Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais! Entrar

Educação sexual nas escolas

+8
Joe Heartfilia
Deusa Hinata
SamuelCosta
Mr. Causality
Rin
Paçoca do Mato
YamiNoKemono
Comando Omega
12 participantes

pollVocê é a favor ou contra

a favor
13
87%

Comando Delta, Pedronaruto123, Rin, TyeYona, Dona Gilda, Comando Omega, SamuelCosta

contra
2
13%

Paçoca do Mato, HueningKai.Bahiyyih

Total de votos:
15
+10
Dona Gilda
Comando Omega
Paçoca do Mato
SamuelCosta
Joe Heartfilia
Itachi Uchiha
Espírito da Floresta
Mr. Causality
HueningKai.Bahiyyih
Victor
14 participantes

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
Deusa Hinata escreveu:
@Joe Heartfilia
Quando você coloca isso como critério para a Educação Sexual poder ser realizada é que você cogita, sabe-se-lá-o-porquê, que a escola poderia assumir o papel de ensinar dicas de como transar, quais posições dão mais prazer, etc., o que mostra que você não tem o mínimo de informação acerca do que é educação sexual. Ensinar sobre sexo nas escolas sempre é com um viés educativo e informativo acerca das consequências do ato sexual, é para que o aluno saiba o que o sexo pode acarretar - gravidez, ISTS - para iniciar a vida sexual de forma consciente e responsável quando o fizer. Contudo, como mencionaram indiretamente, isso é apenas um dos absurdos que você postou. Enfim, respeito o direito de você ter opinião sobre algo, mas acho que você deveria pesquisar mais sobre os índices de gravidez na adolescência, a idade média que uma menina começa a menstruar no Brasil, os índices de abuso de vulnerável, assim como propostas sérias e oficiais de educação sexual para não cometer esse "disserviço" que você está fazendo no tópico. O lado bom é que, provavelmente, você ainda não é pai.


Não, acho que se equivocou mais uma vez. O motivo de eu comentar "dicas sexuais"... vem disto...

1- Na educação sexual de hoje, as pessoas são ensinadas a usar métodos contraceptivos e outras coisas, ou seja, não ensinam a não se apressarem com o sexo, mas que não tem nenhum problema em transar... Entende?
-Quem falou de posições, prazer, etc...?


Onde eu quero chegar com isso? A edução sexual de hoje em dia é inútil, porque ensina as mesmas coisas que todo medico, pai, professor, MS e ou a sociedade em geral ensina.

2- Eu estou mais informado das estatísticas do que você imagina meu caro amigo.



Tá.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
ué buguei a escola ensina o que é necessario a prevenção contra dsts, as mudanças que ocorrem no corpo, ensina a usar camisinha qual o ponto que voce quer chegar?

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
Allancesar escreveu:
ué buguei a escola ensina o que é necessario a prevenção contra dsts, as mudanças que ocorrem no corpo, ensina a usar camisinha qual o ponto que voce quer chegar?


Sim, mas ensina isso para crianças e isso leva elas a se apressarem, ter curiosidade de experimentar essas coisas por pura curiosidade.

Quer mudar uma sociedade? Mecha com a cabecinha das crianças, e o território sera seu...

Quando digo que ha falta de profissionalismo, refiro me a isso... Eles acham que "ensinando a se prevenir" sera uma coisa futura e que as crianças vão seguir ao pé da letra... MAS... fazem o contrario por pura inocência...

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
É óbvio que é necessário, não teria nem que existir dúvidas quanto a isso.

Há uma falsa ideia ABSURDA e, deveras, hipócrita de educação sexual se resumir a falar sobre crianças fazerem sexo.

Primeiro que há a necessidade de se ter um PREPARO para os professores. Assim como um pedagogo tem capacidade suficiente para ensinar matemática básica para alunos do primário sem precisar ter formação em matemática, ele precisa ser capaz de ter conhecimento sobre educação sexual sem precisar ser um profissional da área da saúde.

Ensino Primário: Ensinar as meninas como reconhecer e se defender de assédio por parte de ''familiares'' e amigos da família. Uma criança (especialmente uma menina) na faixa etária do 1º ao 5º ano do ensino primário, já tem discernimento o suficiente para entender que não se deve deixar outras pessoas tocarem suas partes íntimas a menos que sejam seus pais ou profissionais da saúde em companhia e autorização dos seus pais ou responsáveis. Isso facilitaria MUITO que crianças deixassem de ser vítimas de assédio/abuso sexual ou facilitaria a reconhecer mais precocemente os agressores e o contexto em que ocorriam as agressões.

Ensinar a respeitar os coleguinhas. Que xingar os outros de bichinha/viadinho ou de atribuir conotações como cores, gostos para desenhos e brincadeiras/músicas como segregacionistas para meninos ou meninas é errado e que todo mundo tem o direito de decidir qual cor usar, qual brincadeira no recreio fazer e similares. Ex: Se um garoto de 8 anos gosta de rosa e de brincar com bonecas, ensinar as outras crianças do colégio que não há nada de errado nisso. Como isso não é ensinado e as crianças crescem achando que isso é normal, acaba que o bullying é normalizado e quanto mais velho a criança for, mais difícil vai ser delas mudarem essas crenças. 

Isso o PEDAGOGO comum tem plena capacidade de ser instruído a fazer !!

Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano): Já é uma idade suficiente para reforçar de forma mais agressiva todos os erros da etapa anterior que ainda persistem na mentalidade dos alunos, como estigma dos preconceitos de coisas de meninos e meninas, reforçar o combate ao bullying e a identificação de casos de assédio. Geralmente são alunos de 12 aos 15 anos nessa fase, ou seja, pré-adolescentes/adolescentes. Já é hora de GRADATIVAMENTE abordar sobre sexo. Isso seria dizer, o que é um sexo seguro, quais os riscos e consequências de uma gravidez na adolescência, o que são ISTs e como se prevenir delas. É ÓBVIO que não é para sair abrindo uma aba do Xvideos e mostrar vídeos de sexo para os alunos. É trabalhar em cima de todo o tabu que envolve o sexo. E como eu disse, é algo GRADUAL. No 6º ano, seria mais reforçar as etapas já trabalhadas nos anos anteriores e já começar a trabalhar conceitos como a diversidade de orientações sexuais existentes. No 7º ano, você já introduz a questão da gravidez na adolescência e aborda de forma inicial questões como transsexualidade. No 8º ano, você já fala sobre ISTs e a importância de se fazer sexo seguro. No 9º ano, você aborda tudo isso, de uma maneira mais aprofundada e reforçado os conceitos já iniciados nos anos anteriores.

Nessa etapa, o mais apto a realizar essas questões é o Professor de Ciências (geralmente um biólogo). Óbvio que haveria a necessidade de adaptação desses assuntos ao contexto das turmas. Não tem como generalizar que todos os alunos de todas as escolas do Brasil estariam aptos a aprenderem os mesmos assuntos no mesmo tempo. Por isso a correta instrução desses profissionais. 

Ensino Médio: De uma forma muito mais séria e menos lúdica, os alunos já teriam conhecimento suficiente dos riscos e consequências de realizar sexo sem preservativo (gravidez, ISTs). Já teriam capacidade de respeitar diferenças de orientação sexual a diferença entre orientação sexual e identidade de gênero (que aposto que muito marmanjo desse fórum com mais de 20 anos nem deve saber). Já teriam condições de abordar mais livremente sobre assuntos que envolvam sexo com seus pais, sem que isso seja o maior tabu do mundo. E nessa etapa já é suficiente para abordar de forma mais detalhada, as consequências de uma gravidez indesejada como (condições em que o aborto é permitido no Brasil, riscos de se se interromper a gestação em clínicas clandestinas para a mãe e o bebê, o papel do pai nessa relação, o risco do uso excessivo das pílulas do dia seguinte, como pode ser feito o tratamento de ISTs e quem deve ser o profissional que eles devem procurar).


Sério, achar que isso tudo que eu disse é um conhecimento básico que todo mundo conhece é estar COMPLETAMENTE fora da realidade da saúde pública no Brasil. 


https://brasil.un.org/pt-br/110425-brasil-e-o-pais-que-mais-mata-travestis-e-pessoas-trans-no-mundo-alerta-relatorio-da

https://www.anf.org.br/brasil-e-o-pais-que-mais-mata-pessoas-da-comunidade-lgbtqia-no-mundo/

https://brazil.unfpa.org/pt-br/news/apesar-da-redução-dos-índices-de-gravidez-na-adolescência-brasil-tem-cerca-de-19-mil


Talvez esses temas sendo abordados nas escolas, algumas dessas estatísticas acima diminuam nas próximas gerações.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
caralho que desculpa esfarrapada a criança naturalmente vai ter curiosidade, a escola ensina o que é necessario e ponto

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
Esse pessoal tem um fetiche danado com criança. Deixem-nas em paz.

Começou a desandar quando cortaram a TV globinho.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
eu descobri o que é sexo na 2 série pesquisando no google, ensinar isso para os alunos do ensino primário não é nem um problema, na verdade é até bom para as crianças terem pelo menos discernimento de certas situações e evitar o assédio.

Sempre vai ter aquela menina na sua sala que vai aparecer gravida...


na minha escola nunca teve isso ai não kkkkkkkkkkk no máximo um vídeo ou nude vazado.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
:meti: Meu Deus...

Cada um pensando o que é conveniente para ele...

@Pedronaruto123

O sexo não é algo que se fale para crianças, certamente você falou isso por ter vivido isso. Então você acha que não fara mal algum aos seus filhos, já não fez para você.
Quando for pai, se é que algum dia se tornara um... você vai entender oque eu estou falando. Alguns pais já foram como você, fizeram besteiras sem que os pais soubessem, mas agora eles sofrem por só de saber que o filho esconde algo.

E deixe me te ensinar uma coisa, esse tipo de coisas as crianças devem descobrir naturalmente... Entende?

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
Mas assim pessoal, a educação sexual nas escolas serve também para identificar abusos de crianças sofrido por algum membro da família.

https://www.ufrgs.br/coronavirus/base/educacao-sexual-e-fundamental-para-combater-o-abuso-infantil/

Deusa Hinata escreveu:


E deixe me te ensinar uma coisa, esse tipo de coisas as crianças devem descobrir naturalmente... Entende?


Vc acha que uma criança que estaria sofrendo abusos deveria descobrir sozinha? Se não houver educação sexual como ela saberia? Além do mais, nem todas as pessoas do brasil tem acesso a internet, então imagine a situação de uma criança de família de baixa renda, sem internet e sem educação sexual, quando ela iria descobrir que está sendo abusada? Claro, quando ela for adulta, mas aí já será tarde demais.

Última edição por TyeYona em Qui 30 Jun 2022, 20:44, editado 2 vez(es)

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
Heisenberg escreveu:
É óbvio que é necessário, não teria nem que existir dúvidas quanto a isso.

Há uma falsa ideia ABSURDA e, deveras, hipócrita de educação sexual se resumir a falar sobre crianças fazerem sexo.

Primeiro que há a necessidade de se ter um PREPARO para os professores. Assim como um pedagogo tem capacidade suficiente para ensinar matemática básica para alunos do primário sem precisar ter formação em matemática, ele precisa ser capaz de ter conhecimento sobre educação sexual sem precisar ser um profissional da área da saúde.

Ensino Primário: Ensinar as meninas como reconhecer e se defender de assédio por parte de ''familiares'' e amigos da família. Uma criança (especialmente uma menina) na faixa etária do 1º ao 5º ano do ensino primário, já tem discernimento o suficiente para entender que não se deve deixar outras pessoas tocarem suas partes íntimas a menos que sejam seus pais ou profissionais da saúde em companhia e autorização dos seus pais ou responsáveis. Isso facilitaria MUITO que crianças deixassem de ser vítimas de assédio/abuso sexual ou facilitaria a reconhecer mais precocemente os agressores e o contexto em que ocorriam as agressões.

Ensinar a respeitar os coleguinhas. Que xingar os outros de bichinha/viadinho ou de atribuir conotações como cores, gostos para desenhos e brincadeiras/músicas como segregacionistas para meninos ou meninas é errado e que todo mundo tem o direito de decidir qual cor usar, qual brincadeira no recreio fazer e similares. Ex: Se um garoto de 8 anos gosta de rosa e de brincar com bonecas, ensinar as outras crianças do colégio que não há nada de errado nisso. Como isso não é ensinado e as crianças crescem achando que isso é normal, acaba que o bullying é normalizado e quanto mais velho a criança for, mais difícil vai ser delas mudarem essas crenças. 

Isso o PEDAGOGO comum tem plena capacidade de ser instruído a fazer !!

Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano): Já é uma idade suficiente para reforçar de forma mais agressiva todos os erros da etapa anterior que ainda persistem na mentalidade dos alunos, como estigma dos preconceitos de coisas de meninos e meninas, reforçar o combate ao bullying e a identificação de casos de assédio. Geralmente são alunos de 12 aos 15 anos nessa fase, ou seja, pré-adolescentes/adolescentes. Já é hora de GRADATIVAMENTE abordar sobre sexo. Isso seria dizer, o que é um sexo seguro, quais os riscos e consequências de uma gravidez na adolescência, o que são ISTs e como se prevenir delas. É ÓBVIO que não é para sair abrindo uma aba do Xvideos e mostrar vídeos de sexo para os alunos. É trabalhar em cima de todo o tabu que envolve o sexo. E como eu disse, é algo GRADUAL. No 6º ano, seria mais reforçar as etapas já trabalhadas nos anos anteriores e já começar a trabalhar conceitos como a diversidade de orientações sexuais existentes. No 7º ano, você já introduz a questão da gravidez na adolescência e aborda de forma inicial questões como transsexualidade. No 8º ano, você já fala sobre ISTs e a importância de se fazer sexo seguro. No 9º ano, você aborda tudo isso, de uma maneira mais aprofundada e reforçado os conceitos já iniciados nos anos anteriores.

Nessa etapa, o mais apto a realizar essas questões é o Professor de Ciências (geralmente um biólogo). Óbvio que haveria a necessidade de adaptação desses assuntos ao contexto das turmas. Não tem como generalizar que todos os alunos de todas as escolas do Brasil estariam aptos a aprenderem os mesmos assuntos no mesmo tempo. Por isso a correta instrução desses profissionais. 

Ensino Médio: De uma forma muito mais séria e menos lúdica, os alunos já teriam conhecimento suficiente dos riscos e consequências de realizar sexo sem preservativo (gravidez, ISTs). Já teriam capacidade de respeitar diferenças de orientação sexual a diferença entre orientação sexual e identidade de gênero (que aposto que muito marmanjo desse fórum com mais de 20 anos nem deve saber). Já teriam condições de abordar mais livremente sobre assuntos que envolvam sexo com seus pais, sem que isso seja o maior tabu do mundo. E nessa etapa já é suficiente para abordar de forma mais detalhada, as consequências de uma gravidez indesejada como (condições em que o aborto é permitido no Brasil, riscos de se se interromper a gestação em clínicas clandestinas para a mãe e o bebê, o papel do pai nessa relação, o risco do uso excessivo das pílulas do dia seguinte, como pode ser feito o tratamento de ISTs e quem deve ser o profissional que eles devem procurar).


Sério, achar que isso tudo que eu disse é um conhecimento básico que todo mundo conhece é estar COMPLETAMENTE fora da realidade da saúde pública no Brasil. 


https://brasil.un.org/pt-br/110425-brasil-e-o-pais-que-mais-mata-travestis-e-pessoas-trans-no-mundo-alerta-relatorio-da

https://www.anf.org.br/brasil-e-o-pais-que-mais-mata-pessoas-da-comunidade-lgbtqia-no-mundo/

https://brazil.unfpa.org/pt-br/news/apesar-da-redução-dos-índices-de-gravidez-na-adolescência-brasil-tem-cerca-de-19-mil


Talvez esses temas sendo abordados nas escolas, algumas dessas estatísticas acima diminuam nas próximas gerações.

No geral, eu concordo. Só achei que sua logística ficou inefetiva. No ensino fundamental você praticamente já abordou tudo da educação sexual, no ensino médio não teria mais nada para ensinar, então a classe deve ser abolida.

Eu pessoalmente não deixaria passar do fundamental, é muito mais fácil construir valores em uma criança do que um(a) adolescente com fogo no cu — as pessoas se esquecem, a infância molda o adulto/adolescente, a criança de antes não desaparece, ela só muda.

A logística seria a questão mais interessante: quando começa, quando termina, qual seria a carga horária, qual conteúdo deve ser abordado em determinada série, etc...

Outra educação que deveria ser dada na escola é a de ser gente. Preparar os alunos pra vida adulta: como financiar um carro, como administrar minha capital, o que a lei me permite fazer, dentre outros assuntos que seriam imprescindíveis aos alunos na vida adulta.

E não é só aqui, estava conversando com um professor francês sobre isso justamente hoje, aprende-se função logarítmica, mas não se sabe do mínimo da legalidade, de saber seus direitos como cidadão (não pra passar na OAB, mas saber das coisas essenciais), de como lidar com dinheiro, etc.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
No geral, eu concordo. Só achei que sua logística ficou inefetiva. No ensino fundamental você praticamente já abordou tudo da educação sexual, no ensino médio não teria mais nada para ensinar, então a classe deve ser abolida.

Eu pessoalmente não deixaria passar do fundamental, é muito mais fácil construir valores em uma criança do que um(a) adolescente com fogo no cu — as pessoas se esquecem, a infância molda o adulto/adolescente, a criança de antes não desaparece, ela só muda.

A logística seria a questão mais interessante: quando começa, quando termina, qual seria a carga horária, qual conteúdo deve ser abordado em determinada série, etc...

Outra educação que deveria ser dada na escola é a de ser gente. Preparar os alunos pra vida adulta: como financiar um carro, como administrar minha capital, o que a lei me permite fazer, dentre outros assuntos que seriam imprescindíveis aos alunos na vida adulta.

E não é só aqui, estava conversando com um professor francês sobre isso justamente hoje, aprende-se função logarítmica, mas não se sabe do mínimo da legalidade, de saber seus direitos como cidadão (não pra passar na OAB, mas saber das coisas essenciais), de como lidar com dinheiro, etc.


Mas muita coisa que vemos no Ensino Médio não é justamente um conteúdo aprofundado do que já vemos desde o ensino fundamental 2 ? Português, Matemática (vários assuntos), História, Geografia, Inglês, basicamente, muitos dos conteúdos se repetem, só que de forma mais detalhada.

Com Educação Sexual seria a mesma coisa e eu dei os exemplos. Não tem sentido falar de legislação de aborto para meninas do 6º ano, mas tem total sentido introduzir esse assunto para meninas de 16~17 anos que estão no Ensino Médio. Da mesma forma falar sobre pílula do dia seguinte, diversidade de métodos contraceptivos como DIU, uso correto de preservativos, anticoncepcionais e etc para alunos do ensino fundamental. São assuntos complexos demais para serem abordados nesse período.

Além de que, querendo ou não, são assuntos mais voltados a prática sexual em si, que sabemos que ocorre com muito mais frequência entre os adolescentes deixa faixa etária do que antes dos 15 anos de idade. 

E concordo que Educação Sexual é apenas uma das modificações necessárias de serem incluídas no nosso sistema educacional. Educação Financeira é FUNDAMENTAL também ! Tal como noções básicas de legislação, libras e até mesmo música/teatro.

Claro que para que isso desse certo, precisaria adaptar a carga horária e grade curricular das matérias já existentes. 

Educação SEMPRE foi e SEMPRE será a base de qualquer nação que queira se desenvolver. Tantos problemas polêmicos e divergentes no Brasil como liberação do uso de armas, liberação da Cannabis, instituição da prisão perpétua, descriminalização do aborto seriam parcialmente resolvidos com um investimento pesado na educação.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
@Deusa Hinata

cite um exemplo de crianças que descobriram o que é sexo e isso fez mal a elas.

lógico, um professor nao vai abrir uma aba do xvideos no meio sala de aula, tem que ter uma certa linguagem específica para conversa com crianças do 2 e 3 ano por ai, para pelo menos ajudar ela a combater o assédio sexual.

Alguns pais já foram como você, fizeram besteiras sem que os pais soubessem, mas agora eles sofrem por só de saber que o filho esconde algo.


o que seria essas "besteiras"? de contexto meu amigo.

o que o medo de tomar cintada da mãe por ter quebrado o vaso de 550R$ dela com a bola tem a ver com não falar de sexo pra elas?

E deixe me te ensinar uma coisa, esse tipo de coisas as crianças devem descobrir naturalmente... Entende?


e por a caso, aprender isso nas escolas nao é natural? essa sua frase nao fez o menor sentido.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
@Pedronaruto123
cite um exemplo de crianças que descobriram o que é sexo e isso fez mal a elas.


Não só crianças, mas os adultos também...

Ao se descobrir um certa coisa, a tendência é de saber mais sobre... Uma coisa simples de se entender. E aquele que descobre sexo esta condenado a experimenta-lo de alguma forma, seja por masturbação, penetração, etc...
Faça algumas pesquisas das estáticas, vera que sexo na infância pode trazer vários problemas para o presente e futuro da criança.

Mas vou me adiantar... Sexualidade precoce pode trazer vários fatores como, ejaculação precoce, depressão, obesidade, egocentrismo, rebeldia, stress, falta de foco na escola, etc,... etc...
Futuramente pode influencia em suas vidas de forma muito negativa

lógico, um professor nao vai abrir uma aba do xvideos no meio sala de aula, tem que ter uma certa linguagem específica para conversa com crianças do 2 e 3 ano por ai, para pelo menos ajudar ela a combater o assédio sexual.


Para começar, você esta indo longe demais...
E segundo, ensinar sexualidade para crianças abaixo de 08 anos seria a pior coisa que Homem pode fazer.

o que seria essas "besteiras"? de contexto meu amigo.

o que o medo de tomar cintada da mãe por ter quebrado o vaso de 550R$ dela com a bola tem a ver com não falar de sexo pra elas?


1- Existiam pais que eram valentões e praticavam bullyng nas escolas onde estudaram, porem vendo os filhos a seguirem o mesmo caminho eles lhes impedem. Porque?

2- A rebeldia pode ser uma das consequência de descobrir o sexo.

e por a caso, aprender isso nas escolas nao é natural? essa sua frase nao fez o menor sentido.


"Sim, assim como é natural ensinar Matemática e ciências"... Educação sexual nas escolas  - Página 3 4026619240

Cara, tudo que se enfia na cabeça de alguém é forçado, de alguma forma é...

Defina "NATURALMENTE"
_______________________________________________________________________

Ah! Ultima coisa... Eu não sou contra a educação sexual, apenas sou a favor de um pente fino no ramo antes de introduzi-lo no sistema da educação.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
@Deusa Hinata

Não só crianças, mas os adultos também..


e existe algum ser vivo que descobriu o que é sexo dps dos 25 anos de idade?  :gato:

Ao se descobrir um certa coisa, a tendência é de saber mais sobre... Uma coisa simples de se entender. E aquele que descobre sexo esta condenado a experimenta-lo de alguma forma, seja por masturbação, penetração, etc...
Faça algumas pesquisas das estáticas, vera que sexo na infância pode trazer vários problemas para o presente e futuro da criança.


1- é relativo, onde depende unicamente do interesse da pessoa sobre o assunto e tbm a forma de como ela aprende. isso entra no mesmo caso das drogas; o Proerd por exemplo, chamam crianças na faixa etária mínima de 9 anos, idade em que elas estão geralmente no 3 ano do fundamental, e te pergunto:

por que as crianças dps de entrar nesse programa educacional, descobrindo a existência de drogas e violência, não a aplicam no dia a dia?

2- por outro lado, várias estáticas mostram que o simples ato de falar para uma criança, os lugares do seu corpo que ngm além de vc pode tocar pq é errado, já ajuda E MUITO a denuncia crimes envolvendo assédio.

a pesquisa que a @TyeYona trouxe ja reforça o meu ponto

"o Atlas da Violência 2018 demonstra que na maioria das vezes o abusador é alguém próximo da criança — amigos ou conhecidos da família (30,13%), padrastos e madrastas (12,09%) e os próprios pais e mães (12,03%). Desse modo, determinar que a sexualidade seja um assunto exclusivo da esfera familiar é fechar os olhos para essa realidade que se camufla na visão romantizada da infância e na idealização da família que protege."

"Muitas vezes a criança vê na escola um espaço seguro para revelar que está sofrendo violência física, psíquica ou sexual. Nem sempre elas encontram um adulto de confiança no ambiente familiar porque muitas vezes é lá que está o abusador."

Mas vou me adiantar... Sexualidade precoce pode trazer vários fatores como, ejaculação precoce, depressão, obesidade, egocentrismo, rebeldia, stress, falta de foco na escola, etc,... etc...
Futuramente pode influencia em suas vidas de forma muito negativa


ótimo, vc acaba de me dar mais um motivo para a gente contar isso para as crianças sobre os risco da sexualidade precoce, não concorda? o que meio que refuta essa sua ideia de que educação sexual = influenciar crianças a terem relações sexuais.

imagina então uma criança que descobre isso de forma "natural" (ja que pra vc é o certo) sem nenhuma informação, isso não seria ruim? pq é ai nesse caso que influencia uma criança.

e agora, vc quer que eu tbm diga os problemas que um assédio sexual pode trazer a uma criança? acho que não é necessário né?

Existiam pais que eram valentões e praticavam bullyng nas escolas onde estudaram, porem vendo os filhos a seguirem o mesmo caminho eles lhes impedem. Porque?


ta eu já entendi, o pai não quer que o filho seja a merda que ele um dia já foi e pi pi pi pó pó pó.

2- A rebeldia pode ser uma das consequência de descobrir o sexo.


fonte?

"Sim, assim como é natural ensinar Matemática e ciências"...


ue

aprender é algo natural, seja observando por 60 anos como funciona a vida, ou alguém experiente te explicando ela em 30 minutos.

Cara, tudo que se enfia na cabeça de alguém é forçado, de alguma forma é...


psé como minha mãe sempre dizia, "fazer oq né? é a vida, ou tu aprende pra se dar bem no futuro, ou vc mora de baixo de uma ponte."

Defina "NATURALMENTE"


nesse contexto: "do modo que decorre da ordem regular das coisas."

exemplo: "deixe as coisas acontecerem naturalmente"

"coisas" = aos fenômenos que ocorrem na vida em geral.

descriptionEducação sexual nas escolas  - Página 3 EmptyRe: Educação sexual nas escolas

more_horiz
@Pedronaruto123

Amigo, eu já estou pressionado em outros tópicos mais interessantes que esse. Eu já te falei para procurar... Oque custa?
Existe por ai, eu falo isso pelos estudos que já fiz uma vez.

Agora mesmo estou tentando produzir, mas também estou cheio de trabalhos da faculdade

Eu normalmente estudo minhas coisas e simultaneamente escrevendo aqui no fórum. Então coisas bobas como essas só queimam meu tempo...

Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos