Fórum NS - Discussões incríveis sobre animes e mangás!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões incríveis sobre animes e mangás!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões incríveis sobre animes e mangás!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS - Discussões incríveis sobre animes e mangás! Entrar

Sasori não se entregou à morte.

+2
Yellow_Lantern
Joe Heartfilia
6 participantes

descriptionSasori não se entregou à morte. - Página 2 EmptyRe: Sasori não se entregou à morte.

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
@"Joe Heartfillia" escreveu: 
Arrogância/subestimar o outro é uma coisa simples de se mostrar. O Kishimoto costuma mostrar de forma clara quando os personagens fazem isso, e o Sasori apareceu fazendo isso de modo explícito quando o fez, por que na retratação final o autor preferiu não deixar isso evidente? O fato de o autor preferir deixar "no ar" o motivo da hesitação dele, ao meu ver, aponta para algo mais complexo.


Tipo como Sasori estava mostrando em toda luta e sequer apresentou nenhuma  vez esse "sentimento complexo" a qual você se refere? 

@"Joe Heartfillia" escreveu:
Se fosse meramente arrogância por que as marionetes que lhe deram o golpe final foram "papai e mamãe"? Por que o Kishimoto trouxe essas duas marionetes que já haviam sido anuladas pelo Setetsu no começo da batalha para dar o golpe final nele ao invés de Chiyo ter apenas colocado fios de chakra em alguma marionete que fazia parte das 100 utilizadas pelo do próprio Sasori já derrotada no campo de batalha ou apenas em alguma arma que estava largada no chão e o perfurado?


Porque:
"Que tolice, essa velha usando marionetes tão simplórias para me atacar quando tem a coleção de Chikamatsu a seu favor, duvido que essas marionetes me acertem a tempo..."

Você realmente não acredita na possibilidade de que Sasori não poderia ter esse tipo de pensamento (em um final aberto) quando eu já lhe trouxe evidências para isso:

1) Sasori subestimando Pai e Mãe desde o início do combate.
2) Sasori demonstrando zero reação perante tais marionetes (reação de abalo emocional).
3) Sentimento de tristeza pela dor da perda/luto mais presente na Chiyo do que no Sasori. 

Repito: Sasori passou a esboçar reações a partir do momento que Chiyo falou que poderia trazer marionetes de volta a vida, é nesse momento que pareceu com que momentaneamente um sentimento de saudosismo familiar misturado com admiração pela avó brotassem no marionetista (embora ele continuasse com a arrogância para com a anciã). Foi a partir daí que flashbacks começaram a surgir para o Sasori...Agora me diga Joe, antes disso, quando Sasori demonstrou algum resquício desse sentimento? Quando o marionetista até então estava completamente convicto desde sua infância de que dois pedaços de madeira não seriam seus pais e que não os teria de volta. Foi assim que Sasori deixou de ser uma pessoa com emoções "boas" para se tornar um personagem totalmente soberbo, a ponto de transformar seres humanos em marionetes e sobrepujar um país com seu poder.

Você não respondeu: Sentimentos humanos restringem-se apenas a dor pela perda? Arrogância também não é um sentimento humano?
@"Joe Heartfillia" escreveu: No arco do Zabuza, Kishimoto mostrou que mesmo um homem que tratava vidas humanas como ferramntas e que não tinha mais humanidade pode dar vazão aos sentimentos. Isso de uma pessoa ser incapaz de suprimir toalmente seus sentimentos e se tornar uma ferramenta é algo abordado no primeiro arco sério da saga. 

Sim, logo após discurso no jutsu do Naruto Zabuza deixou seus sentimentos vazarem, pois mesmo após a morte do Yuki o demônio do gás oculto manteve o combate com Kakashi como se a morte de seu pupilo não passasse daquilo que ele foi treinado para ser: Uma máquina de combate. Foi preciso Naruto colocar o dedo na ferida para fazer brotar algum tipo de sentimento além da indiferença no espadachim, assim como foi preciso Chiyo colocar o dedo na ferida com o motivo da  criação da técnica de ressurreição de marionetes para seu neto. 

@"Joe Heartfillia" escreveu: E nada disso anula ele não ter ficado mexido quando a Chiyo utilizou "papai e mamãe" contra o terceiro Kazekage, visto que não houve uma cena em que suas primeiras marionetes foram lhe abraçar nesse momento.  Ele não precisa ter se convertido e mudado para ter tido esse momento de humanidade momentânea. 


Como não? Você mesmo concordou que utilizar elementos que tem um peso sentimental para o adversário, principalmente elementos ligados ao passado familiar/pessoal desse oponente para desestabilizá-lo emocionalmente é uma estratégia viável de combate...E eu concordo, a ideia do fato de se manifestar esses elementos na batalha, dependendo do personagem, irá fazer com que ele fique abalado:

Sasori não se entregou à morte. - Página 2 Hashir10

Porém, você não pode discordar que cabe exclusivamente ao adversário se ele vai ter resistência psicológica a essa estratégia ou não...E as ações que o personagem tomam perante essa estratégia é que determinam se ele foi afetado ou não.
Então eu te pergunto: Com base em que você afirma que de uma hora para outra, perante duas marionetes que foi nos mostrado não ter relevância nenhuma ao Sasori desde sua infância, mesmo Sasori mostrando total descaso com o abraço fake através de sua apatia...Iriam ter relevância agora num Sasori muito mais frio que não se abalou nem mesmo com a manifestação delas no campo de combate (independente de estarem lutando diretamente com ele ou não, até porque como mencionei, Sasori já estava ciente de que aquelas marionetes nunca substituiriam seus pais, nem mesmo o abraço dos mesmos)?

@"Joe Heartfillia" escreveu: Tampouco faz sentido comparar o momento de hesitação do Sasori com essas cenas de Deidara e Kabuto: estes achavam que haviam matado ou imobilizado seus oponentes, então ficaram com a guarda baixa, não foi o caso do Sasori. Sasori estava indo dar o golpe final em sua avó e percebeu que ela armou um contra-ataque, ele poderia ter reagido e evitado o ataque ou acabado com ela antes, mas ele hesitou "por algum motivo". Alguma coisa naquele momento final o fez ter um momento de hesitação e, nesse contexto, não cabe baixar a guarda por achar que o oponente estava morto/incapaz de ficar de pé.


Não...Kabuto estava dando uma aula de anatomia para Tsunade e também percebeu o ataque de sua rival, sua prepotência em querer dar uma lição na Senju levou a ter seu sistema nervoso desligado.
Deidara estava tão preocupado em provar que sua arte era digna de matar um Uchiha que perdeu totalmente o foco do combate, tornando-se confiando demais em sua arte para matar o Sasuke. 

Ambos os personagens foram pegos por suas guardas baixas devido suas respectivas soberbas perante os adversários e confiança em suas habilidades exclusivas...Vai negar que isso aconteceu diversas vezes com o Sasori também? Preciso lhe lembrar da cena onde o marionetista confiante demais na sua fórmula de seu veneno, acabou perdendo sua marionete favorita?

descriptionSasori não se entregou à morte. - Página 2 EmptyRe: Sasori não se entregou à morte.

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
@Yellow_Lantern
- Eu considero a arrogância do Sasori durante o embate bem mediana. Desde o começo, apesar de proferir sentenças menosprezando as adversárias, como "não acredito que tô demorando esse tanto para derrotar uma velha e uma garotinha", ele as elogia seja por pensamento ou explicitamente. Quando a Chiyo dá suporte para a Sakura e elas conseguem quebrar o Hiruko, o Sasori elogia "Eu não poderia esperar menos da minha própria vó" (capítulo 266), "muita força para uma garotinha" (cap. 270), "Essa garota me lê por completo,  nesse ritmo poderíamos ficar aqui para sempre, vou ter que gastar mais chakra..." (270), "Eu admito, ela é uma garota e tanto!" (271), etc. Ou seja, desde o início ele reconhecia quando elas faziam algo digno de ser notável e, ao decorrer da luta, ele foi mostrando respeito por suas adversárias. Por isso o argumento de arrogância não cola.

- Não faz sentido o Sasori menosprezar as marionetes "papai e mamãe" quando essas marionetes conseguiram se defender à curta a distância contra o terceiro Kazekage. Sasori resolveu utilizar o Setetsu para anulá-las e ele mesmo apareceu pensando "Isso tá se tornando um incômodo, é melhor eu acelerar as coisas"(
Fonte :
)Sasori não se entregou à morte. - Página 2 0268-007
).
 Se as marionetes fossem muito fracas, ele teria as subjugado facilmente. Além disso, o Sasori (seu corpo real) não mostrou destreza no combate a curta distância, então como ele subestimaria "papai e mamãe", que estavam armados, vindo em sua direção?


Como eu disse, a arrogância não explica o Kishimoto espelhar o golpe final que ele recebeu com a cena do flashback dele fazendo "os pais" lhe abraçarem, não explica a escolha de "papai e mamãe" como as marionetes que deram o golpe final, não explica a repentina hesitação. Se você mesmo tá dizendo que ele esboçou alguma reação quando a Chiyo comentou do jutsu de dar vida a uma marionete, é porque o sentimento da falta dos pais ainda habita em algum lugar no âmago dele.

Respondendo: Soberba e arrogância são sentimentos humanos, mas, em Naruto, a desumanização é caracterizada pela falta de compaixão com a vida alheia e pela falta de estabelecer laços de verdade. Zabuza também tinha sentimento de arrogância, Zabuza também ficava com raiva e quis dar o troco no Kakashi pelo que sofreu na primeira luta e, mesmo assim, Zabuza era retratada como uma pessoa fria, desumanizada, justamente porque ele via a vida do outro como uma ferramenta, não criava afetos de verdade.  É por isso que a metáfora do Sasori ser um ser humano incapaz de virar uma marionete completa, ou seja, o Sasori ser incapaz de ser totalmente sem sentimentos só se torna concreta, em Naruto,se esses sentimentos se referem a laço, a afeto, a amor; no contexto: a saudade dos pais.

- Naruto não criou o sentimento do Zabuza pelo Haku. Se um discurso o tocou a ponto dele chorar, é porque esses sentimentos existiam, ele só não dava vazão e evitava que eles emergissem. Sasori pode ter se tornado frio e percebido que as marionetes jamais seriam seus pais de verdade, mas em algum lugar dele, ainda existia algo daquela criança que queria receber abraço dos pais e vê-los de novo.  Isso responde sua pergunta sobre como "de uma hora para outra" "papai e mãe" tiveram relevância.




Kabuto tinha acabado de aplicar um golpe na Tsunade que ele considerava que a deixaria incapaz de mover. Ele tá falando ''Mas agora você não pode se mov..." (
Fonte :
Sasori não se entregou à morte. - Página 2 0164-012
) quando é atingido. É perfeitamente normal que os ninjas, em um combate, baixem a guarda quando acham que mataram ou imobilizaram seus oponentes. Chiyo, que não é arrogante, não deixaria a guarda tão aberta no final do embate (mesmo estando envenenada) se não tivesse acreditado que o Sasori havia sido selado e derrotado. Sasuke ficou com a guarda totalmente aberta por ter achado que o Bee não escaparia de seu genjutsu e tomou um Lariat na fuça. Madara ficou com aguarda aberta quando perfurou a Tsunade com o Susanoo e ela se fingiu de derrotada, mas ele conseguiu reagir a tempo. 99% dos personagens do mangá baixam a guarda quando julgam que ministraram um ataque ''impossível'' do oponente escapar ou que o imobilizou.  Ratifico: esses momentos do Deidara e do Kabuto não se assemelham à ação final do Sasori.



Acho que vamos ter que concordar em discordar então, visto que não vou estender este assunto muito mais e mesmo com todos os seus argumentos você não me convenceu de que é arrogância a responsável pela derrota do Sasori nem que ser a arrogância encaixa na escolha das marionetes e na montagem final de sua morte ou justifique uma hesitação repentina.

descriptionSasori não se entregou à morte. - Página 2 EmptyRe: Sasori não se entregou à morte.

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
Sim, ficar bancando o Metaforando de personagem é bem chato...Pelo menos concordamos que é mérito da Chiyo sim aproveitar da "fraqueza" momentânea do Sasori em dar o ataque final.

descriptionSasori não se entregou à morte. - Página 2 EmptyRe: Sasori não se entregou à morte.

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
Não li os comentários entao vou dizer apenas o que eu acho do sasori em si

Eu tambem nao acho que ele se entregou ou quis morrer

Para mim o sasori, assim como o zabuza, sai e butsuma são 4 personagens que servem ao mesmo proposito na obra: mostrar que ninjas nao sao ferramentas

Muitas vezes na obra é tido que ninjas sao ferramentas, nao devem ter sentimentos, nao devem demonstrar sentimentos e etc... sabe aquela regra lá do tobirama kid entao...


Sasori queria ser uma maquina, queria ser uma ferramenta mas ele era humano, ele no fundo tinha sentimentos e por isso ele hesitou e neste momento foi assassinado por quem nao hesitou

Zabuza vivo hesitou e nao conseguia cortar o kakashi enquanto carregava o corpo do haku
Zabuza revivido nao hesitou e conseguiu cortar o kakashi e nisso cortou tambem o corpo do haku ao meio


Butsuma apesar de durao, se ele visse seu filho tobirama ser assassinado ele hesitaria ?


Sai criado para nao ter sentimentos, porque queria desenhar a si mesmo junto de seu irmao juntos e sorrindo...


Sasori tentou tirar de si mesmo a humanidade mas nao conseguiu, ele conseguia tirar a carne, os ossos, mas, talvez nao o coraçao....

Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos