Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais! Entrar

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Estamos em uma situação onde o governo esta criando mais e mais formas de taxar empresas, criando essa reforma tributaria absurda e sem sentido, e com isso, deixando um sentimento de que, investir no Brasil não vale tanto a pena (por conta das empresas). Será que quando 100% implantada, a reforma tributaria, e todas as taxações em cima dos "ricos" e dos "pobres" que o governo esta criando, irão resultar em um superavit ou pelo menos em um 0 a 0 no final de 2024?

Rombo nas contas publicas

O que vcs pessam sobre isso?

A taxação é um meio eficaz? O que vocês fariam se estivessem no governo e tivesse poder pra isso?

Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 Z

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Ouvi dizer que esse é o pior desde 2020

É realmente uma pena, o pobre ficando mais pobre, pagando mais e mais, o rico ficando mais rico, recebendo por debaixo dos panos com seus amiguinhos e o dinheiro dos serviços sumindo, trágico.

Sobre taxação, não há dúvidas que as atuais do Brasil são abusivas, imposto é roubo.

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Eles não percebem que se o rico fica cmais rico, eles precisaram de mais mão de obra, logo o emprego aumenta, a demanda tambem, com mais demanda a disputa por mão de obra tambem aumenta, com isso, elevando o salario do pobre, e trazendo mais oportunidades. Mas se eu taxo o rico por ele ter muito dinheiro, ele vai apenas se perguntar... O que estou fazendo aqui, mantendo base operacional no Brasil? A empresa vai embora, e com ela, leva o emprego de varios Brasileiros.

Ou então, eles simplesmente diminuem a mão de obra, deixando a competitividade por empregos que pagam mal, ainda maior. Com isso, o salario base, vai lá pra baixo.

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Paçoca do Mato escreveu:
Eles não percebem que se o rico fica cmais rico, eles precisaram de mais mão de obra, logo o emprego aumenta, a demanda tambem, com mais demanda a disputa por mão de obra tambem aumenta, com isso, elevando o salario do pobre, e trazendo mais oportunidades. Mas se eu taxo o rico por ele ter muito dinheiro, ele vai apenas se perguntar... O que estou fazendo aqui, mantendo base operacional no Brasil? A empresa vai embora, e com ela, leva o emprego de varios Brasileiros.

Ou então, eles simplesmente diminuem a mão de obra, deixando a competitividade por empregos que pagam mal, ainda maior. Com isso, o salario base, vai lá pra baixo.


Isso ai que tu falou não existe em nenhum lugar do mundo, o acumulo de capital hoje se dá principalmente por rentismo de ativo financeiros, que é uma logica totalmente contrária ao desempenho da atividade produtiva do país.

E foi justamente a abertura comercial e financeirização da economia na década de 90 que matou de vez o resquício do Brasil ser um dia minimamente industrializado e ajudou a criar essa bagunça econômica que é hoje. Então não, emprego não vai embora do país por taxação dos mais ricos pelos simples fatos dois mais ricos não investirem na nossa capacidade produtiva

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Mitckin escreveu:
Paçoca do Mato escreveu:
Eles não percebem que se o rico fica cmais rico, eles precisaram de mais mão de obra, logo o emprego aumenta, a demanda tambem, com mais demanda a disputa por mão de obra tambem aumenta, com isso, elevando o salario do pobre, e trazendo mais oportunidades. Mas se eu taxo o rico por ele ter muito dinheiro, ele vai apenas se perguntar... O que estou fazendo aqui, mantendo base operacional no Brasil? A empresa vai embora, e com ela, leva o emprego de varios Brasileiros.

Ou então, eles simplesmente diminuem a mão de obra, deixando a competitividade por empregos que pagam mal, ainda maior. Com isso, o salario base, vai lá pra baixo.


Isso ai que tu falou não existe em nenhum lugar do mundo, o acumulo de capital hoje se dá principalmente por rentismo de ativo financeiros, que é uma logica totalmente contrária ao desempenho da atividade produtiva do país.

E foi justamente a abertura comercial e financeirização da economia na década de 90 que matou de vez o resquício do Brasil ser um dia minimamente industrializado e ajudou a criar essa bagunça econômica que é hoje. Então não, emprego não vai embora do país por taxação dos mais ricos pelos simples fatos dois mais ricos não investirem na nossa capacidade produtiva


Fato é que a Gurgel (primeira fabricante 100% nacional de veículos elétricos) sumiu misteriosamente nos anos 80

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Narutoloco2000 escreveu:
Mitckin escreveu:
Paçoca do Mato escreveu:
Eles não percebem que se o rico fica cmais rico, eles precisaram de mais mão de obra, logo o emprego aumenta, a demanda tambem, com mais demanda a disputa por mão de obra tambem aumenta, com isso, elevando o salario do pobre, e trazendo mais oportunidades. Mas se eu taxo o rico por ele ter muito dinheiro, ele vai apenas se perguntar... O que estou fazendo aqui, mantendo base operacional no Brasil? A empresa vai embora, e com ela, leva o emprego de varios Brasileiros.

Ou então, eles simplesmente diminuem a mão de obra, deixando a competitividade por empregos que pagam mal, ainda maior. Com isso, o salario base, vai lá pra baixo.


Isso ai que tu falou não existe em nenhum lugar do mundo, o acumulo de capital hoje se dá principalmente por rentismo de ativo financeiros, que é uma logica totalmente contrária ao desempenho da atividade produtiva do país.

E foi justamente a abertura comercial e financeirização da economia na década de 90 que matou de vez o resquício do Brasil ser um dia minimamente industrializado e ajudou a criar essa bagunça econômica que é hoje. Então não, emprego não vai embora do país por taxação dos mais ricos pelos simples fatos dois mais ricos não investirem na nossa capacidade produtiva


Fato é que a Gurgel (primeira fabricante 100% nacional de veículos elétricos) sumiu misteriosamente nos anos 80


Década de 80 foi o auge de sofisticação produtiva no país, o Brasil produzia de quase tudo um pouco do que havia no mundo (não era da maior qualidade mas sabíamos produzir). Gurgel, Engesa, Villares, IBAP, CBT e tantas outras morreram junto com todo acervo tecnológico que construiriam devido a abertura e o lobby comercial nos anos 90.

Veja essa documentário sobre a Gurgel e como de fato age o mito do livre mercado:


descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Mitckin escreveu:
Isso ai que tu falou não existe em nenhum lugar do mundo, o acumulo de capital hoje se dá principalmente por rentismo de ativo financeiros, que é uma logica totalmente contrária ao desempenho da atividade produtiva do país.

E foi justamente a abertura comercial e financeirização da economia na década de 90 que matou de vez o resquício do Brasil ser um dia minimamente industrializado e ajudou a criar essa bagunça econômica que é hoje. Então não, emprego não vai embora do país por taxação dos mais ricos pelos simples fatos dois mais ricos não investirem na nossa capacidade produtiva


Na pratica isso não funciona meu jovem.

1. A taxação é sobre a empresa, então se o dono decidi que não quer mais operar no país devido à grande carga tributaria, ele vai sair e pronto. Talvez ele decida fechar filiais em outros estados que antes tinham bons incentivos fiscais pra ficar unicamente em SP, aumentando assim a taxa de desemprego.

2. O governo não gera emprego como empresas privadas geram. Então tirar de empresários é a longo prazo, ferir o pobre que depende daquele emprego. Ai entra o que eu disse lá em cima, oferta e demanda, se tem mais demanda de mão de obra, o salario base aumenta, se tem mais demanda de emprego, o salario base diminui, isso é facil de entender.

3. Empresarios não estão imunes a quebrarem. Se eles tem grandes lucros eles tbm tem grandes dividas, e apartir do momento em que contratos começam a não dar certo e a diminuir seus ganhos, taxações abusivas ficam cada vez mais pesadas. Já vi empresas grandes e consolidadas fecharem.

4. Taxações abusivas nunca são justificadas. E essa historia de vamos taxar os mais ricos, é papo pra gente ignorante cair, por que a medio e longo prazo, os mais pobres vão ser impactados tambem. Ou seja, taxações assim, não são boas pra ninguém.


Mas tudo bem, concordo que temos que começar a industrializar o que produzimos, acho que pra economia interna isso é essencial. Agora como consumidor, é uma prática completamente abusiva o estado fazer um carro inferior, e em vez de vende-lo mais barato, ele eleva o imposto de carros importados. Isso é uma patifaria sem tamanho, e apoiar isso é algo tão patético quanto quem institucionaliza isso.

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Não. Como diz a curva de Laffer, nem sempre o aumento da taxação resulta em uma arrecadação maior para o governo.

Existe um ponto onde a tributação abusiva além de estimular altamente a sonegação de impostos, reduzindo a arrecadação governamental, desestimula a economia e o investimento. Consoante esse princípio, taxas baixas estimulam investimentos. Quanto mais investimentos, mais capital se disponibiliza para ser tributado.

Em contraparte, se você taxar demais, você tributa uma fração maior do capital, mas existe menos capital a ser taxado — além da sonegação aumentar criminosamente. O resultado: a arrecadação diminui. Ou seja, você ganha em intensidade de tributação, mas perde em volume de tributação.

Isso explica uma dúvida geral sobre alguns países desenvolvidos que possuem taxas baixas (à la Singapura e Suíça): como eles conseguem um setor público relativamente eficiente, mesmo com baixa tributação?




Quanto à reforma tributária, que eu saiba, há uma trava dentro do texto que impede o aumento da carga tributária. Por outro lado, a reforma simplifica o sistema tributário através do IVA e nos aproxima dos sistemas empregados por países desenvolvidos. A complexidade absurda do sistema tributário brasileiro repele investimentos estrangeiros e até nacionais.

"Ainnnn mas o Brasil vai ter um dos maiores IVA do mundo" Claro, porque nós JÁ PAGAMOS uma das maiores cargas tributárias do mundo. A diferença é que com o IVA essa carga irá ser severamente simplificada.

Além de mudar o paradigma de tributação no local de produção, que prejudicava os Estados mais ricos e produtivos e desestimulava a produção. Passa a ser pago pelo Estado que importa, e não pelo que produz.

Só vi esses papos contra a reforma tributária em nichos bolsonaristas. Sempre que fui ver uma elaboração realmente detalhada sobre o projeto eu vi diversos pontos positivos, conquanto não negue que existem sim pontos negativos.

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Paçoca do Mato escreveu:
Mitckin escreveu:
Isso ai que tu falou não existe em nenhum lugar do mundo, o acumulo de capital hoje se dá principalmente por rentismo de ativo financeiros, que é uma logica totalmente contrária ao desempenho da atividade produtiva do país.

E foi justamente a abertura comercial e financeirização da economia na década de 90 que matou de vez o resquício do Brasil ser um dia minimamente industrializado e ajudou a criar essa bagunça econômica que é hoje. Então não, emprego não vai embora do país por taxação dos mais ricos pelos simples fatos dois mais ricos não investirem na nossa capacidade produtiva


Na pratica isso não funciona meu jovem.

1. A taxação é sobre a empresa, então se o dono decidi que não quer mais operar no país devido à grande carga tributaria, ele vai sair e pronto. Talvez ele decida fechar filiais em outros estados que antes tinham bons incentivos fiscais pra ficar unicamente em SP, aumentando assim a taxa de desemprego.  

2. O governo não gera emprego como empresas privadas geram. Então tirar de empresários é a longo prazo, ferir o pobre que depende daquele emprego. Ai entra o que eu disse lá em cima, oferta e demanda, se tem mais demanda de mão de obra, o salario base aumenta, se tem mais demanda de emprego, o salario base diminui, isso é facil de entender.

3. Empresarios não estão imunes a quebrarem. Se eles tem grandes lucros eles tbm tem grandes dividas, e apartir do momento em que contratos começam a não dar certo e a diminuir seus ganhos, taxações abusivas ficam cada vez mais pesadas. Já vi empresas grandes e consolidadas fecharem.

4. Taxações abusivas nunca são justificadas. E essa historia de vamos taxar os mais ricos, é papo pra gente ignorante cair, por que a medio e longo prazo, os mais pobres vão ser impactados tambem. Ou seja, taxações assim, não são boas pra ninguém.


Mas tudo bem, concordo que temos que começar a industrializar o que produzimos, acho que pra economia interna isso é essencial. Agora como consumidor, é uma prática completamente abusiva o estado fazer um carro inferior, e em vez de vende-lo mais barato, ele eleva o imposto de carros importados. Isso é uma patifaria sem tamanho, e apoiar isso é algo tão patético quanto quem institucionaliza isso.


Empresários não geram empregos, o que gera emprego é a demanda por produção que o estado cria por meio de investimentos em setores que impulsionam a geração de empregos. O estado sempre é, e foi historicamente o primeiro investidor, o que a iniciativa privada faz nada mais é do que absorver essa demanda na produção de bens e serviços. Isso de empresário criar emprego por que é bonzinho não existe.

A maior parte do setor que emprega é constituídos por pequenos e médio empresários, não falei sobre aumento de tributação sobre eles, e sim na taxação de rendas e grandes fortunas, tu não deve ter noção da diferença entre o poder aquisitivo da classe média (que mais paga imposto) em relação ao mais ricos, que não pagam de forma proporcional e é os que mais usufruem e sugam de quem esta na parte de baixo da pirâmide. Já olhou quem são os maiores detentores da dívida pública? Mais de 70% estão na mão de instituições financeiras que acumulam capital por meio de rentismo, que não pagam de forma progressiva por isso, e retira da capacidade de investimento do setor produtivo, que é o que de fato move e faz a economia crescer.

Perdemos o embalo da industrialização na década de 90 em prol da lógica neoliberal de economia aberta amigo, Brasil exportador de produtos complexos e tecnológicos é um sonho que não existe, ainda mais numa sociedade que enxerga investimento em ciência e tecnologia como um gasto a mais. O que nos resta é vender soja e minério. Btw, institucionalizar a proteção de mercado interno é algo que todo grande estado pratica, não viu o Elon Musk pedido ajuda via proteção tarifária contra a concorrente chinesa (BYD) pro governo americano?

"Livre mercado pra você e proteção do estado pra mim"

descriptionBrasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023 EmptyRe: Brasil em déficit de R$ 230,5 bilhões em 2023

more_horiz
Mitckin escreveu:
Paçoca do Mato escreveu:
Mitckin escreveu:
Isso ai que tu falou não existe em nenhum lugar do mundo, o acumulo de capital hoje se dá principalmente por rentismo de ativo financeiros, que é uma logica totalmente contrária ao desempenho da atividade produtiva do país.

E foi justamente a abertura comercial e financeirização da economia na década de 90 que matou de vez o resquício do Brasil ser um dia minimamente industrializado e ajudou a criar essa bagunça econômica que é hoje. Então não, emprego não vai embora do país por taxação dos mais ricos pelos simples fatos dois mais ricos não investirem na nossa capacidade produtiva


Na pratica isso não funciona meu jovem.

1. A taxação é sobre a empresa, então se o dono decidi que não quer mais operar no país devido à grande carga tributaria, ele vai sair e pronto. Talvez ele decida fechar filiais em outros estados que antes tinham bons incentivos fiscais pra ficar unicamente em SP, aumentando assim a taxa de desemprego.  

2. O governo não gera emprego como empresas privadas geram. Então tirar de empresários é a longo prazo, ferir o pobre que depende daquele emprego. Ai entra o que eu disse lá em cima, oferta e demanda, se tem mais demanda de mão de obra, o salario base aumenta, se tem mais demanda de emprego, o salario base diminui, isso é facil de entender.

3. Empresarios não estão imunes a quebrarem. Se eles tem grandes lucros eles tbm tem grandes dividas, e apartir do momento em que contratos começam a não dar certo e a diminuir seus ganhos, taxações abusivas ficam cada vez mais pesadas. Já vi empresas grandes e consolidadas fecharem.

4. Taxações abusivas nunca são justificadas. E essa historia de vamos taxar os mais ricos, é papo pra gente ignorante cair, por que a medio e longo prazo, os mais pobres vão ser impactados tambem. Ou seja, taxações assim, não são boas pra ninguém.


Mas tudo bem, concordo que temos que começar a industrializar o que produzimos, acho que pra economia interna isso é essencial. Agora como consumidor, é uma prática completamente abusiva o estado fazer um carro inferior, e em vez de vende-lo mais barato, ele eleva o imposto de carros importados. Isso é uma patifaria sem tamanho, e apoiar isso é algo tão patético quanto quem institucionaliza isso.


Empresários não geram empregos, o que gera emprego é a demanda por produção que o estado cria por meio de investimentos em setores que impulsionam a geração de empregos. O estado sempre é, e foi historicamente o primeiro investidor, o que a iniciativa privada faz nada mais é do que absorver essa demanda na produção de bens e serviços. Isso de empresário criar emprego por que é bonzinho não existe.

A maior parte do setor que emprega são os constituídos por pequenos e médio empresários, não falei sobre aumento de tributação sobre eles e taxação de rendas e grandes fortunas, tu não deve ter noção da diferença entre o poder aquisitivo da classe média (que mais paga imposto) em relação ao mais ricos, que não pagam de forma proporcional e é os que mais usufruem e sugam de quem esta na parte de baixo da pirâmide.

Já olhou quem são os maiores detentores da dívida pública? Mais de 70% estão na mão de instituições financeiras que acumulam capital por meio de rentismo, retirando investimento do setor produtivo do país, que é o que de fato move e faz a economia crescer.

Perdemos o embalo da industrialização na década de 90 em prol da lógica neoliberal de economia aberta amigo, Brasil exportador de produtos complexos e tecnológicos é um sonho que não existe, ainda mais numa sociedade que enxerga investimento em ciência e tecnologia como um gasto a mais. O que nos resta é vender soja e minério


Só ouvi verdades. Celular, computadores, internet foram criando por investimento do Estado.
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos