mal por uma piada ENVOLVENDO ELES.

Com empatia você aprende a entender que a vivência singular ou histórica de uma minoria não é piada se afeta a pessoa,
não tem como eu achar engraçado falar sobre crianças com câncer para um programa filmado que atinge não apenas o 
público que assiste e achar que não chegará em mães com crianças com câncer terminal por exemplo.

Eu odeio Futebol e Novelas e sempre acabo me deparando com algum deles na minha vida diariamente, agora um stand up
filmado com intenção de ser assistido e arrecadar público, a não ser que ache que quem assiste e ouve as coisas absurdas 
vá ignorar.

Paçoca do Mato escreveu:
Ai você esta de sacanagem né? Entendo tu gostar disso, e não nego o direito que você tem de gostar desses 2, pra mim são pessimos humoristas, o Thiago até já fez bom stand up no passado, mas o que falta hoje é o respeito. É a galera descer do pedestal como bastiões da boa moral, de que tem o direito de dizer o que podemos e o que devemos achar engraçado. É exatamente isso que acontece na Coreia do Norte.

É um absurdo sem tamanho isso que tu disse.


Na verdade ambos são mais premiados do que o próprio Léo Lins, não é questão de gosto é senso GERAL, gostar ou não deles
é uma opinião pessoal de cada um, não difere no prestígio que cada um possui e relevância.

Não é absurdo se não fere ninguém, se fosse algo tão normal e aceito oque o Léo Lins faz obviamente ele não estaria sendo 
censurado, o humor existe a anos, inúmeros programas e humoristas que são conhecidos MUNDIALMENTE e mesmo assim sem
se envolver em polêmicas.

Sim, eu vivi o dia pra dizer que eu concordo com o @Big Head


Óbvio que concorda, é fácil concordar quando alguém segue sua mesma linha de raciocínio, isso se chama interesse em comum.

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz
Como não faço parte de minoria? Sou pobre e moreno.
:horak:

Sim é mimimi e censura.
Piada é algo teatral, uma caricatura da realidade. Seria equivalente censurar peças de teatro, filmes e etc, não tem como defender algo assim.

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz
Victor escreveu:
Paçoca você não entendeu, a minha crítica não está na piada e sim em quem sofre com o uso delas ou algumas
delas que são mais pesadas.

Eu já ri de alguns humores negros entre amigos íntimos, faço piadas com lgbts(SOU LGBT) e faço isso com pessoas
mais íntimas e que nos respeitamos e mesmo sendo minorias nos apoiamos e sabemos da nossa história, fazemos
isso na nossa BOLHA DE AMIGOS ÍNTIMOS.

Você acha que eu teria coragem de ir em rede nacional em em alguma plataforma famosa de streaming dizer coisas
pesadas sobre gays em forma de piada? Eu não teria, pois eu sei que na TV e plataformas como essa, atingem outras
diversas bolhas, com isso atingimos pessoas que podem ter sofrido com isso e tem direito de se sentirem mal.


@Victor não é isso mesmo que eu estou dizendo? Leo Lins faz as suas piadas no palco de standup. Quem vai em seus shows esta ali por que espera que ele vai fazer piadas pesadas. Ninguem sai do show dele apedrejando gays, fazendo sinal de apoio ao Nazis ou empurrando aleijados na rua. Sabemos que tudo se trata de piada, e a piada é pra ser subversiva, essa é a graça, rir de cosias que não ririamos em uma situação normal.

Eu não acho que você ou outra pessoa não possam se ofender ou que tenham que gostar do humor do Léo, mas vamos falar de forma subjetiva ok? Se tu se ofende com as piadas que o cara posta em suas próprias redes sociais, por que tu vai seguir o cara? Não faz sentido. Se tu tem alergia a amendoim, tu vai comer um bolo de amendoim, ou vai processar o padeiro por estar vendendo bolo de amendoim pra quem não é alérgico?

Não acho que o problema seja a minoria Y ou X, o problema é gente chata, gente chata que se acha o bastião da moral, que podem ditar o que é bom e se alquem discordar são opressores e merecem ser punidos. A turma que prega a diversidade quer que todos pensem iguais. Não faz sentido.


Eu entendi seu ponto, mas ninguém filma papo de amigos em um bar, desconhecidos não chegariam em rede NACIONAL,
desconhecidos não alcançam todas as bolhas possíveis.

Eu não me sentiria ofendido com uma piada envolvendo gays(por mais pesada que fosse), ENTRETANTO, eu entendo como
pessoa e com empatia que eu tenho amigos que apanharam, que já foram humilhados, que já foram expulsos de casa e
com isso eu me recuso a criticá-los se eles se sentirem mal por uma piada ENVOLVENDO ELES.

Com empatia você aprende a entender que a vivência singular ou histórica de uma minoria não é piada se afeta a pessoa,
não tem como eu achar engraçado falar sobre crianças com câncer para um programa filmado que atinge não apenas o
público que assiste e achar que não chegará em mães com crianças com câncer terminal por exemplo.

Eu odeio Futebol e Novelas e sempre acabo me deparando com algum deles na minha vida diariamente, agora um stand up
filmado com intenção de ser assistido e arrecadar público, a não ser que ache que quem assiste e ouve as coisas absurdas
vá ignorar.


Claro meu amigo. Eu sei disso.. Eu nunca lhe tratei com desrespeito e nunca vou com você ou com ninguem que seja LGBTQIA+ etc... Eu entendo que piadas não são ofenças, são apenas piadas. Não deveria ser crime fazer outra pessoa rir. E mesmo assim, por respeito a você e qualquer outro, eu nunca faria piadas sobre isso com você, a menos que tivesse libertade pra isso. Por exemplo, eu não sou nenhum branco de olhos verdes... sou moreno, e sim, já sofri preconseito uma vez quando era mais novo, é um relato que jpa contei aqui a muito tempo atras em um off topic se não me engano. Mesmo assim, sou o primeiro a contar piadas de negros para meus amigos, inclusive pra um amigo Negro que tenho que é como se fosse meu irmão (já morou la em casa por um tempo qndo a senhora que cuidava dele morreu). Eu sei que tenho essa liberdade pra fazer isso com ele, mas não faria com outras pessoas que não tenho liberdade.

O que estou questionando aqui, é o direito de o Leo Lins por exemplo fazer o mesmo. Ele faz piadas sobre todos os temas diferentes, e dos mais pesados possiveis, eu gosto de ouvir, eu sei que são apenas piadas, e por isso eu me acho no direito de assistir o show. Mas agora eu não posso mais assistir por que alguem que se ofende facil, e que tem esse direito de se ofender, mas ele quer assistir o show mesmo assim? Por que alguem em sã conciencia que sabe que não aguenta ouvir qualquer coisa, que sente gatilhos ou sei la o que, por que um cara desses esta no canal do Leo Lins assistindo seus videos?

"Há mas como é publico o instagram e o Youtube me oferecem" ... É que tal aceitar o conselho da mamãe e não pegar qualquer coisa de estranhos? O instagram me oferece direto conteudo da Luisa Sonsa, nem por causa disso eu fico denunciando as postagens dela ou desejando que ela não tenha o direito de fazer o trabalho dela. Eu amo musica, e pra mim é uma ofença por exemplo ver que cantores como Anitta, Luisa e Pablo tenham tanto destaque dado o talento deles... Mas acho que eles tem o direito de oferecer seus trabalhos para quem gosta consumir. Simples assim, se existem bolhas diferentes, e a pessoa não suporta ver nada fora da sua bolha, então por que sai dela?

Na verdade ambos são mais premiados do que o próprio Léo Lins, não é questão de gosto é senso GERAL, gostar ou não deles
é uma opinião pessoal de cada um, não difere no prestígio que cada um possui e relevância.

Não é absurdo se não fere ninguém, se fosse algo tão normal e aceito oque o Léo Lins faz obviamente ele não estaria sendo
censurado, o humor existe a anos, inúmeros programas e humoristas que são conhecidos MUNDIALMENTE e mesmo assim sem
se envolver em polêmicas.


Á sim, humor alá "Zorra Total" né? Esse mimimi chato é novo. Onde as pessoas se ofendem com piadas. Em paises de primeiro mundo como EUA você pode ir la, contar piadas e rir sobre o que você quiser. Obvio que existem assuntos delicados, mas você tem a liberdade de falar. Mas aqui não, aqui o povo se ofende com piadas. Isso beira o bizarro. Eu sou Apolitico, não ligo para quem vai governar o pais, mas é evidente que se trata mais de quem fala do que "O que se fala". Um exemplo é o proprio porta dos fundos que pode zuar a Cristo e não acontece nada. Acho que eles deveriam ser sensurados? Não acho que eles tem total direito de zuar quem eles quiser. Se eu acho ofensivo, eu simplesmente não vou assistir. Assim não afeto com meu egoismo o direito das pessoas de escolherem o que é melhor para eles.

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz

descriptionLeo Lins e o limite do humor - Página 2 EmptyRe: Leo Lins e o limite do humor

more_horiz
Tá e qual a tua opinião? Só postar vídeo isentão não adianta.
Eu vi o segundo, onde o cara diz que se deve "Aguentar o tranco", ou seja, se conformar com a censura do estado.

Até o Rogério Skylab que é esquerdista consegue ser mais lúcido sobre o assunto.
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos