Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais! Entrar

Aborto liberado na Colômbia

+24
Gui
YamiNoKemono
Scarlet
SamuelCosta
Rin
Fūko
Dona Gilda
Paul
Saitama
Comando Delta
Yagito
Nero Sparda
Mr. Causality
Zeno
Deusa Hinata
Hitsudeg
Rhaizen
O Proxeneta
Raiton_
Paçoca do Mato
Thousand Mirrors
ShinobinoKami
BOG
Comando Omega
28 participantes

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Gui escreveu:
Portanto, é irrelevante você me dizer se acha que o aborto é assassinato ou não, porque isso é um argumento baseado na sua moral, que é baseada no seu credo. A questão que eu mais defendo é a democratização do aborto, sendo que: (i) a mulher tem que ter o direito de escolher sobre o próprio corpo; e (ii) as mulheres de baixa renda tem que ter direito ao aborto seguro, assim como acontece para as de alta renda.

Essa é uma das falácias mais ridículas que existem, a do "hur dur isso é a sua moral". Eu não tenho qualquer religião é acredito que o aborto é o maior crime contra a vida humana que existe, já que a vitima é tratada como um objeto ou algo que o valha e não como um ser humano. 

É um argumento evidentemente mentiroso já que há países que não seguem e nunca seguiram qualquer religião que condene o aborto, como o Japão, que proíbem a prática enquanto existem países extremamente católicos que permitem, a exemplo da própria Colômbia e o México, ou mesmo países teístas com religiões que proíbem a prática, como Israel.   

Essa ideia absurda e débil é exatamente a espinha dorsal da narrativa abortista: os bebês, antes de nascer, não são realmente seres vivos, isso na verdade é uma invenção da religião. 

Realmente, eu nasci com 29 semanas, mas os bebês com 29 semanas ou até 39 semanas que podem ser abortados nos EUA não estão vivos, isso é uma invenção dos homens da Idade Média para controlar as mulheres. Você só magicamente se torna ser humano ao ser retirado do útero de sua mãe.

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
"não são realmente seres humanos"-~1740

"não são realmente seres humanos"-~1939

"não são realmente seres humanos"-~2020


vamos ver no que isso vai dar ?

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Pior é que foram os pensadores católicos que inventaram essa, de que antes do nascimento não existe vida, ou "alma" no sentido religioso.

Aqui no fórum tinha um debi, que se dizia cristão e favorável ao aborto, não lembro o Nick...

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
@Victor
Oque tem haver moradores de rua com mulheres gestantes que sofrem complicações ou simplesmente
não querem ter o bebê por problemas psicológicos? Como em casa de estupros, de problemas como a
depressão... O corpo É DA MULHER ela quem decide oque faz, pois se não for aprovado nas leis, continuaram
tendo abortos clandestinos ou abandono de bebês em caçambas de lixo do mesmo jeito.


Foi apenas uma analogia... Eu quis dizer que não importa se você tem complicações ou não, mas isso não muda o fato de que você matou uma vida.

Sim, ela pode decidir oque quiser com seu corpo e vida, o corpo é dela... mais nunca deve decidir sobre a vida dos outros, seja porque esta colado ao corpo dela ou não.
Seria como sua mãe tirar a sua vida porque você esta lhe dando problemas... O resto nem vou responder

Pense, teria amado se sua mãe tivesse te abortado? E responda com sinceridade e não conveniência.
___________________________________________________________________________________

@YamiNoKemono
Pior é que foram os pensadores católicos que inventaram essa, de que antes do nascimento não existe vida, ou "alma" no sentido religioso.


Por isso que SENHOR JESUS falou desses falsos profetas que se infiltraria dentre ovelhas para devora-los.

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
aborto é polêmico,vou abordar isso em minhas obras,futuramente.

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Comando Omega escreveu:
aborto é polêmico,vou abordar isso em minhas obras,futuramente.


Aborto liberado na Colômbia - Página 6 Kkk_2_11

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Deusa Hinata escreveu:
Foi apenas uma analogia... Eu quis dizer que não importa se você tem complicações ou não, mas isso não muda o fato de que você matou uma vida.


Pois então repense nas suas analogias, pois certas coisas nem se comparam a outras para sequer 
serem cogitadas como iguais ou equivalentes.

Em outros tópicos você fez "citações" ou melhor dizendo comparações com feitos ou atitudes humanas
banais que não tem nada haver com o assunto do tópico.

Deusa Hinata escreveu:
Sim, ela pode decidir oque quiser com seu corpo e vida, o corpo é dela... mais nunca deve decidir sobre a vida dos outros, seja porque esta colado ao corpo dela ou não.


SIM ela pode sim.

O dia que você tiver um corpo feminino e todos os problemas que uma gestação pode trazer, só ai você
opina sobre a vida existente no útero de alguma mulher, mas você sendo homem cis que se acha no direito
de opinar sobre as decisões de uma mulher com o corpo dela, você está bem enganado.

O feto está no corpo DA MULHER, a decisão é DA MULHER, não fico feliz com a decisão de abortos, se acha
isso está bem enganado, mas eu sou a favor do livre arbítrio e do poder das decisões do seu próprio corpo,
pois cada um sabe o fardo que carrega, não precisa de nenhum metido a "ai vidas importam porque deus 
disse...", foda-se, o corpo é da pessoa ela faz oque bem entender.

Deusa Hinata escreveu:
Pense, teria amado se sua mãe tivesse te abortado? E responda com sinceridade e não conveniência.


Pra começo de conversa eu nem teria consciência de tal ato, pois geralmente abortos são feitos bem antes do 
último mês da gestação e mesmo que eu fosse abortado, idaí? Talvez eu não precisasse estar perdendo tempo
hoje em dia explicando coisas básicas dos direitos humanos para gente como você.

A questão é, ninguém pediu pra nascer, se o aborto acontece é uma decisão DA MULHER e unicamente dela, pois
quem terá todos os riscos e consequências depois, é ELA, não vai ter ninguém na casa dela ajudando a cuidar 
dos vários traumas que podem ocorrer pós gestação.

Ou seja, eu não teria amado e muito menos odiado, eu simplesmente não existiria e tá tudo bem, não teria 
com oque se preocupar.

Por isso que SENHOR JESUS falou desses falsos profetas que se infiltraria dentre ovelhas para devora-los.


Nossa ter que aturar crente até em fórum de anime é foda, bem que falaram que coisa ruim se alastra fácil...  :math2

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Victor escreveu:
O dia que você tiver um corpo feminino e todos os problemas que uma gestação pode trazer, só ai você
opina sobre a vida existente no útero de alguma mulher, mas você sendo homem cis que se acha no direito
de opinar sobre as decisões de uma mulher com o corpo dela, você está bem enganado.

O feto está no corpo DA MULHER, a decisão é DA MULHER, não fico feliz com a decisão de abortos, se acha
isso está bem enganado, mas eu sou a favor do livre arbítrio e do poder das decisões do seu próprio corpo,
pois cada um sabe o fardo que carrega, não precisa de nenhum metido a "ai vidas importam porque deus
disse...", foda-se, o corpo é da pessoa ela faz oque bem entender.

Aborto liberado na Colômbia - Página 6 39c976dbe883950cab99d88dbafe4867

A mãe pode matar o filho porque ele está dentro dela, temos aqui um gênio da moral. A sua lógica se aplica tão somente em duas condições: de estupro ou de risco na gravidez.

Isso eu considero livre-arbítrio: é a liberdade de não conceber o produto de um crime hediondo contra seu pudor; a liberdade de não conceber vida a um ser e ter chances de morrer no processo.

Não há liberdade em matar um ser porque você foi relapso. Isso não existe, você não pode destruir uma vida em potencial por causa da sua própria irresponsabilidade. O mais hilário é que sua lógica é debiloide por si só: você está falando tanto do livre-arbítrio da mãe, mas e o livre-arbítrio do feto?

Você vai me responder: feto não possui livre-arbítrio. Sim, exatamente, é esse o ponto, você está matando um ser que não tem como escolher entre vida ou morte, em que código ético isso é justo?

A liberdade do feto está em, portanto, nascer e adquirir o seu próprio livre-arbítrio. É isso que os apoiadores debéis do aborto ignoram: a liberdade do potencial humano.

O livre-arbítrio te dá a liberdade de não ter um filho, não a liberdade de ter um e depois matá-lo.

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Rin escreveu:
A mãe pode matar o filho porque ele está dentro dela, temos aqui um gênio da moral. A sua lógica se aplica tão somente em duas condições: de estupro ou de risco na gravidez.


Olha só outro gênio a vista, só perdeu para a sensatez e empatia. Como já disse em outras páginas atrás
o aborto é algo que sempre esteve no nosso cotidiano e sempre será, então se milhares de mulheres já 
abortam clandestinamente ou em casa ou com uso de remédios, qual o problema de fazer dentro das normas
da lei?

Não há liberdade em matar um ser porque você foi relapso. Isso não existe, você não pode destruir uma vida em potencial por causa da sua própria irresponsabilidade. O mais hilário é que sua lógica é debiloide por si só: você está falando tanto do livre-arbítrio da mãe, mas e o livre-arbítrio do feto?


Livre-arbítrio de um feto que ainda nem é um ser pensante, nem mesmo está totalmente formado na grande
maioria dos casos onde o feto nem é totalmente formado.

Você vai me responder: feto não possui livre-arbítrio. Sim, exatamente, é esse o ponto, você está matando um ser que não tem como escolher entre vida ou morte, em que código ético isso é justo?


A partir do momento em que ele está se desenvolvendo em um corpo de uma mulher, quem decide oque fazer
é ela, e unicamente ela. 

Rin escreveu:
O livre-arbítrio te dá a liberdade de não ter um filho, não a liberdade de ter um e depois matá-lo.


Você fala tanto de um livre arbítrio, ou que sou debiloide e tudo mais, mas você ao menos pesquisou sobre o 
assunto para querer se opor a ele? Não adianta vir com o seu falso moralismo e palavras complexas como se
fosse um filósofo famoso e não saber ao menos dos problemas enfrentados por alguém que escolhe abortar.




De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 19 milhões de abortos clandestinos são 
realizados anualmente e esta seria a causa de 13% das mortes femininas.

Não precisa de muita interpretação pra notar que é uma gigante massa de mulheres todo ano fazendo abortos
clandestinos e muitas delas morrendo no processo, sendo taxadas como criminosas e sendo novamente 
ridicularizadas pela sociedade.

Outros problemas que influenciam ao aborto:

1. Porque são as mulheres que enfrentam os desconfortos que acompanham a gravidez e o parto;

2. Porque nem toda gravidez é desejada e planejada;
3. Porque os métodos contraceptivos não são infalíveis;
4. Porque a paternidade responsável ainda não faz parte da cultura brasileira;
5. Porque a criminalização do aborto não reduz a sua incidência;

Isso são uma das poucas coisas ainda, é muito fácil julgar ai de casa sentadinho e sem problemas do tipo 
para enfrentar... Existem mulheres de baixíssima renda por todo o mundo e sabemos que a grande maioria
dos casos elas não tem apoio na maternidade do lado paternal e muito menos financeiro.

Muito fácil julgar, sendo que não é sua vida e seu futuro em jogo, quando métodos contraceptivos não são 
infalíveis como a pílula do dia seguinte, gravidez nem sempre é planejada e pode atrapalhar todo um futuro 
e a saúde de uma mulher.

Você que julga não está na realidade de milhões de mães sozinhas e sem um sustento para dar há um filho, 
pois mal conseguem se sustentar e não tem a ajuda de um pai, mas é muito mais fácil julgar.

Fora que como foi afirmado e é VERÍDICO, o aborto sendo legalizado ou não sempre irá acontecer clandestinamente
e matar milhões de mulheres que tem medo do julgamento e do ódio da sociedade contra elas, então um
ótimo meio de apoiá-las e ter empatia seria aprovando essas leis.

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Victor escreveu:

Outros problemas que influenciam ao aborto:

1. Porque são as mulheres que enfrentam os desconfortos que acompanham a gravidez e o parto;

2. Porque nem toda gravidez é desejada e planejada;
3. Porque os métodos contraceptivos não são infalíveis;
4. Porque a paternidade responsável ainda não faz parte da cultura brasileira;
5. Porque a criminalização do aborto não reduz a sua incidência;




1-tenho desconforto por causa da rinite, vou tirar meus pulmões, não pera...

vários processos que o corpo passa provocam desconforto, além disso inventaram a cesáriana para a mulher.

2- mas aí é irresponsabilidade da indivídua que arriscar, (exceto em caso de estrupo)

3-realmente não, mas as chances estão mais favoráveis a quem usa,ainda mais se for mais do que um de uma vez.

4-concordo, o que tem de mãe solteira não da pra contar no dedo mas não acho que seja culpa do bebê se a mina quis se envolver com um vagabundo.

5- o mesmo argumento não pode ser dito sobre as armas ?

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Comando Delta escreveu:
1-tenho desconforto por causa da rinite, vou tirar meus pulmões, não pera...


Rinite é uma doença inflamatória das mucosas do NARIZ e não do pulmão, mas vamos relevar.

Até porque minha cara, você consegue sobreviver sem o feto, mas sem o pulmão não, então você
se equivocou, não pera...

2- mas aí é irresponsabilidade da indivídua que arriscar, (exceto em caso de estrupo)


Não mesmo.

Grande parte das gravidezes são de forma não prevista, ou seja, métodos contraceptivos falharam,
ou seja a mulher não esperava ou não queria aquela gestação, logo ela não tem que ser obrigada a
mantê-la.

5- o mesmo argumento não pode ser dito sobre as armas ?


Sim pode se dizer que são parecidos.

Mas com armas ou não, haverão criminosos que usaram de outros meios para cometer crimes, porém 
a criminalidade iria diminuir drasticamente.

Por outro lado o aborto não é algo criminoso se está sendo feito para preservar o corpo e vontade de 
uma mulher.

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Victor escreveu:
Comando Delta escreveu:
1-tenho desconforto por causa da rinite, vou tirar meus pulmões, não pera...


Rinite é uma doença inflamatória das mucosas do NARIZ e não do pulmão, mas vamos relevar.

Até porque minha cara, você consegue sobreviver sem o feto, mas sem o pulmão não, então você
se equivocou, não pera...

2- mas aí é irresponsabilidade da indivídua que arriscar, (exceto em caso de estrupo)


Não mesmo.

Grande parte das gravidezes são de forma não prevista, ou seja, métodos contraceptivos falharam,
ou seja a mulher não esperava ou não queria aquela gestação, logo ela não tem que ser obrigada a
mantê-la.

5- o mesmo argumento não pode ser dito sobre as armas ?


Sim pode se dizer que são parecidos.

Mas com armas ou não, haverão criminosos que usaram de outros meios para cometer crimes, porém 
a criminalidade iria diminuir drasticamente.

Por outro lado o aborto não é algo criminoso se está sendo feito para preservar o corpo e vontade de 
uma mulher.



1- tanto faz,só sou uma androide

2- "Grande parte das gravidezes são de forma não prevista"

fontes ?


5-

e tirar uma outra vida não é no mínimo amoral ?

está supostamente (digo isso porque tá cheio de consequências físicas) sendo feito para preservar o corpo e vontade de uma mulher. em detrimento da vida de outra mulher (em metade dos casos)


Aborto liberado na Colômbia - Página 6 9f15d3ea52419f049ff305655bcc6617b40f3122623a6dcf6ff161d3f30c48ad_1

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
@Victor compraram a camisinha com o Perigo pra ela falhar :jerry: :jerry:

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Eu não estou aqui para ter que julgar ninguém.

Mas por empatia eu sei que tenho que estar do lado da mulher pois o corpo
é unicamente e estritamente dela apenas.

Se eu fosse uma mulher e tivesse uma gravidez indesejável de início e quisesse 
abortar, porque diabos eu iria querer uma cambada de homem querendo me dizer 
oque fazer? Se os problemas sociais e com o meu corpo quem vão enfrentar sozinha
seria eu?

É isto.

descriptionAborto liberado na Colômbia - Página 6 EmptyRe: Aborto liberado na Colômbia

more_horiz
Victor escreveu:
Olha só outro gênio a vista, só perdeu para a sensatez e empatia. Como já disse em outras páginas atrás
o aborto é algo que sempre esteve no nosso cotidiano e sempre será, então se milhares de mulheres já
abortam clandestinamente ou em casa ou com uso de remédios, qual o problema de fazer dentro das normas
da lei?

Empatia por quem? Pelo bebê que absolutamente não fez nada? E que argumento absurdo e ilógico, o assassinato, o estupro, o roubo, a tortura, o tráfico, sempre estiveram no nosso cotidiano e sempre estarão, milhões de bandidos devem está cometendo esses atos agora, por que não permitir que eles façam dentro da lei? Hmm... será porque esses atos afetam terceiros, que maioria das vezes são inocentes, será porque ninguém tem o direito de prejudicar a outro ou a si mesmo por simples comodidade, não, não, eu tenho certeza que esses atos foram criminalizados pelo patriarcado.

Livre-arbítrio de um feto que ainda nem é um ser pensante, nem mesmo está totalmente formado na grande
maioria dos casos onde o feto nem é totalmente formado.

Primeiro, isso é mentira, os bebês dentro do útero materno até sonham: https://blog.cordvida.com.br/os-bebes-sonham-na-barriga-da-mae/
Segundo, outro argumento sem nexo, segundo sua lógica genial pessoas com deficiências mentais graves também não tem direito a viver, não tem livre-arbítrio.

O direito de viver é inato a qualquer individuo humano independente de sua condição mental.

A partir do momento em que ele está se desenvolvendo em um corpo de uma mulher, quem decide oque fazer é ela, e unicamente ela.

Meu deus, é um nível de amoralidade tão absurdo que é bizarro imaginar um ser humano escrevendo tais palavras.

Então você admite que o bebê é um ser vivo? Mas a mãe pode matá-lo por que ele depende dela? Então por que a mãe também não pode matar um recém-nascido? Recém-nascidos também necessitam do corpo da mãe para sobreviver e se desenvolver. Então uma mãe pode matar seu filho recém-nascido e não tem nada de amoral nisso?

É melhor você voltar para a lógica imbecil abortista de que a vida só começa quando o bebê sai do útero.  

Você fala tanto de um livre arbítrio, ou que sou debiloide e tudo mais, mas você ao menos pesquisou sobre o assunto para querer se opor a ele? Não adianta vir com o seu falso moralismo e palavras complexas como se fosse um filósofo famoso e não saber ao menos dos problemas enfrentados por alguém que escolhe abortar.

É hilário ver alguém falando em falso moralismo quando defende que uma mãe pode matar seu filho.




1. Porque são as mulheres que enfrentam os desconfortos que acompanham a gravidez e o parto;

2. Porque nem toda gravidez é desejada e planejada;
3. Porque os métodos contraceptivos não são infalíveis;
4. Porque a paternidade responsável ainda não faz parte da cultura brasileira;
5. Porque a criminalização do aborto não reduz a sua incidência;

Isso são uma das poucas coisas ainda, é muito fácil julgar ai de casa sentadinho e sem problemas do tipo
para enfrentar... Existem mulheres de baixíssima renda por todo o mundo e sabemos que a grande maioria
dos casos elas não tem apoio na maternidade do lado paternal e muito menos financeiro.

Muito fácil julgar, sendo que não é sua vida e seu futuro em jogo, quando métodos contraceptivos não são
infalíveis como a pílula do dia seguinte, gravidez nem sempre é planejada e pode atrapalhar todo um futuro
e a saúde de uma mulher.

Você que julga não está na realidade de milhões de mães sozinhas e sem um sustento para dar há um filho,
pois mal conseguem se sustentar e não tem a ajuda de um pai, mas é muito mais fácil julgar.

Fora que como foi afirmado e é VERÍDICO, o aborto sendo legalizado ou não sempre irá acontecer clandestinamente
e matar milhões de mulheres que tem medo do julgamento e do ódio da sociedade contra elas, então um
ótimo meio de apoiá-las e ter empatia seria aprovando essas leis.

A velha argumentação de apelo ao vitimismo abortista, mas como sempre ignorando que a única vitima em um aborto, na imensa maioria das vezes, é apenas o bebê.

Uma gravidez não ocorre por acaso, não é um acontecimento fora do controle dos envolvidos. Tirando os casos de estupro, quando o aborto já é permitido, a mãe tem que escolher fazer sexo para ter um filho, as variáveis que você tenta inventar sobre isso para tentar criar uma absolvição de responsabilidade são ridículas e irrelevantes, é basicamente dizer que se um individuo realiza um ato que tem uma chance pequena de gerar consequências negativas para ele, ele fica isento da responsabilidade sobre esse ato, que piada. 

E é impressionante como você não consegue fugir disso, "ah mas a paternidade...", novamente, não foi a mãe que escolheu seu parceiro? O fato dela ter escolhido conscientemente um parceiro irresponsável para ser o pai do filho devia isentar ela da responsabilidade de ter o filho? Por que? Toda a lógica do seu argumento é baseada nessa lógica vitimista de que alguém pode ser isento da responsabilidade sobre suas próprias ações (sexo) se o resultado delas for negativo (gravidez), independente das consequências que isso vai gerar para um inocente (o bebê). 

O único argumento válido é de que a proibição do aborto não vai impedir que ele aconteça, mas a legalização dele vai aumentar o número de assassinato de bebês, tanto é que tem países que legalizaram o aborto como forma de controle de natalidade, e a saída que a sociedade devia encontrar para isso é reduzir o número de abortos investindo nas mães, não legalizá-lo.
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos