Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais! Entrar

Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

+13
Atlas Titan
Big Head
Sertão
Rin
Pidgey
Scarlet
Jony
Mikaelah-San
Ben Ikneg
Thousand Mirrors
SirLongevo
ovokaguie
Deusa Hinata
17 participantes

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Engraçado quando as pessoas tentam provar que Deus não existe atacando a bíblia. Então desmerecer a Bíblia prova que Deus não existe? Os caras são doentios. Geralmente que faz isso são pessoas depravadas que não aceitam serem julgadas por valores morais sólidos. Pode até não ser o seu caso, mas na esmagadora maioria das vezes, é o que acontece.

E aqui, nada contra a Bíblia, eu "sou" Cristão, acredito em Deus acima de tudo, leio a bíblia esporadicamente a título de pura curiosidade. A verdade seja dita: A Bíblia é um livro único, com a própria estrutura de sua criação sendo algo sobre-humano, já que foi escrita em um período de 2.000, por mais de 40 autores diferentes, mesmo assim se mantendo harmônica.

Criacionistas tentando fingir que a crença deles possui qualquer fundamento lógico é engraçado.

Não possui? O que é lógica? Tudo se derivando do nada?

Se você vive na nossa realidade e não em uma matrix, você sabe que coisas complexas não derivam do nada, do acaso, da aleatoriedade ou da sorte.

Você também deve acreditar que se comparar um lixão, pegar algumas toneladas de dinamite e explodi-lo, vai aparecer um novo carro da tesla para você andar. Você também deve acreditar que se der um papel e lápis para uma criança de um ano e meio e pedir para ela riscar, vai sair um mangá com a arte e profundidade de Vagabond:

Spoiler :


Existem coisas que não tem nenhuma chance de acontecer por aleatoriedade, essa é a regra majoritária da nossa realidade. Quando se olha para os elementos que deram origem a vida (na forma mais primitiva dela) - o ser humano sequer é capaz de calcular todas as combinações necessárias para que ela acontecesse, quanto mais medir a probabilidade.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Sertão escreveu:
Não possui? O que é lógica? Tudo se derivando do nada?

Se você vive na nossa realidade e não em uma matrix, você sabe que coisas complexas não derivam do nada, do acaso, da aleatoriedade ou da sorte.

Você também deve acreditar que se comparar um lixão, pegar algumas toneladas de dinamite e explodi-lo, vai aparecer um novo carro da tesla para você andar. Você também deve acreditar que se der um papel e lápis para uma criança de um ano e meio e pedir para ela riscar, vai sair um mangá com a arte e profundidade de Vagabond:

Spoiler :


Existem coisas que não tem nenhuma chance de acontecer por aleatoriedade, essa é a regra majoritária da nossa realidade. Quando se olha para os elementos que deram origem a vida (na forma mais primitiva dela) - o ser humano sequer é capaz de calcular todas as combinações necessárias para que ela acontecesse, quanto mais medir a probabilidade.

O nível da sua falácia é tão baixo que o seu próprio argumento contraria a sua própria crença. Dawkins já desmentiu essa bullshit faz muito tempo.

Um "designer" não pode ser utilizado para explicar a complexidade mundana porque qualquer deus capaz de "criar o mundo" teria que ser complexo o suficiente para exigir da mesma explicação.

Você não pode postular "Não há efeito sem causa, logo Deus existe" e ignorar a sua própria regra. Se não há efeito sem causa, de onde surgiu esse deus que tu tanto falás?

Você usa um argumento para chegar a uma conclusão que contraria o seu próprio argumento? Bom, você comprovou bem o meu ponto, esse é o nível da "lógica" (se é que isso pode ser chamado de lógica) criacionista.

O seu argumento não apenas contradiz a si próprio, ele é CLARAMENTE um argumento contra você. Se há uma causa primária, esta causa primária há de ser simples, uma vez que não haveria nenhuma causa para explicar a sua complexidade, e cientificamente se entende que coisas simples gradualmente se transformam em coisas complexas, não o oposto. Um ser onisciente e onipotente é simples? Decerto que sim.

Detalhe, o design é um argumento que também pode ser usado contra deus. Existem falhas na natureza que certamente colocam em dúvida a onipotência. Se deus é um designer perfeito, como temos animais defeituosos, tal qual pássaros com asas que não voam? Qual é o nexo? Me explique, qual a genialidade por trás de um órgão que não serve pra nada.

Não apenas isso, a onipotência e a onisciência claramente são avessas à lógica. Pode-se criar INÚMEROS paradoxos utilizando da onipotência. Vou te demonstrar um:

"Pode um deus onisciente, que vê o futuro, achar a onipotência pra alterar o futuro?"


Se um deus onisciente e onipotente é incapaz de mudar o seu futuro, ele não é onipotente; se ele é capaz de mudar o seu futuro, ele não é onisciente, uma vez que não sabe de tudo.

Não falemos sobre o paradoxo de Epicuro. Existem tantos prismas que provam que uma divindade é improvável que é até chato debater. Não que alguém precise provar que Deus é improvável.

Se eu digo que tem uma baleia que solta flatulências de arco-íris mijando no meu pé, certamente ninguém precisa apresentar argumentos pra confirmar que isso é "improvável".

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Eu particularmente não acredito em nenhuma religião.
Mas esse Rodrigo Silva comeria no café os pseudo-intelectuais daqui.

Esse cara é muito inteligente e tem bons argumentos. Respeito esse tipo de pessoa.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Não sou nem nunca fui ateu mas definitivamente a estrategia que eu usaria pra tornar alguém ateu seria mandando a pessoa ir ler a Biblia.

Nesse ponto o Saramago acertou.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Rodrigo Silva tem sofismas, apenas isso. Ele argumentando faz parecer que ele tem muito repertório (e de fato possui), o que lhe põe sobre uma razão ilusória.

Ele fala sobre muitos temas específicos, e como praticamente ninguém conhece os temas, faz parecer que o argumento é veraz. As pessoas tendem a acreditar que quem despeja muito conhecimento no debate está certo e/ou é muito inteligente, daí esse efeito.

Usando uma analogia, pegue Olavo de Carvalho. Simplesmente um monstro em termos de conhecimento. Consumiu muita literatura e é extremamente bem estudado em MUITOS temas.

Por outro lado, é o mesmo cara que defendia terra plana, que tentava refutar Newton, que acreditava em astrologia, que dizia que a Pepsi usava fetos de bebê em sua composição, dentre outras idiotices...

Mas se você colocasse ele numa mesa com qualquer indivíduo desse fórum para provar que a terra é plana, provavelmente ele se sairia melhor num debate.

Da mesma forma, quem aqui conseguiria vencer um acadêmico extremamente estudioso que é comunista, em um debate a tempo real? Absolutamente ninguém, não haveria "internet" para checar o repertório dele, e você não teria como pesquisar fontes pra sustentar os seus próprios argumentos. Por isso reconhecemos que a terra é plana? Que o comunismo é eficiente?

O cara estuda teologia como a principal razão da vida dele, o mínimo que ele precisa fazer é se sair bem num debate contra o indivíduo médio. Agora, quando é confrontado por cientistas de verdade, foi simplesmente JANTADO. Serjão e Pirulla simplesmente humilharam ele na discussão.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Eu nem ligo se qualquer divindade existir ao mesmo tempo que não acredito.

Mesmo se provarem, é como se eu sentisse total apatia da concretização de um ser muito superior a mim mesmo.

Eu apenas estou aqui, apenas isso. Não escolhi nascer, apenas vivo.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
O nível da sua falácia é tão baixo que o seu próprio argumento contraria a sua própria crença. Dawkins já desmentiu essa bullshit faz muito tempo.

Um "designer" não pode ser utilizado para explicar a complexidade mundana porque qualquer deus capaz de "criar o mundo" teria que ser complexo o suficiente para exigir da mesma explicação.

Você não pode postular "Não há efeito sem causa, logo Deus existe" e ignorar a sua própria regra. Se não há efeito sem causa, de onde surgiu esse deus que tu tanto falás?

Esse questionamento é ridículo porque a própria ideia de Deus sobrepuja o que você conhece como tempo e o próprio conceito de existência que temos no regime de tempo espaço. Como você está medindo a lógica de um criador com conceitos que só vieram a existir depois dele? A ideia de um Deus criador de tudo, o torna atemporal por essência.


O seu argumento não apenas contradiz a si próprio, ele é CLARAMENTE um argumento contra você. Se há uma causa primária, esta causa primária há de ser simples, uma vez que não haveria nenhuma causa para explicar a sua complexidade, e cientificamente se entende que coisas simples gradualmente se transformam em coisas complexas, não o oposto. Um ser onisciente e onipotente é simples? Decerto que sim.


Aí que mora a burrice de quem vive de negação, não existe tempo, não existe matéria fora do universo em que vivemos, como você vai medir esse suposto ser com as réguas da nossa realidade? Qualquer coisa que veio antes do "Big Bang" foge completamente da compreensão humana, por não estar atrelado a tempo e muito menos ao espaço.

A verdade é que nossa realidade (universo tempo/espaço) funcionaria quase que como um jogo, onde você poderia programar e criar suas regras. Deus é o programador, você está tentando mensurá-lo com base em uma realidade onde ele não reside. Deus > Antes do que você conhece como tempo (começo - meio - fim) além do que você conhece como matéria.



Detalhe, o design é um argumento que também pode ser usado contra deus. Existem falhas na natureza que certamente colocam em dúvida a onipotência. Se deus é um designer perfeito, como temos animais defeituosos, tal qual pássaros com asas que não voam? Qual é o nexo? Me explique, qual a genialidade por trás de um órgão que não serve pra nada.


"Falhas" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Então você está olhando para uma galinha, vendo que ela não voa e pensando como um Deus onipotente e onisciente pode ter errado nisso? kkk

Você, um reles rapaz de 17 anos dizendo que se existir Deus ele não é tão bom assim porque tem coisas "imperfeitas" - enquanto Einstein (maior gênio da humanidade) analisou o buraco negro e disse: "Aqui Deus fez a divisão por zero - nem todos os roteiristas de Hollywood juntos, pensariam em algo sequer próximo a isso".

Se você olha para o capricho e complexidade de todas as coisas (que só pode ser verdadeiramente apreciado por criaturas inteligentes) e destaca o "defeito" de um animal, você é apenas um doente mesmo.

Até hoje a ciência não sabe explicar o desaparecimento e o surgimento repentino de espécies completamente novas.



"Pode um deus onisciente, que vê o futuro, achar a onipotência pra alterar o futuro?"

Se um deus onisciente e onipotente é incapaz de mudar o seu futuro, ele não é onipotente; se ele é capaz de mudar o seu futuro, ele não é onisciente, uma vez que não sabe de tudo.

Teu problema é claramente padronizar Deus a imagem que a maioria tem dele. "Se Deus não for perfeito, onipotente e onisciente não tem como ele existir".

Você fez uma analogia para mostrar incoerência na ideia de Deus, após medi-lo com a régua do tempo que não afeta ele. Deus > Tempo.


Não falemos sobre o paradoxo de Epicuro. Existem tantos prismas que provam que uma divindade é improvável que é até chato debater. Não que alguém precise provar que Deus é improvável.


Sim, claro, do mesmo nível "pássaros que tem asas mas não voam só podem ter sido feito por burros..." - "Animais defeituosos" - "Uns bonitos outros feios" - "uns bons e outros maus"  e afins.



Se eu digo que tem uma baleia que solta flatulências de arco-íris mijando no meu pé, certamente ninguém precisa apresentar argumentos pra confirmar que isso é "improvável".


A evidência mais forte da existência de Deus é a sua criação, com complexidade, beleza e capricho. Na realidade que vivemos, o acaso não tem poder de modificar e muito menos criar algo complexo. Você continua sendo o cara que acredita que amanhã pode entrar um vírus no seu computador e te fazer bilionário do nada.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
que incomodo com ateus é esse, move on

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Eu pessoalmente até acho cabível alguns indivíduos acreditarem num criador ou coisa do tipo, inclusive eu até quero muito acreditar que existe um deus, uma vida após a morte e uma separação entre o bem e o mal que seja verdadeiramente real. Mas no meu sentido "lógico", acabando sendo meio tenso acreditar em toda uma mitologia ou uma história que parece se distanciar do mundo que conheço, basicamente... O que me impede de ter uma religião são as poucas comprovações, irrealidade com época que estou vivendo, além de que... Querer ter fé, não significa necessariamente que você vai ter ela...

No final, eu acabo achando que não existe porra nenhuma mesmo, apesar de que pessoalmente, eu queria muito que existisse.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Sertão escreveu:
Esse questionamento é ridículo porque a própria ideia de Deus sobrepuja o que você conhece como tempo e o próprio conceito de existência que temos no regime de tempo espaço. Como você está medindo a lógica de um criador com conceitos que só vieram a existir depois dele? A ideia de um Deus criador de tudo, o torna atemporal por essência.

A ideia de que Deus é atemporal não refuta em nada o meu argumento. Deus estar além do tempo não explica nem um pouco a questão de como Deus existe e como ele surgiu.

A partir do momento em que você diz isso, você está dizendo: Deus não tem origem definida e ele está além do tempo. Logo ele existe por quê? Porque sim. Você se afasta da lógica argumentativa de um debate e torna a discussão em mera opinião. O que você fez além de afirmar que Deus existe nesse quote? Absolutamente NADA.

Recapitulando:

A. Deus existe pois o universo precisa de uma origem definida para explicar a sua complexidade.
B. Se é assim, Deus também precisa de uma origem definida.
C. Deus existe, mas não tem origem definida porque ele ultrapassa as limitações do tempo.

Percebe que "C" é apenas a sua opinião, e ainda não explica a origem de Deus. Vamos, não fuja, eu quero uma resposta definitiva: obedeça a lei da causa e efeito que você diz acreditar e me explique de onde caralhos Deus surgiu.

Aí que mora a burrice de quem vive de negação, não existe tempo, não existe matéria fora do universo em que vivemos, como você vai medir esse suposto ser com as réguas da nossa realidade? Qualquer coisa que veio antes do "Big Bang" foge completamente da compreensão humana, por não estar atrelado a tempo e muito menos ao espaço.

A verdade é que nossa realidade (universo tempo/espaço) funcionaria quase que como um jogo, onde você poderia programar e criar suas regras. Deus é o programador, você está tentando mensurá-lo com base em uma realidade onde ele não reside. Deus > Antes do que você conhece como tempo (começo - meio - fim) além do que você conhece como matéria.

O que veio antes do Big Bang é um conhecimento turvo para a ciência atual, não há nenhum êxito prático tentar adivinhar qual é o precursor quântico do espaço-tempo. Veja a sua sequência lógica:

1) Tudo há de ter causa e efeito, logo algo precisa ter causado o universo.
2) Antes do Big Bang não havia a ideia de existência e tempo.
3) Portanto, há uma causa primeira que está além da existência e do tempo, esta causa é deus.


Da mesma forma que você está descartando a lógica da causa e efeito para Deus, pois ele supostamente estaria além do conceito de existência, eu poderia simplesmente trocar "Deus" por "Big Bang". É a mesma lógica, apenas estamos invertendo o objeto sujeito a ela.

1) Tudo há de ter causa e efeito, logo algo precisa ter causado o universo.
2) Antes do Big Bang não havia a ideia de existência e tempo.
3) Portanto, há uma causa primeira que está além da existência e do tempo, esta causa é o Big Bang.


A questão é: porque a ciência no momento não possui respostas para determinado fenômeno, devemos criar uma resposta imaginária para resolver o problema? Deus responde tudo, mas não explica nada. Antes do desenvolvimento da ciência, relâmpagos eram vistos como uma manifestação divina.

Não dá para criar respostas sem fundamento para responder o que nós quisermos, assim você caga em cima do espírito científico. Ainda existem teorias EM DESENVOLVIMENTO tentando responder isso, como multiverso, universos cíclicos e etc. A ciência vai se desenvolvendo e gerando novas respostas, foi assim até agora e vai continuar sendo.
"Falhas" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Então você está olhando para uma galinha, vendo que ela não voa e pensando como um Deus onipotente e onisciente pode ter errado nisso? kkk

Você, um reles rapaz de 17 anos dizendo que se existir Deus ele não é tão bom assim porque tem coisas "imperfeitas" - enquanto Einstein (maior gênio da humanidade) analisou o buraco negro e disse: "Aqui Deus fez a divisão por zero - nem todos os roteiristas de Hollywood juntos, pensariam em algo sequer próximo a isso".

Se você olha para o capricho e complexidade de todas as coisas (que só pode ser verdadeiramente apreciado por criaturas inteligentes) e destaca o "defeito" de um animal, você é apenas um doente mesmo.

Até hoje a ciência não sabe explicar o desaparecimento e o surgimento repentino de espécies completamente novas.

]
Aparentemente você não tem nenhum argumento para explicar a contradição entre a existência de animais defeituosos, como os com órgãos atrofiados, e a existência de um designer perfeito. Ora, quem está dizendo que o mundo é apenas obra de um designer perfeito não sou eu, é você.

O que você me diz da teoria evolucionista? Da seleção natural? Das evidências científicas que comprovam tais fenômenos? Escolha:

1) Ou você concorda com as descobertas científicas e entende que a complexidade do mundo não foi modelada através de um planejamento central realizado por um designer perfeito, mas sim por reações bioquímicas em cadeia por um longo período de tempo, que transformaram a simplicidade em complexidade (fato que é cientificamente comprovado);

2) Ou você ignora completamente a ciência e acredita que Deus modelou tudo.

É possível conciliar a crença criacionista com o primeiro ponto, basta argumentar que a realidade atual é de fato resultado de reações bioquímicas em cadeia, porém Deus criou o Big Bang, que foi a origem dessas reações.

O problema é que o seu primeiro argumento foi "design", então isso nem se torna possível, é apenas arrogância pra descartar a ciência mesmo. Até porque a ideia acima pode até não ser incompatível com o criacionismo, mas é incompatível com QUALQUER religião, inclusive o cristianismo.




Em relação a Einstein, outro ponto que Dawkins refutou. Muitas pessoas confundem as crenças de Einstein, inclusive as crenças de outros grandes cientistas. Eu tenho que lidar com idiotices como "Darwin acreditava em deus!!!!!!!" frequentemente, então já estou acostumado.

Einstein acreditava em deus como um princípio ordenador do universo, não deus como um criacionista supõe. Isso é o que Einstein dizia sobre deus:

"Não acredito em um Deus pessoal e nunca neguei isso, mas expresso claramente. Se algo em mim pode ser chamado de religioso, é então uma admiração sem limites pela estrutura do mundo, até onde nossa ciência pode revelá-lo."
Teu problema é claramente padronizar Deus a imagem que a maioria tem dele. "Se Deus não for perfeito, onipotente e onisciente não tem como ele existir".

Você fez uma analogia para mostrar incoerência na ideia de Deus, após medi-lo com a régua do tempo que não afeta ele. Deus > Tempo.

Não. Você pode inventar que deus está além do tempo, mas nós não estamos. Então imagine Deus sendo sujeito a analisar o nosso futuro, já que nós certamente estamos inclusos no conceito de tempo.

Deus seria capaz de prever o que aconteceria conosco? Se sim, ele seria capaz de mudar o nosso futuro? Pronto, o meu ponto já está comprovado. Se a primeira resposta for sim, Deus não é onipotente. Se a segunda for sim, Deus não é onisciente.

Se Deus não é onipotente e onisciente, todas as religiões são falsas. Deus, portanto, possui capacidades limitadas; logo o cristianismo está incorreto. Certo? Afinal, a concepção divina que nós temos é, necessariamente, a de um deus onipotente e onisciente.

Inclusive, existem trechos na Bíblia que contradizem tanto a onipotência contra a onisciência, mas vou tentar focar no criacionismo aqui, não no cristianismo, já que o cristianismo é facilmente refutado, enquanto o criacionismo é desprovido de falseabilidade.
Sim, claro, do mesmo nível "pássaros que tem asas mas não voam só podem ter sido feito por burros..." - "Animais defeituosos" - "Uns bonitos outros feios" - "uns bons e outros maus"  e afins.

Bom, o cristianismo sim. O cristianismo é facilmente refutável porque basta refutar as abobrinhas que estão escritas na Bíblia e apontar as suas DEZENAS de contradições.

O criacionismo, não. Pois se trata de um deus não definido, logo ele pode se adaptar a qualquer argumento. Por exemplo, o paradoxo de Epicuro.

Pode-se refutar o cristianismo demonstrando a incompatibilidade entre onisciência, onipotência e onibenevolência, mas um criacionista poderia simplesmente dizer que o criador não é onibenevolente.

Pode-se refutar o cristianismo ao contrapor a ciência neurológica com o conceito de "alma", porém um criacionista poderia simplesmente reconhecer que a alma não existe.

A única coisa que se pode fazer em relação ao criacionismo é traçar a sua improbabilidade.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Eu pessoalmente não acredito em um deus antropomórfico e preocupado com a humanidade, mas não nego a existência de uma entidade arquitetural do universo, muito provavelmente inconsciente.

Do ponto de vista lógico cientifico não faz sentido nós humanos discutirmos isso, nossa visão é extremamente limitada, literalmente. Nós somo só conseguimos ver uma pequena faixa do espectro eletromagnético, 4.3 10^14 até 7.5 10^14 Hz, algumas poucas centenas de bilhões, isso de um espectro que vai (até onde nós conhecermos) de milésimos de bilionésimos até quadrilhões.

Nós só conseguimos perceber três dimensões de um Universo que tem pelo menos quatro, até onde nós sabemos, e pode ter 10.

Eu tive um professor de Física, um sujeito que tem pós-Doutorado, e nós gastávamos um bom tempo discutindo os aspectos filosóficos da Física nas aulas e ele foi quem me fez perceber que muito provavelmente nós nunca vamos entender as coisas acima de nós.

Nós lidamos com o tempo há milhares de anos e temos uma ideia mínima do que seja, e nem sequer temos como saber de fato se essa ideia mínima está correta. A energia é a base da toda tecnologia moderna há quase um milênio e nós não temos a mínima ideia do que seja, mal entendemos até o que nós entendemos sobre ela.

O importante é perceber não que nós não entendemos essas coisas, mas sim que mesmo sem entender elas nós continuamos usando elas no nosso dia a dia, sendo afetados por elas, desenvolvimento a ciência e a tecnologia com base nelas. Eu não sei o que de fato é a energia térmica, mas ela me aquece e movimenta as máquinas térmicas.

Acreditar que o ser humano entenderá o universo e o que há por trás dele, pelo menos o ser humano em seu estado atual, é muita arrogância. Nós não entendemos nem o "nosso" universo limitado.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Pidgey escreveu:
Jony escreveu:
Tenho um compilado com dezenas de contradições da gibiblia

Proibição da mentira (Êxodo 20:16)
Deus permiti a mentira (I Reis 22:22)
13. Você tem que julgar o próximo com justiça (Leviticus 19:15).
Não julgue ninguém para não ser julgado (Mateus 7:1).
14. Deus jamais se arrepende (I Samuel 15:29).
Deus se arrepende (Gênese 6:6) (Êxodo 32:14) (I Samuel 15:11,35) (Jonas 3:10).
15. Deus não pode mentir (Números 23:19).
Deus deliberadamente enviou um “espírito” mentiroso (I Reis 22:20-30) (II Crônicas
18:19-22).
Deus faz pessoas acreditarem em mentiras (II Tessalonicenses 2:11-12).
O Senhor engana os profetas (Ezequiel 14:9).
16. Aarão morreu no monte Hor. Imediatamente depois disso, os israelitas foram para
Salmona e Finon (Números 33:38).
Aarão morreu em Mosera. Depois disso, os isralelitas foram para Gadgad e Jetebata
(Deuteronômio 10:6-7).
Deus diz a Moisés que Aarão morreu no monte Hor (Deuteronômio 32:50).
17. Nós temos que amar Deus (Deuteronômio 6:5) (Mateus 22:37).
Nós temos que temer Deus (Deuteronômio 6:13) (I Pedro 2:17).
18. Deus escreveu nas tábuas as dez palavras da aliança (Deuteronômio 10:1-2,4).
Deus ditou e Moisés escreveu (Êxodo 34:27-28).
19. Josué queimou a cidade de Hai e reduziu-a a um monte de ruínas para sempre (Josué
8:28).
Hai ainda existe como uma cidade (Neemias 7:32).
20. Josué destruiu totalmente os habitantes de Dabir (Josué 10:38-39).
Os habitantes de Dabir ainda existem (Josué 15:15).


Contando...




Mimimi



Cope

21. Saul destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 15:7-8,20).
David destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 27:8-9).
Finalmente os amalecitas são mortos (I Crônicas 4:42-43).
22. Isaí teve sete filhos além de seu mais jovem, David (I Samuel 16:10.11).
David foi o sétimo filho (I Crônicas 2:15).
23. Saul tentou consultar o Senhor (I Samuel 28:6).
Saul nunca fez tal coisa (I Crônicas 10:13-14).
24. Saul cometeu suicídio (I Samuel 31:4-6) (I Crônicas 10:4-5).
Saul foi morto por um amalecita (II Samuel 1:8-10).
Saul foi morto pelos filisteus (II Samuel 21:12).
25. Davi tomou 1.700 cavaleiros de Adadezer (II Samuel 8:4).
Davi tomou 7.000 cavaleiros de Adadezer (I Crônicas 18:4).
26. Davi matou aos arameus 700 parelhas de cavalos e 40.000 cavaleiros (II Samuel
10:18).
Davi matou aos arameus 7.000 cavalos e 40.000 empregados (I Crônicas 19:18).
27. Israel dispõe de 800.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá
dispõe de 500.000 homens (II Samuel 24:9).
Israel dispõe de 1.100.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá dispõe
de 470.000 homens (I Crônicas 21:5).
28. Satã provocou Davi a fazer um censo de Israel (I Crônicas 21:1).
Deus sugeriu Davi a fazer um censo de Israel (II Samuel 24:1).
29. Davi pagou 50 siclos de prata por gados e pelo terreno (II Samuel 24:24).
Davi pagou 600 siclos de ouro pelo mesmo terreno (I Crônicas 21:25).
30. Rei Josias foi morto em Magedo. Seus servos o levam morto para Jerusalém (II Reis
23:29-30).
Rei Josias foi ferido em Magedo e pediu para seus servos o levarem para Jerusalém, onde
veio a falecer (II Reis 23:29-30).
31. Foram levados 5 homens dentre os mais íntimos do rei (II Reis 25:19-20).
Foram levados 7 homens dentre os mais íntimos do rei (Jeremias 52:25-26).
32. São citados os nomes de 10 pessoas que vieram com Zorobabel (Esdras 2:2)
São citados os nomes de 11 pessoas que vieram com Zorobabel (Neemias 7:7)
33. (Esdras 2:3 & Neemias 7:8) Estas passagens pretendem mostrar a quantidade de
pessoas que voltaram do cativeiro babilônico. Compare o número para cada família: 14
deles discordam.
34. A terra vai durar para sempre (Salmos 104:5) (Eclesiastes 1:4).
A terra perecerá (II Pedro 3:10) (Hebreus 1:10-11).
35. Deus fala a respeito de sacrifícios com os filhos de Israel libertos do egito (Levítico
1:1-9).
Deus nega que houvesse dito algo sobre sacrifícios naquela ocasião (Jeremias 7:22).
36. O filho não deve ser castigado pelo erro do pai, ou vice-versa (Deuteronômio 24:16)
(Ezequiel 18:20) (II Crônicas 25:4).
Deus vinga a crueldade dos pais nos filhos até a quarta geração (Êxodo 20:5)
(Deuteronômio 5:9).
Todos os homens são culpados pelo pecado de Adão. A culpa passou de pai para filhos por
diversas gerações (Romanos 5:12).
37. Jesus foi filho de José, que o foi de Jacob (Mateus 1:16).
Jesus foi filho de José, que o foi de Heli (Lucas 3:23).
38. O pai de Salathiel foi Jeconias (Mateus 1:12).
O pai de Salathiel foi Neri (Lucas 3:27)
39. Abiud é filho de Zorobabel (Mateus 1:13).
Resa é filho de Zorobabel (Lucas 3:27).
São citados os nomes de todos os filhos de Zorobabel, mas nem Resa e nem Abiud estão
entre eles (I Crônicas 3:19-20).
40. Jorão era o pai de Ozias que era o pai de Joathão (Mateus 1:8-9).
Jorão era o pai de Occozias, do qual nasceu Joás, que gerou Amazias, que foi pai de
Azarias que, finalmente, gerou Joathão (I Crônicas 3:11-12).
41. Josias era o pai de Jeconias (Mateus 1:11).
Josias era o avô de Jeconias (I Crônicas 3:15-16).
42. Zorobabel era filho de Salathiel (Mateus 1:12) (Lucas 3:27).
Zorobabel era filho de Fadaia. Salathiel era tio dele (I Crônicas 3:17-19).
43. Sale era filho de Cainan, neto de Arfaxad e bisneto de Sem (Lucas 3:35-36).
Sale era filho de Arfaxad e neto de Sem (Gênese 11:11-12).
44. Ninguém jamais viu a Deus (João 1:18, 6:46) (I João 4:12).
Jacob viu Deus cara a cara (Gênesis 32:30).
Moisés e os anciões de Israel viram Deus (Êxodo 24:9-11).
Deus falou com Moisés cara a cara (Êxodo 33:11) (Deuteronômio 34:10).
Ezequiel viu Deus em uma visão (Ezequiel 1:27-28).
45. Jesus curou um leproso depois de visitar a casa de Pedro e Simão (Marcos 1:29,40-42).
Jesus curou o leproso antes de visitar a casa de Pedro e Simão (Mateus 8:2-3,14).
46. O Diabo levou Jesus primeiro ao topo do templo e depois para um lugar alto para ver
todos os reinos do mundo (Mateus 4:5-8).
O Diabo levou Jesus primeiro para o lugar alto e depois para o topo do templo (Lucas
4:5-9).
47. Quem crê no filho de Deus tem vida eterna (João 3:36).
Quem ama a Deus e ao seu próximo tem vida eterna (Lucas 10:25-28).
Quem guarda os 10 mandamentos tem vida eterna (Mateus 19:16-17).
48. O sermão conteve 9 beatitudes (Mateus 5:3-11).
O sermão conteve 4 beatitudes (Lucas 6:20-22).
49. Jesus adquiriu Mateus como discípulo depois de acalmar a tempestade (Mateus 8:26).
Jesus adquiriu Mateus (Levi) como discípulo antes de ter acalmado a tempestade (Marcos
2:14, 4:39)
Obs: O contexto identifica Levi como outro nome para Mateus. Compare [Mateus 9:9-17]
com [Marcos 2:14-22] e com [Lucas 5:27-39].
50. O centurião se aproximou de Jesus e pediu ajuda para um criado doente (Mateus 8:5-7).
O centurião não se aproximou de Jesus. Ele enviou amigos e os anciões dos judeus (Lucas
7:2-3,6-7).
51. Jairo pediu a Jesus que ajudasse a sua filha, que estava morrendo (Lucas 8:41-42).
Ele pediu para que Jesus salvasse a filha dele que já havia morrido (Mateus 9:18).
52. Jesus disse aos seus discípulos que deveriam andar calçados com sandálias (Marcos
6:8).
Jesus lhes disse que não deveriam andar descalços (Mateus 10:10).
53. Deus confiou o julgamento a Jesus (João 5:22) (João 5:27,30 8:26) (II Coríntios 5:10)
(Atos 10:42).
Jesus, porém, disse que não julga ninguém (João 8:15,12:47).
Os santos hão de julgar o mundo (I Coríntios 6:2).
54. A transfiguração de Jesus ocorreu 6 dias após a sua profecia (Mateus 17:1-2).
A transfiguração ocorreu 8 dias após (Lucas 9:28-29).
55. A mãe de Tiago e João pediu a Jesus para que eles se assentassem ao seu lado no
reino (Mateus 20:20-21).
Tiago e João fizeram o pedido, ao invés de sua mãe (Marcos 10:35-37).
56. Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com dois homens cegos (Mateus 20:29-30).
Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com somente um homem cego (Marcos 10:46-47).
57. Dois dos discípulos levaram uma jumenta e um jumentinho para Jesus da aldeia de
Bethfagé (Mateus 21:2-7).
Eles levaram somente um jumentinho (Marcos 11:2-7).
58. Jesus amaldiçoou a árvore de figo depois de ter deixado o templo (Mateus 21:17-19).
Ele amaldiçoou a árvore antes de ter entrado no templo (Marcos 11:14-15,20)
59. Um dia após Jesus ter amaldiçoado a figueira, os discípulos notaram que ela havia
secado (Marcos 11:14-15,20)
A figueira secou imediatamente após a maldição ser posta (Mateus 21:19).
60. Jesus disse que Zacarias era filho de Baraquias (Mateus 23:35).
Zacarias era filho de Joiada (II Crônicas 24:20-22).
61. Jesus manda amarmos uns aos outros (João 13:34-35).
Você não pode ser um discípulo de Jesus a menos que já tenha aborrecido seus pais, seus
irmãos, seus filhos ou sua esposa (Lucas 14:26).
62. Vestiram Jesus com um manto carmesim (Mateus 27:28).
Vestiram Jesus com um manto púrpura (Marcos 25:17) (João 19:2).
63. Após Pedro ter negado Jesus, o galo cantou pela segunda vez (Marcos 14:30,57-72).
O galo só cantou uma vez (Lucas 22:34,60-61) (Mateus 26:34,69-74)
Algumas são bastante curiosas.


Erros bobos, um versículo refutando o outro, um apóstolo corrigindo informações de outro. Esses erros e contradições grotescas, não podem ter sido escritos por humanos preenchidos por espírito divino.

Até Jesus tem informações corrigidas, mas pera, ele e o Pai não são um e portanto oniscientes?

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Jony escreveu:
Pidgey escreveu:
Jony escreveu:
Tenho um compilado com dezenas de contradições da gibiblia

Proibição da mentira (Êxodo 20:16)
Deus permiti a mentira (I Reis 22:22)
13. Você tem que julgar o próximo com justiça (Leviticus 19:15).
Não julgue ninguém para não ser julgado (Mateus 7:1).
14. Deus jamais se arrepende (I Samuel 15:29).
Deus se arrepende (Gênese 6:6) (Êxodo 32:14) (I Samuel 15:11,35) (Jonas 3:10).
15. Deus não pode mentir (Números 23:19).
Deus deliberadamente enviou um “espírito” mentiroso (I Reis 22:20-30) (II Crônicas
18:19-22).
Deus faz pessoas acreditarem em mentiras (II Tessalonicenses 2:11-12).
O Senhor engana os profetas (Ezequiel 14:9).
16. Aarão morreu no monte Hor. Imediatamente depois disso, os israelitas foram para
Salmona e Finon (Números 33:38).
Aarão morreu em Mosera. Depois disso, os isralelitas foram para Gadgad e Jetebata
(Deuteronômio 10:6-7).
Deus diz a Moisés que Aarão morreu no monte Hor (Deuteronômio 32:50).
17. Nós temos que amar Deus (Deuteronômio 6:5) (Mateus 22:37).
Nós temos que temer Deus (Deuteronômio 6:13) (I Pedro 2:17).
18. Deus escreveu nas tábuas as dez palavras da aliança (Deuteronômio 10:1-2,4).
Deus ditou e Moisés escreveu (Êxodo 34:27-28).
19. Josué queimou a cidade de Hai e reduziu-a a um monte de ruínas para sempre (Josué
8:28).
Hai ainda existe como uma cidade (Neemias 7:32).
20. Josué destruiu totalmente os habitantes de Dabir (Josué 10:38-39).
Os habitantes de Dabir ainda existem (Josué 15:15).


Contando...




Mimimi



Cope

21. Saul destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 15:7-8,20).
David destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 27:8-9).
Finalmente os amalecitas são mortos (I Crônicas 4:42-43).
22. Isaí teve sete filhos além de seu mais jovem, David (I Samuel 16:10.11).
David foi o sétimo filho (I Crônicas 2:15).
23. Saul tentou consultar o Senhor (I Samuel 28:6).
Saul nunca fez tal coisa (I Crônicas 10:13-14).
24. Saul cometeu suicídio (I Samuel 31:4-6) (I Crônicas 10:4-5).
Saul foi morto por um amalecita (II Samuel 1:8-10).
Saul foi morto pelos filisteus (II Samuel 21:12).
25. Davi tomou 1.700 cavaleiros de Adadezer (II Samuel 8:4).
Davi tomou 7.000 cavaleiros de Adadezer (I Crônicas 18:4).
26. Davi matou aos arameus 700 parelhas de cavalos e 40.000 cavaleiros (II Samuel
10:18).
Davi matou aos arameus 7.000 cavalos e 40.000 empregados (I Crônicas 19:18).
27. Israel dispõe de 800.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá
dispõe de 500.000 homens (II Samuel 24:9).
Israel dispõe de 1.100.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá dispõe
de 470.000 homens (I Crônicas 21:5).
28. Satã provocou Davi a fazer um censo de Israel (I Crônicas 21:1).
Deus sugeriu Davi a fazer um censo de Israel (II Samuel 24:1).
29. Davi pagou 50 siclos de prata por gados e pelo terreno (II Samuel 24:24).
Davi pagou 600 siclos de ouro pelo mesmo terreno (I Crônicas 21:25).
30. Rei Josias foi morto em Magedo. Seus servos o levam morto para Jerusalém (II Reis
23:29-30).
Rei Josias foi ferido em Magedo e pediu para seus servos o levarem para Jerusalém, onde
veio a falecer (II Reis 23:29-30).
31. Foram levados 5 homens dentre os mais íntimos do rei (II Reis 25:19-20).
Foram levados 7 homens dentre os mais íntimos do rei (Jeremias 52:25-26).
32. São citados os nomes de 10 pessoas que vieram com Zorobabel (Esdras 2:2)
São citados os nomes de 11 pessoas que vieram com Zorobabel (Neemias 7:7)
33. (Esdras 2:3 & Neemias 7:8) Estas passagens pretendem mostrar a quantidade de
pessoas que voltaram do cativeiro babilônico. Compare o número para cada família: 14
deles discordam.
34. A terra vai durar para sempre (Salmos 104:5) (Eclesiastes 1:4).
A terra perecerá (II Pedro 3:10) (Hebreus 1:10-11).
35. Deus fala a respeito de sacrifícios com os filhos de Israel libertos do egito (Levítico
1:1-9).
Deus nega que houvesse dito algo sobre sacrifícios naquela ocasião (Jeremias 7:22).
36. O filho não deve ser castigado pelo erro do pai, ou vice-versa (Deuteronômio 24:16)
(Ezequiel 18:20) (II Crônicas 25:4).
Deus vinga a crueldade dos pais nos filhos até a quarta geração (Êxodo 20:5)
(Deuteronômio 5:9).
Todos os homens são culpados pelo pecado de Adão. A culpa passou de pai para filhos por
diversas gerações (Romanos 5:12).
37. Jesus foi filho de José, que o foi de Jacob (Mateus 1:16).
Jesus foi filho de José, que o foi de Heli (Lucas 3:23).
38. O pai de Salathiel foi Jeconias (Mateus 1:12).
O pai de Salathiel foi Neri (Lucas 3:27)
39. Abiud é filho de Zorobabel (Mateus 1:13).
Resa é filho de Zorobabel (Lucas 3:27).
São citados os nomes de todos os filhos de Zorobabel, mas nem Resa e nem Abiud estão
entre eles (I Crônicas 3:19-20).
40. Jorão era o pai de Ozias que era o pai de Joathão (Mateus 1:8-9).
Jorão era o pai de Occozias, do qual nasceu Joás, que gerou Amazias, que foi pai de
Azarias que, finalmente, gerou Joathão (I Crônicas 3:11-12).
41. Josias era o pai de Jeconias (Mateus 1:11).
Josias era o avô de Jeconias (I Crônicas 3:15-16).
42. Zorobabel era filho de Salathiel (Mateus 1:12) (Lucas 3:27).
Zorobabel era filho de Fadaia. Salathiel era tio dele (I Crônicas 3:17-19).
43. Sale era filho de Cainan, neto de Arfaxad e bisneto de Sem (Lucas 3:35-36).
Sale era filho de Arfaxad e neto de Sem (Gênese 11:11-12).
44. Ninguém jamais viu a Deus (João 1:18, 6:46) (I João 4:12).
Jacob viu Deus cara a cara (Gênesis 32:30).
Moisés e os anciões de Israel viram Deus (Êxodo 24:9-11).
Deus falou com Moisés cara a cara (Êxodo 33:11) (Deuteronômio 34:10).
Ezequiel viu Deus em uma visão (Ezequiel 1:27-28).
45. Jesus curou um leproso depois de visitar a casa de Pedro e Simão (Marcos 1:29,40-42).
Jesus curou o leproso antes de visitar a casa de Pedro e Simão (Mateus 8:2-3,14).
46. O Diabo levou Jesus primeiro ao topo do templo e depois para um lugar alto para ver
todos os reinos do mundo (Mateus 4:5-8).
O Diabo levou Jesus primeiro para o lugar alto e depois para o topo do templo (Lucas
4:5-9).
47. Quem crê no filho de Deus tem vida eterna (João 3:36).
Quem ama a Deus e ao seu próximo tem vida eterna (Lucas 10:25-28).
Quem guarda os 10 mandamentos tem vida eterna (Mateus 19:16-17).
48. O sermão conteve 9 beatitudes (Mateus 5:3-11).
O sermão conteve 4 beatitudes (Lucas 6:20-22).
49. Jesus adquiriu Mateus como discípulo depois de acalmar a tempestade (Mateus 8:26).
Jesus adquiriu Mateus (Levi) como discípulo antes de ter acalmado a tempestade (Marcos
2:14, 4:39)
Obs: O contexto identifica Levi como outro nome para Mateus. Compare [Mateus 9-17]
com [Marcos 2-22] e com [Lucas 5-39].
50. O centurião se aproximou de Jesus e pediu ajuda para um criado doente (Mateus 8:5-7).
O centurião não se aproximou de Jesus. Ele enviou amigos e os anciões dos judeus (Lucas
7:2-3,6-7).
51. Jairo pediu a Jesus que ajudasse a sua filha, que estava morrendo (Lucas 8:41-42).
Ele pediu para que Jesus salvasse a filha dele que já havia morrido (Mateus 9:18).
52. Jesus disse aos seus discípulos que deveriam andar calçados com sandálias (Marcos
6:8).
Jesus lhes disse que não deveriam andar descalços (Mateus 10:10).
53. Deus confiou o julgamento a Jesus (João 5:22) (João 5:27,30 8:26) (II Coríntios 5:10)
(Atos 10:42).
Jesus, porém, disse que não julga ninguém (João 8:15,12:47).
Os santos hão de julgar o mundo (I Coríntios 6:2).
54. A transfiguração de Jesus ocorreu 6 dias após a sua profecia (Mateus 17:1-2).
A transfiguração ocorreu 8 dias após (Lucas 9:28-29).
55. A mãe de Tiago e João pediu a Jesus para que eles se assentassem ao seu lado no
reino (Mateus 20:20-21).
Tiago e João fizeram o pedido, ao invés de sua mãe (Marcos 10:35-37).
56. Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com dois homens cegos (Mateus 20:29-30).
Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com somente um homem cego (Marcos 10:46-47).
57. Dois dos discípulos levaram uma jumenta e um jumentinho para Jesus da aldeia de
Bethfagé (Mateus 21:2-7).
Eles levaram somente um jumentinho (Marcos 11:2-7).
58. Jesus amaldiçoou a árvore de figo depois de ter deixado o templo (Mateus 21:17-19).
Ele amaldiçoou a árvore antes de ter entrado no templo (Marcos 11:14-15,20)
59. Um dia após Jesus ter amaldiçoado a figueira, os discípulos notaram que ela havia
secado (Marcos 11:14-15,20)
A figueira secou imediatamente após a maldição ser posta (Mateus 21:19).
60. Jesus disse que Zacarias era filho de Baraquias (Mateus 23:35).
Zacarias era filho de Joiada (II Crônicas 24:20-22).
61. Jesus manda amarmos uns aos outros (João 13:34-35).
Você não pode ser um discípulo de Jesus a menos que já tenha aborrecido seus pais, seus
irmãos, seus filhos ou sua esposa (Lucas 14:26).
62. Vestiram Jesus com um manto carmesim (Mateus 27:28).
Vestiram Jesus com um manto púrpura (Marcos 25:17) (João 19:2).
63. Após Pedro ter negado Jesus, o galo cantou pela segunda vez (Marcos 14:30,57-72).
O galo só cantou uma vez (Lucas 22:34,60-61) (Mateus 26:34,69-74)
Algumas são bastante curiosas.


Erros bobos, um versículo refutando o outro, um apóstolo corrigindo informações de outro. Esses erros e contradições grotescas, não podem ter sido escritos por humanos preenchidos por espírito divino.

Até Jesus tem informações corrigidas, mas pera, ele e o Pai não são um e portanto oniscientes?


Entendo sua limitação, aqui está algo mais simples de ser entendido:

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Pidgey escreveu:
Jony escreveu:
Pidgey escreveu:
Jony escreveu:
Tenho um compilado com dezenas de contradições da gibiblia

Proibição da mentira (Êxodo 20:16)
Deus permiti a mentira (I Reis 22:22)
13. Você tem que julgar o próximo com justiça (Leviticus 19:15).
Não julgue ninguém para não ser julgado (Mateus 7:1).
14. Deus jamais se arrepende (I Samuel 15:29).
Deus se arrepende (Gênese 6:6) (Êxodo 32:14) (I Samuel 15:11,35) (Jonas 3:10).
15. Deus não pode mentir (Números 23:19).
Deus deliberadamente enviou um “espírito” mentiroso (I Reis 22:20-30) (II Crônicas
18:19-22).
Deus faz pessoas acreditarem em mentiras (II Tessalonicenses 2:11-12).
O Senhor engana os profetas (Ezequiel 14:9).
16. Aarão morreu no monte Hor. Imediatamente depois disso, os israelitas foram para
Salmona e Finon (Números 33:38).
Aarão morreu em Mosera. Depois disso, os isralelitas foram para Gadgad e Jetebata
(Deuteronômio 10:6-7).
Deus diz a Moisés que Aarão morreu no monte Hor (Deuteronômio 32:50).
17. Nós temos que amar Deus (Deuteronômio 6:5) (Mateus 22:37).
Nós temos que temer Deus (Deuteronômio 6:13) (I Pedro 2:17).
18. Deus escreveu nas tábuas as dez palavras da aliança (Deuteronômio 10:1-2,4).
Deus ditou e Moisés escreveu (Êxodo 34:27-28).
19. Josué queimou a cidade de Hai e reduziu-a a um monte de ruínas para sempre (Josué
8:28).
Hai ainda existe como uma cidade (Neemias 7:32).
20. Josué destruiu totalmente os habitantes de Dabir (Josué 10:38-39).
Os habitantes de Dabir ainda existem (Josué 15:15).


Contando...




Mimimi



Cope

21. Saul destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 15:7-8,20).
David destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 27:8-9).
Finalmente os amalecitas são mortos (I Crônicas 4:42-43).
22. Isaí teve sete filhos além de seu mais jovem, David (I Samuel 16:10.11).
David foi o sétimo filho (I Crônicas 2:15).
23. Saul tentou consultar o Senhor (I Samuel 28:6).
Saul nunca fez tal coisa (I Crônicas 10:13-14).
24. Saul cometeu suicídio (I Samuel 31:4-6) (I Crônicas 10:4-5).
Saul foi morto por um amalecita (II Samuel 1:8-10).
Saul foi morto pelos filisteus (II Samuel 21:12).
25. Davi tomou 1.700 cavaleiros de Adadezer (II Samuel 8:4).
Davi tomou 7.000 cavaleiros de Adadezer (I Crônicas 18:4).
26. Davi matou aos arameus 700 parelhas de cavalos e 40.000 cavaleiros (II Samuel
10:18).
Davi matou aos arameus 7.000 cavalos e 40.000 empregados (I Crônicas 19:18).
27. Israel dispõe de 800.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá
dispõe de 500.000 homens (II Samuel 24:9).
Israel dispõe de 1.100.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá dispõe
de 470.000 homens (I Crônicas 21:5).
28. Satã provocou Davi a fazer um censo de Israel (I Crônicas 21:1).
Deus sugeriu Davi a fazer um censo de Israel (II Samuel 24:1).
29. Davi pagou 50 siclos de prata por gados e pelo terreno (II Samuel 24:24).
Davi pagou 600 siclos de ouro pelo mesmo terreno (I Crônicas 21:25).
30. Rei Josias foi morto em Magedo. Seus servos o levam morto para Jerusalém (II Reis
23:29-30).
Rei Josias foi ferido em Magedo e pediu para seus servos o levarem para Jerusalém, onde
veio a falecer (II Reis 23:29-30).
31. Foram levados 5 homens dentre os mais íntimos do rei (II Reis 25:19-20).
Foram levados 7 homens dentre os mais íntimos do rei (Jeremias 52:25-26).
32. São citados os nomes de 10 pessoas que vieram com Zorobabel (Esdras 2:2)
São citados os nomes de 11 pessoas que vieram com Zorobabel (Neemias 7:7)
33. (Esdras 2:3 & Neemias 7:8) Estas passagens pretendem mostrar a quantidade de
pessoas que voltaram do cativeiro babilônico. Compare o número para cada família: 14
deles discordam.
34. A terra vai durar para sempre (Salmos 104:5) (Eclesiastes 1:4).
A terra perecerá (II Pedro 3:10) (Hebreus 1:10-11).
35. Deus fala a respeito de sacrifícios com os filhos de Israel libertos do egito (Levítico
1:1-9).
Deus nega que houvesse dito algo sobre sacrifícios naquela ocasião (Jeremias 7:22).
36. O filho não deve ser castigado pelo erro do pai, ou vice-versa (Deuteronômio 24:16)
(Ezequiel 18:20) (II Crônicas 25:4).
Deus vinga a crueldade dos pais nos filhos até a quarta geração (Êxodo 20:5)
(Deuteronômio 5:9).
Todos os homens são culpados pelo pecado de Adão. A culpa passou de pai para filhos por
diversas gerações (Romanos 5:12).
37. Jesus foi filho de José, que o foi de Jacob (Mateus 1:16).
Jesus foi filho de José, que o foi de Heli (Lucas 3:23).
38. O pai de Salathiel foi Jeconias (Mateus 1:12).
O pai de Salathiel foi Neri (Lucas 3:27)
39. Abiud é filho de Zorobabel (Mateus 1:13).
Resa é filho de Zorobabel (Lucas 3:27).
São citados os nomes de todos os filhos de Zorobabel, mas nem Resa e nem Abiud estão
entre eles (I Crônicas 3:19-20).
40. Jorão era o pai de Ozias que era o pai de Joathão (Mateus 1:8-9).
Jorão era o pai de Occozias, do qual nasceu Joás, que gerou Amazias, que foi pai de
Azarias que, finalmente, gerou Joathão (I Crônicas 3:11-12).
41. Josias era o pai de Jeconias (Mateus 1:11).
Josias era o avô de Jeconias (I Crônicas 3:15-16).
42. Zorobabel era filho de Salathiel (Mateus 1:12) (Lucas 3:27).
Zorobabel era filho de Fadaia. Salathiel era tio dele (I Crônicas 3:17-19).
43. Sale era filho de Cainan, neto de Arfaxad e bisneto de Sem (Lucas 3:35-36).
Sale era filho de Arfaxad e neto de Sem (Gênese 11:11-12).
44. Ninguém jamais viu a Deus (João 1:18, 6:46) (I João 4:12).
Jacob viu Deus cara a cara (Gênesis 32:30).
Moisés e os anciões de Israel viram Deus (Êxodo 24:9-11).
Deus falou com Moisés cara a cara (Êxodo 33:11) (Deuteronômio 34:10).
Ezequiel viu Deus em uma visão (Ezequiel 1:27-28).
45. Jesus curou um leproso depois de visitar a casa de Pedro e Simão (Marcos 1:29,40-42).
Jesus curou o leproso antes de visitar a casa de Pedro e Simão (Mateus 8:2-3,14).
46. O Diabo levou Jesus primeiro ao topo do templo e depois para um lugar alto para ver
todos os reinos do mundo (Mateus 4:5-8).
O Diabo levou Jesus primeiro para o lugar alto e depois para o topo do templo (Lucas
4:5-9).
47. Quem crê no filho de Deus tem vida eterna (João 3:36).
Quem ama a Deus e ao seu próximo tem vida eterna (Lucas 10:25-28).
Quem guarda os 10 mandamentos tem vida eterna (Mateus 19:16-17).
48. O sermão conteve 9 beatitudes (Mateus 5:3-11).
O sermão conteve 4 beatitudes (Lucas 6:20-22).
49. Jesus adquiriu Mateus como discípulo depois de acalmar a tempestade (Mateus 8:26).
Jesus adquiriu Mateus (Levi) como discípulo antes de ter acalmado a tempestade (Marcos
2:14, 4:39)
Obs: O contexto identifica Levi como outro nome para Mateus. Compare [Mateus 9-17]
com [Marcos 2-22] e com [Lucas 5-39].
50. O centurião se aproximou de Jesus e pediu ajuda para um criado doente (Mateus 8:5-7).
O centurião não se aproximou de Jesus. Ele enviou amigos e os anciões dos judeus (Lucas
7:2-3,6-7).
51. Jairo pediu a Jesus que ajudasse a sua filha, que estava morrendo (Lucas 8:41-42).
Ele pediu para que Jesus salvasse a filha dele que já havia morrido (Mateus 9:18).
52. Jesus disse aos seus discípulos que deveriam andar calçados com sandálias (Marcos
6:8).
Jesus lhes disse que não deveriam andar descalços (Mateus 10:10).
53. Deus confiou o julgamento a Jesus (João 5:22) (João 5:27,30 8:26) (II Coríntios 5:10)
(Atos 10:42).
Jesus, porém, disse que não julga ninguém (João 8:15,12:47).
Os santos hão de julgar o mundo (I Coríntios 6:2).
54. A transfiguração de Jesus ocorreu 6 dias após a sua profecia (Mateus 17:1-2).
A transfiguração ocorreu 8 dias após (Lucas 9:28-29).
55. A mãe de Tiago e João pediu a Jesus para que eles se assentassem ao seu lado no
reino (Mateus 20:20-21).
Tiago e João fizeram o pedido, ao invés de sua mãe (Marcos 10:35-37).
56. Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com dois homens cegos (Mateus 20:29-30).
Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com somente um homem cego (Marcos 10:46-47).
57. Dois dos discípulos levaram uma jumenta e um jumentinho para Jesus da aldeia de
Bethfagé (Mateus 21:2-7).
Eles levaram somente um jumentinho (Marcos 11:2-7).
58. Jesus amaldiçoou a árvore de figo depois de ter deixado o templo (Mateus 21:17-19).
Ele amaldiçoou a árvore antes de ter entrado no templo (Marcos 11:14-15,20)
59. Um dia após Jesus ter amaldiçoado a figueira, os discípulos notaram que ela havia
secado (Marcos 11:14-15,20)
A figueira secou imediatamente após a maldição ser posta (Mateus 21:19).
60. Jesus disse que Zacarias era filho de Baraquias (Mateus 23:35).
Zacarias era filho de Joiada (II Crônicas 24:20-22).
61. Jesus manda amarmos uns aos outros (João 13:34-35).
Você não pode ser um discípulo de Jesus a menos que já tenha aborrecido seus pais, seus
irmãos, seus filhos ou sua esposa (Lucas 14:26).
62. Vestiram Jesus com um manto carmesim (Mateus 27:28).
Vestiram Jesus com um manto púrpura (Marcos 25:17) (João 19:2).
63. Após Pedro ter negado Jesus, o galo cantou pela segunda vez (Marcos 14:30,57-72).
O galo só cantou uma vez (Lucas 22:34,60-61) (Mateus 26:34,69-74)
Algumas são bastante curiosas.


Erros bobos, um versículo refutando o outro, um apóstolo corrigindo informações de outro. Esses erros e contradições grotescas, não podem ter sido escritos por humanos preenchidos por espírito divino.

Até Jesus tem informações corrigidas, mas pera, ele e o Pai não são um e portanto oniscientes?


Entendo sua limitação, aqui está algo mais simples de ser entendido:



Bote para fora argumentos próprios. Vocês postam vídeos de duas horas e esperam que um bando de otakus assistam?

Se mandassem textos, algumas pessoas leriam.

Eu não posso argumentar a verdade por trás do Cristianismo, pois é conhecimento proibido nessa plataforma.

Última edição por Jony em 22/10/2023, 20:43, editado 2 vez(es)

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Rin escreveu:
A ideia de que Deus é atemporal não refuta em nada o meu argumento. Deus estar além do tempo não explica nem um pouco a questão de como Deus existe e como ele surgiu.

A partir do momento em que você diz isso, você está dizendo: Deus não tem origem definida e ele está além do tempo. Logo ele existe por quê? Porque sim. Você se afasta da lógica argumentativa de um debate e torna a discussão em mera opinião. O que você fez além de afirmar que Deus existe nesse quote? Absolutamente NADA.

Ha sério? E exatamente o quê é possível ser explicado? A ciência não explica direito nem o surgimento do universo, passa longe na verdade, então você quer que eu explique a lógica por trás do surgimento de Deus, sendo que nosso cérebro é completamente incapaz de processar logicamente qualquer coisa fora de nossa realidade? Só o fato de não haver espaço/tempo antes do universo, já nos cria um paradigma indecifrável.

Nosso cérebro trabalha por associação, na realidade em que existimos, não existe complexidade em razão da aleatoriedade. Qualquer coisa complexa é derivada de um projeto e de uma execução. Em uma exploração, você não vai encontrar um shopping center futurista no meio da floresta amazônica por razões óbvias.

Recapitulando:

A. Deus existe pois o universo precisa de uma origem definida para explicar a sua complexidade.
B. Se é assim, Deus também precisa de uma origem definida.
C. Deus existe, mas não tem origem definida porque ele ultrapassa as limitações do tempo.

Percebe que "C" é apenas a sua opinião, e ainda não explica a origem de Deus. Vamos, não fuja, eu quero uma resposta definitiva: obedeça a lei da causa e efeito que você diz acreditar e me explique de onde caralhos Deus surgiu.


Na verdade podemos resumir assim:

A: Todo projeto inteligente em nossa realidade precisa de um projetista e de uma execução
B: Em pelo menos 5 mil anos de humanidade, não existe qualquer vislumbre de compreender inteiramente sequer a nossa realidade (que comprovadamente não é a única)
C: A criação não é apenas imensuravelmente complexa, ela é bela, calorosa e caprichosa

Então não adianta você querer que eu prove "de onde caralhos Deus surgiu" se você não é capaz de imaginar "como caralhos qualquer caralho que exista surgiu". A discussão gira entorno do quão imbecil é achar que algo tão complexo se estabeleceu por aleatoriedade, quando em nossa realidade aleatoriedade só gera aleatoriedade.

O que veio antes do Big Bang é um conhecimento turvo para a ciência atual, não há nenhum êxito prático tentar adivinhar qual é o precursor quântico do espaço-tempo. Veja a sua sequência lógica:

Primeiro que não existe Big Bang, existe teoria do Big Bang, que por sinal fica cada vez mais enfraquecida com o olhar do James Web, que sugere um universo "pronto e bem definido" desde seu nascimento.


1) Tudo há de ter causa e efeito, logo algo precisa ter causado o universo.
2) Antes do Big Bang não havia a ideia de existência e tempo.
3) Portanto, há uma causa primeira que está além da existência e do tempo, esta causa é deus.

Da mesma forma que você está descartando a lógica da causa e efeito para Deus, pois ele supostamente estaria além do conceito de existência, eu poderia simplesmente trocar "Deus" por "Big Bang". É a mesma lógica, apenas estamos invertendo o objeto sujeito a ela.

1) Tudo há de ter causa e efeito, logo algo precisa ter causado o universo.
2) Antes do Big Bang não havia a ideia de existência e tempo.
3) Portanto, há uma causa primeira que está além da existência e do tempo, esta causa é o Big Bang.



"Big Bang" é "só" uma expansão de energia, então antes do Big Bang, havia outro Big Bang? E isso vai parar logicamente onde?

Sabe como a teoria do Big Bang começa? "o Big Bang não foi de fato uma explosão, mas sim uma grande expansão (por razões desconhecidas) de um ínfimo ponto do espaço, chamado de singularidade, com densidade e temperatura infinitamente altas"..

Ou seja, sequer existe uma razão para tal expansão. Tão pouco ser explicado uma energia tão incalculável que é descrita como infinita.



A questão é: porque a ciência no momento não possui respostas para determinado fenômeno, devemos criar uma resposta imaginária para resolver o problema? Deus responde tudo, mas não explica nada. Antes do desenvolvimento da ciência, relâmpagos eram vistos como uma manifestação divina.

Não dá para criar respostas sem fundamento para responder o que nós quisermos, assim você caga em cima do espírito científico. Ainda existem teorias EM DESENVOLVIMENTO tentando responder isso, como multiverso, universos cíclicos e etc. A ciência vai se desenvolvendo e gerando novas respostas, foi assim até agora e vai continuar sendo.

A própria teoria do Big Bang cria (sem base alguma) vários conceitos (sem qualquer evidência ou prova) para se sustentar. Não existe como provar Deus cientificamente falando, ele não é dessa realidade, o que prova Deus é a própria lógica de construção das coisas, onde no nosso universo, qualquer criação tem um criador.

A aleatoriedade não cria complexidade proposital, essa é UMA REGRA da nossa realidade, ou você discorda? Se na nossa realidade esse conceito não cabe, não se aplica. A maioria dos cientistas que são ateus, não acreditam em vida fora da terra, e isso não é por ceticismo, é simplesmente porque questão de PROBABILIDADE. Mesmo tendo noção do tamanho do universo, da idade dele e da quantidade surreal de corpos celestes, as combinações necessárias para vida como temos hoje, é tão improvável, que chega até a ser ridículo pensar que aconteceu novamente, isso que não sabemos nem 0000,1 das combinações necessárias para o estabelecimento e desenvolvimento da vida.

Se você catar um drogado com parkinson no meio da rua e pedir para ele operar a cabeça de uma pessoa com tumor, existem mais chances dele ser bem sucedido nesse operação, do que a vida ter se estabelecido com essa complexidade por puro acaso. Na matemática, chega a um ponto que uma probabilidade tão pequena, na prática se torna impossível.




Aparentemente você não tem nenhum argumento para explicar a contradição entre a existência de animais defeituosos, como os com órgãos atrofiados, e a existência de um designer perfeito. Ora, quem está dizendo que o mundo é apenas obra de um designer perfeito não sou eu, é você.

Claro, e onde eu citei perfeito? Você percebe que o termo "perfeito" é ridículo na escala que estamos discutindo? A simples composição de uma bactéria simples vai milhões de vezes além do computador mais complexo da humanidade.

O que você me diz da teoria evolucionista? Da seleção natural? Das evidências científicas que comprovam tais fenômenos? Escolha:

1) Ou você concorda com as descobertas científicas e entende que a complexidade do mundo não foi modelada através de um planejamento central realizado por um designer perfeito, mas sim por reações bioquímicas em cadeia por um longo período de tempo, que transformaram a simplicidade em complexidade (fato que é cientificamente comprovado);

2) Ou você ignora completamente a ciência e acredita que Deus modelou tudo.

É possível conciliar a crença criacionista com o primeiro ponto, basta argumentar que a realidade atual é de fato resultado de reações bioquímicas em cadeia, porém Deus criou o Big Bang, que foi a origem dessas reações.

O problema é que o seu primeiro argumento foi "design", então isso nem se torna possível, é apenas arrogância pra descartar a ciência mesmo. Até porque a ideia acima pode até não ser incompatível com o criacionismo, mas é incompatível com QUALQUER religião, inclusive o cristianismo.

Onde está a comprovação de qualquer coisa sobre a teoria de darwin? Que a seleção natural existe em algum grau, isso é simplesmente um fato. Entre isso e a teoria de darwin, que propõe o surgimento de espécies totalmente novas, existe um ABISMO.

Vivemos em um mundo hostil, dinâmico e feroz, seria pura idiotice um criador não projetar mecanismos de adaptação. Agora não existe NENHUMA EVIDÊNCIA de que adaptação gere espécies novas. O mais engraçado de tudo, é que de todos os animais, apenas o Homem evoluiu absurdamente, os demais organismo continuam aí numa boa sem sinal nenhum de transformação, mesmo com muitas espécies sendo extintas.



Einstein acreditava em deus como um princípio ordenador do universo, não deus como um criacionista supõe. Isso é o que Einstein dizia sobre deus:

"Não acredito em um Deus pessoal e nunca neguei isso, mas expresso claramente. Se algo em mim pode ser chamado de religioso, é então uma admiração sem limites pela estrutura do mundo, até onde nossa ciência pode revelá-lo."


Einstein de fato não acreditava em Deus de forma romantizada como a maioria das pessoas, mas ele de fato sabia que algo INTELIGENTE estava por trás de tudo. Prova disso, é a contemplação que ele fez do buraco negro, uma singularidade inimaginável "Deus fez a divisão por zero"... Deus, força ordenadora, dá no mesmo, criação inteligente.


Não. Você pode inventar que deus está além do tempo, mas nós não estamos. Então imagine Deus sendo sujeito a analisar o nosso futuro, já que nós certamente estamos inclusos no conceito de tempo.

Deus seria capaz de prever o que aconteceria conosco? Se sim, ele seria capaz de mudar o nosso futuro? Pronto, o meu ponto já está comprovado. Se a primeira resposta for sim, Deus não é onipotente. Se a segunda for sim, Deus não é onisciente.


Não tem lógica isso aqui. Deus simplesmente enxerga todas as possibilidades, ele criou cada átomo de nossa realidade, não existe cálculo que possa fugir dele.


Se Deus não é onipotente e onisciente, todas as religiões são falsas. Deus, portanto, possui capacidades limitadas; logo o cristianismo está incorreto. Certo? Afinal, a concepção divina que nós temos é, necessariamente, a de um deus onipotente e onisciente.

Uns 70% dos ateus cometem esse mesmo erro. Eles visualizam (geralmente de forma superficial) o Deus cristão e de outras religiões, acham que ele não faz sentido e começam a entupir a cabeça com anti-criacionismo e começam a negar a estrutura lógica de construção da coisas.

Na minha cabeça, uma coisa não tem nada haver com a outra. Deus existe porque é a única coisa que faz sentido, ele não precisa atender as nossas expectativas, isso é simplesmente patético. Sequer merecemos estar vivos e discutindo aqui.



Inclusive, existem trechos na Bíblia que contradizem tanto a onipotência contra a onisciência, mas vou tentar focar no criacionismo aqui, não no cristianismo, já que o cristianismo é facilmente refutado, enquanto o criacionismo é desprovido de falseabilidade.

Se você discutir com um estudioso da bíblia, que use uma tradução correta, você com certeza vai ser humilhado. Não é que não existam pontos a serem questionados, mas no mínimo você precisa de MUITO estudo e não apenas pegar recortes do Twitter...

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Sertão escreveu:
Ha sério? E exatamente o quê é possível ser explicado? A ciência não explica direito nem o surgimento do universo, passa longe na verdade, então você quer que eu explique a lógica por trás do surgimento de Deus, sendo que nosso cérebro é completamente incapaz de processar logicamente qualquer coisa fora de nossa realidade? Só o fato de não haver espaço/tempo antes do universo, já nos cria um paradigma indecifrável.

Exatamente, parabéns. Agora você entendeu o ponto da questão. Então vamos recapitular: você não pode usar "Deus" para explicar o desconhecimento da origem do universo, porque Deus iria requerer da mesma explicação.

Quando você resolve o dilema da causa primária por meio de deus, você apenas muda o objeto a ser explicado, não resolve o dilema. Se antes não conseguíamos explicar a existência do universo, agora simplesmente não conseguimos explicar deus.

Logo o seu argumento é falacioso. Apenas isso.
Nosso cérebro trabalha por associação, na realidade em que existimos, não existe complexidade em razão da aleatoriedade. Qualquer coisa complexa é derivada de um projeto e de uma execução. Em uma exploração, você não vai encontrar um shopping center futurista no meio da floresta amazônica por razões óbvias.

Sim, e "Deus", um ser onisciente e onipotente claramente não é nem um pouco complexo. Você explica uma complexidade com algo mais complexo ainda. Parabéns, sua teoria faz todo sentido.

Deus provavelmente é um ser extremamente simples. Não se encontra um shopping center futurista no meio da floresta, mas encontramos um ser onisciente e onipotente no meio do nada frequentemente.

Existe uma explicação para isso que não se chama probabilidade e nem designer, essa explicação se chama: seleção natural. Se você jogar uma gota de água numa estrutura rochosa, provavelmente nada vai acontecer. Malgrado, se você continuar jogando essa gota de água gradualmente por um longo período de tempo, a rocha irá gradualmente começar a se esculpir.

É exatamente assim que a seleção natural cria tal complexidade. Em vez de postular um design complexo como resultado de uma criação instantânea e planejada, a ciência sugere que características complexas evoluem gradualmente por meio de uma série de pequenas mudanças biológicas ao longo de períodos extensos.

Isso é algo cientificamente registrado, não é algo passível de discussão. Os "designs" que você tanto louva por aí resultaram de um longo processo de evolução biológica. Um exemplo disso é o registro científico dos olhos de alguns animais, como os de polvos.
Sabe como a teoria do Big Bang começa? "o Big Bang não foi de fato uma explosão, mas sim uma grande expansão (por razões desconhecidas) de um ínfimo ponto do espaço, chamado de singularidade, com densidade e temperatura infinitamente altas"..

Ou seja, sequer existe uma razão para tal expansão. Tão pouco ser explicado uma energia tão incalculável que é descrita como infinita.

Você se deu ao trabalho de falar tudo isso para chegar exatamente na mesma conclusão que eu cheguei no meu comentário?

O ponto exposto é que, da mesma forma que você estabelece Deus como uma causa primeira, eu posso simplesmente estabelecer o Big Bang como uma causa primeira. Da mesma forma que a ciência hoje é incapaz de explicar o que causou esse fenômeno, o criacionismo também é incapaz de explicar a origem de Deus.

O que você parece não entender é que os seus argumentos são todos um mero duplo padrão. Você estabelece postulados e os usa para negar o ateísmo, mas parece esquecê-los quando se trata da sua própria crença (criacionismo). Isso se chama apenas seletividade.
A maioria dos cientistas que são ateus, não acreditam em vida fora da terra, e isso não é por ceticismo, é simplesmente porque questão de PROBABILIDADE. Mesmo tendo noção do tamanho do universo, da idade dele e da quantidade surreal de corpos celestes, as combinações necessárias para vida como temos hoje, é tão improvável, que chega até a ser ridículo pensar que aconteceu novamente, isso que não sabemos nem 0000,1 das combinações necessárias para o estabelecimento e desenvolvimento da vida.

O universo é vasto, detém bilhões de galáxias, cada uma com bilhões de estrelas. A imensidão do universo pressupõe uma imensa gama de condições e possibilidades, o que simplesmente sobe as chances de que, em algum lugar, as condições necessárias pra vida se concretizem.

Enfim, estamos andando em círculos. Eu já discorri sobre o argumento da complexidade várias vezes, você parece simplesmente ignorar o meu argumento e repetir a mesma falácia.
Onde está a comprovação de qualquer coisa sobre a teoria de darwin? Que a seleção natural existe em algum grau, isso é simplesmente um fato. Entre isso e a teoria de darwin, que propõe o surgimento de espécies totalmente novas, existe um ABISMO.

Vivemos em um mundo hostil, dinâmico e feroz, seria pura idiotice um criador não projetar mecanismos de adaptação. Agora não existe NENHUMA EVIDÊNCIA de que adaptação gere espécies novas. O mais engraçado de tudo, é que de todos os animais, apenas o Homem evoluiu absurdamente, os demais organismo continuam aí numa boa sem sinal nenhum de transformação, mesmo com muitas espécies sendo extintas.

Isso aqui é apenas negacionismo científico. Eu nem acredito que você está me dizendo uma imbecilidade dessas, e me forçando a ficar pesquisando provas de ancestralidade comum.

Explique, por exemplo atavismos, como baleias nascendo com membros posteriores? Dentes em galinhas? Homologias bizarras como o fato de quase todos os animais possuírem o mesmo gene que codifica a criação ocular? Como morcegos, pássaros, humanos e lagartos tendo estruturas ósseas praticamente idênticas em órgãos diametralmente opostos em função?

Você quer me dizer o macroevolucionismo nunca foi evidenciado? É isso? Toda a literatura científica é pura baboseira?
Einstein de fato não acreditava em Deus de forma romantizada como a maioria das pessoas, mas ele de fato sabia que algo INTELIGENTE estava por trás de tudo. Prova disso, é a contemplação que ele fez do buraco negro, uma singularidade inimaginável "Deus fez a divisão por zero"... Deus, força ordenadora, dá no mesmo, criação inteligente.

Não, o que Einstein quis dizer é que ele acreditava em Deus num sentido estritamente natural. Einstein era panteísta, não criacionista. Quando questionaram Einstein se ele acreditava em deus, no sentido criacionista, a resposta foi "não".

Talvez a declaração de crença mais clara de Albert Einstein tenha sido um telegrama que ele enviou ao rabino nova-iorquino Herbert Goldstein, da Sinagoga Internacional, em 1929. Goldstein foi um proeminente rabino americano e líder judeu.

O influente rabino instruiu Einstein a responder por meio de um telegrama de 50 palavras à sua pergunta: "Você acredita em Deus?"

Einstein respondeu em 32 palavras: "Creio no Deus de Espinosa, que se revela na harmonia legítima de tudo o que existe, mas não em um Deus que se preocupa com o destino e os feitos da humanidade".


O deus em que Einstein acreditava era o mesmo deus em que Espinosa acreditava: o universo, isto é, a natureza. Para Einstein, deus é o universo e o universo é deus.
Não tem lógica isso aqui. Deus simplesmente enxerga todas as possibilidades, ele criou cada átomo de nossa realidade, não existe cálculo que possa fugir dele.

Eu não sei se você não entendeu o dilema lógico ou se está apenas dissimulando estupidez. Mas vou tentar desenhar pra você dessa vez. Vamos supor um evento: no dia 5 de fevereiro de 2025, um ser humano chamado Garibaldo irá ser atropelado e morrerá.

Se Deus é onisciente: Ele sabe que Garibaldo irá morrer, pois é capaz de prever o futuro.
Se Deus é onipotente: Ele é capaz de alterar o futuro, impedindo que Garibaldo morra.

Aqui jás a contradição:

Se Deus altera o futuro, impedindo que Garibaldo morra, isso significa que a sua primeira previsão estava incorreta, afinal, se ele é onisciente (e sabe de tudo) ele deve ser capaz de prever como a sua própria onipotência iria interferir no futuro.

Se Deus acerta o futuro, Deus é de fato onisciente, já que a sua previsão foi certeira. Apesar disso, ele não é onipotente, caso contrário teria sido capaz de alterar o futuro.
Se você discutir com um estudioso da bíblia, que use uma tradução correta, você com certeza vai ser humilhado. Não é que não existam pontos a serem questionados, mas no mínimo você precisa de MUITO estudo e não apenas pegar recortes do Twitter...

Não, você só precisa pegar dois trechos da Bíblia que se contradizem e não ser analfabeto, apenas isso.

A única coisa que o estudioso da Bíblia pode fazer é distorcer os trechos para eliminar a contradição entre eles. E mesmo assim existem algumas contradições onde isso nem sequer seria possível, pois se tratam de erros bizarramente matemáticos.

Lembro de ter visto um onde, em um livro, mulheres viram o sepulcro de Jesus vazio e avisaram os demais. Já no outro livro, é descrito que as mulheres viram o sepulcro vazio mas não disseram nada pra ninguém. De fato, o estudioso precisa ser muito inteligente pra inventar algum malabarismo pra justificar essa.
:horak:

O máximo que o religioso pode fazer, depois de ter a verdade esfregada na sua cara, é inventar a desculpa de que as incoerências derivam da "tradução incorreta" da Bíblia pelo tempo.

Ou você também pode usar o cérebro e talvez dizer que não há nenhuma evidência geológica de um dilúvio global; que a consciência vem de reações bioquímicas cerebrais, e não de nenhuma "alma"; que o humano não foi criado por Deus, mas sim descende de um ancestral em comum com os macacos, possuindo 98% de semelhança no DNA.

E isso é pouco comparado com a ENXURRADA de erros científicos que existem na Bíblia. Quando você pega e lê, chega a dar vergonha de saber que centenas de milhões de pessoas acreditam nessa palhaçada.

Basta dar um google e pesquisar "Scientific errors in the bible". Também tem um pdf da universidade de Berkeley onde são compiladas 101 contradições internas da Bíblia.

Quando eu vi isso a um tempinho atrás fiquei até espantado.

descriptionAssista Esse Video Você que se Denomina Ateu! - Página 2 EmptyRe: Assista Esse Video Você que se Denomina Ateu!

more_horiz
Exatamente, parabéns. Agora você entendeu o ponto da questão. Então vamos recapitular: você não pode usar "Deus" para explicar o desconhecimento da origem do universo, porque Deus iria requerer da mesma explicação.

Quando você resolve o dilema da causa primária por meio de deus, você apenas muda o objeto a ser explicado, não resolve o dilema. Se antes não conseguíamos explicar a existência do universo, agora simplesmente não conseguimos explicar deus.

Logo o seu argumento é falacioso. Apenas isso.


Claro que já resolvi o dilema, criacionismo sequer é religioso, sua vertente é majoritariamente filosófica. O universo é a criação de Deus, o que você está fazendo é o usar as leis universais (ou a parte do que se sabe delas) para medi-lo e ver se o criador faz sentido. Filosoficamente esse pensamento nem existe, cientificamente, muito menos.

A única coisa que resta a vocês, é terem fé na casualidade. Mas qual o problema da casualidade? Ela se torna ridícula com um cálculo chamado PROBABILIDADE.



A probabilidade torna a teoria da aleatoriedade, impossível na prática, e não adianta dizer isso:


O universo é vasto, detém bilhões de galáxias, cada uma com bilhões de estrelas. A imensidão do universo pressupõe uma imensa gama de condições e possibilidades, o que simplesmente sobe as chances de que, em algum lugar, as condições necessárias pra vida se concretizem.  Enfim, estamos andando em círculos. Eu já discorri sobre o argumento da complexidade várias vezes, você parece simplesmente ignorar o meu argumento e repetir a mesma falácia.


"O universo é vasto..."

Deixa eu te falar uma coisa, existe uma única matéria de medição que pode ser estabelecida como INFINITA, esse cálculo se chama justamente PROBABILIDADE. Pouco importa se o universo é vasto com caralhões de quintilhões de galáxias, os elementos necessários para a formação da vida, são TÃO ESPECÍFICOS, tão ÚNICOS, que mesmo multiplicando o universo pela quantidade de estrelas elevado a quinquagésima potencia, as chance de existir vida em algum planeta desse "multiverso" ainda seria virtualmente NULA.

É realmente hilário ver leigos afirmando que o universo é muito extenso e por isso a probabilidade de algo assim acontecer é alta, é a mesma coisa que alguém te dar dois bilhetes para apostar na mega sena e achar que tem "excelentes possibilidades", isso muito mau comparado, porque a ciência sequer é capaz de mesurar todos os elementos que possibilitam o surgimento da vida como conhecemos. A Tendência lógica, é que quanto maior o avança das descobertas, mais e mais perguntas sejam instauradas.


Isso aqui é apenas negacionismo científico. Eu nem acredito que você está me dizendo uma imbecilidade dessas, e me forçando a ficar pesquisando provas de ancestralidade comum.

Explique, por exemplo atavismos, como baleias nascendo com membros posteriores? Dentes em galinhas? Homologias bizarras como o fato de quase todos os animais possuírem o mesmo gene que codifica a criação ocular? Como morcegos, pássaros, humanos e lagartos tendo estruturas ósseas praticamente idênticas em órgãos diametralmente opostos em função?

Você quer me dizer o macroevolucionismo nunca foi evidenciado? É isso? Toda a literatura científica é pura baboseira?

Pesquisou ali quicksearch do google foi?

Olha o que artigos científicos de verdade, ao tentarem reproduzir minimamente a macro evolução, concluíram:

" Lönnig: 'As mutações não podem transformar uma espécie original [de planta ou animal] em outra totalmente nova. Essa conclusão está de acordo com o conjunto de todas as experiências e resultados sobre mutação realizados no século 20 e também com as leis da probabilidade'"

Fonte:

Mutation Breeding, Evolution, and the Law of Recurrent Variation, pp. 49, 50, 52, 54, 59, 64, e entrevista com Wolf-Ekkehard Lönnig.


Se cientistas altamente qualificados não conseguem produzir novas espécies por induzir e escolher de modo artificial as mutações favoráveis, seria provável que um processo sem inteligência fizesse um trabalho melhor? Se a pesquisa mostra que as mutações não podem transformar uma espécie original em outra totalmente nova, então exatamente como é que a macroevolução teria ocorrido?

Agora vamos ver o que uma pesquisa sobre fósseis primitivos nos diz sobre a variedade biológia:

"
Foram descobertas tantas formas intermediárias entre peixes e anfíbios, entre anfíbios e répteis, entre répteis e mamíferos e nas linhagens dos primatas, que muitas vezes se torna difícil identificar categoricamente quando ocorre a transição entre uma espécie e outra..."
]

Science and Creationism—A View From the National Academy of Sciences, segunda edição, “Evidence Supporting Biological Evolution”, p. 14.

Vamos ver o que Niles Eldredge, um famoso evolucionista admitiu ao analisar fósseis: "pouca ou nenhuma mudança evolucionária se acumulou na maioria das espécies"

The Triumph of Evolution and the Failure of Creationism, de Niles Eldredge, 2000, pp. 49, 85.

Resumindo para você:

O que foi provado até hoje? Os seres vivos conseguem se adaptar ao ambiente. O que Darwin diz? Que toda a vida biológica a fruto de adaptação. Se você não é um pangaré, sabe que existe um abismo entre uma coisa e outra.

Quando uma quantidade massiva de espécies é descoberta, se sabendo que elas SURGIRAM REPENTINAMENTE, já fode completamente TODA a teoria do evolucionismo. Da mesma forma, quando se tem o registro de espécies POR UM LONGO PERÍODO, e se verifica que eles EM PRATICAMENTE NADA MUDARAM, é outro grande tapa na cara da evolução.

Não, o que Einstein quis dizer é que ele acreditava em Deus num sentido estritamente natural. Einstein era panteísta, não criacionista. Quando questionaram Einstein se ele acreditava em deus, no sentido criacionista, a resposta foi "não".

Talvez a declaração de crença mais clara de Albert Einstein tenha sido um telegrama que ele enviou ao rabino nova-iorquino Herbert Goldstein, da Sinagoga Internacional, em 1929. Goldstein foi um proeminente rabino americano e líder judeu.

O influente rabino instruiu Einstein a responder por meio de um telegrama de 50 palavras à sua pergunta: "Você acredita em Deus?"

Einstein respondeu em 32 palavras: "Creio no Deus de Espinosa, que se revela na harmonia legítima de tudo o que existe, mas não em um Deus que se preocupa com o destino e os feitos da humanidade".

O deus em que Einstein acreditava era o mesmo deus em que Espinosa acreditava: o universo, isto é, a natureza. Para Einstein, deus é o universo e o universo é deus.

Sim, e isso é exatamente crer em Deus:

Tente penetrar, com nossos limitados meios, nos segredos da natureza, e descobrirá que por trás de todas as leis e conexões discerníveis, permanece algo sutil, intangível e inexplicável. A veneração por essa força além de qualquer coisa que podemos compreender é a minha religião. Nesse sentido eu sou, de fato, religioso


"Força sutil, intangível e inexplicável"

Essa é a essência de Deus, alguns acham que ele é bom, outros acham que ele é mal, outros acham que ele é apenas uma força. Todos remetem a uma força inexplicável com sabedoria incalculável.

"Deus fez a divisão por zero"  > referindo a complexidade inimaginável do que ele estava presenciando.



Eu não sei se você não entendeu o dilema lógico ou se está apenas dissimulando estupidez. Mas vou tentar desenhar pra você dessa vez. Vamos supor um evento: no dia 5 de fevereiro de 2025, um ser humano chamado Garibaldo irá ser atropelado e morrerá.

Se Deus é onisciente: Ele sabe que Garibaldo irá morrer, pois é capaz de prever o futuro.
Se Deus é onipotente: Ele é capaz de alterar o futuro, impedindo que Garibaldo morra.

Aqui jás a contradição:

Se Deus altera o futuro, impedindo que Garibaldo morra, isso significa que a sua primeira previsão estava incorreta, afinal, se ele é onisciente (e sabe de tudo) ele deve ser capaz de prever como a sua própria onipotência iria interferir no futuro.

Se Deus acerta o futuro, Deus é de fato onisciente, já que a sua previsão foi certeira. Apesar disso, ele não é onipotente, caso contrário teria sido capaz de alterar o futuro.


Onisciência não é previsão, previsão, existe a do tempo, se vai chover ou fazer sol. Onisciência é saber de todas as possibilidades. Deus com sua onisciência salva Garibaldo, ele ainda seria onisciente, porque ele não via apenas o atropelamento, ele era capaz de ver tudo e decidiu qual versão ele iria contemplar, Se estiver insatisfeito, ele pode simples fazer outra escolha.


Não, você só precisa pegar dois trechos da Bíblia que se contradizem e não ser analfabeto, apenas isso.



Me mostre a contradição.


A única coisa que o estudioso da Bíblia pode fazer é distorcer os trechos para eliminar a contradição entre eles. E mesmo assim existem algumas contradições onde isso nem sequer seria possível, pois se tratam de erros bizarramente matemáticos.


Não, interpretação correta de um livro cheio de simbologias. A Bíblia foi escrita por mais de 40 autores, em um período de 2000 anos e todo o conteúdo é coeso. Isso é impossível para humanos.


Lembro de ter visto um onde, em um livro, mulheres viram o sepulcro de Jesus vazio e avisaram os demais. Já no outro livro, é descrito que as mulheres viram o sepulcro vazio mas não disseram nada pra ninguém. De fato, o estudioso precisa ser muito inteligente pra inventar algum malabarismo pra justificar essa.
:horak:

E onde está o erro?
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos