Fórum NS Animes
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta, não é necessário confirmar e-mail! ^^

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!
Informações sobre eventos próximos
OnePieceVERSUS
NarutoVERSUS - Temp VI
Death Note Game
Em breve estarão no ar!
Os membros mais ativos do mês
324 Mensagens - 25%
171 Mensagens - 13%
138 Mensagens - 11%
129 Mensagens - 10%
101 Mensagens - 8%
101 Mensagens - 8%
91 Mensagens - 7%
78 Mensagens - 6%
76 Mensagens - 6%
74 Mensagens - 6%
Os membros mais ativos da semana
121 Mensagens - 23%
53 Mensagens - 10%
52 Mensagens - 10%
50 Mensagens - 10%
49 Mensagens - 9%
44 Mensagens - 8%
42 Mensagens - 8%
40 Mensagens - 8%
38 Mensagens - 7%
36 Mensagens - 7%
Compartilhe
Ir em baixo
Gaius
Gaius
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde22/08/2017
Postagens3109
Fama128
+3000 mensagens
+3000 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 17/5/2020, 18:25
Eu sinto que sou um dos poucos que gostava da Karifura. Fico feliz que tenham mais pessoas assim. Era uma personagem decente, bem superior ao Kyabe (em qualquer sentido) chorão e gado do Vegeta. É nítido que tentas passar uma imagem como o que deveria ser: a de que o Super Saiyajin é uma puta evolução de poder. Cinquenta vezes a base. Goku que era putinha do Freeza subjugou totalmente após se transformar. O mesmo vale pro SSJ2. Infelizmente DBS deixou totalmente as transformações base de lado, inventando qualquer powerscalling qualquer. Gosto também da forma como descreve as batalhas, bem como o aproveitamento de personagens secundários (ou mesmo inúteis à obra original) pouco aproveitados pela dinâmica do torneio. Sem dúvidas os universos mais importantes são 6,7 e 11. A toei ao invés de trabalhar com eles, deixou uma impressão ruim de vários guerreiros de lá e, pra foder mais ainda, com os caras dos outros universos. O mangá eu nem falo, cagaram até no Hitto.
Gosto que tu geralmente gostas dos mesmos personagens que eu kkkk.
Sucesso, mano.

________________________________________________                                

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Tenor
Comando Omega
Comando Omega
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 OYaqmtf
Membro desde25/06/2019
Postagens3269
Fama42
+3000 mensagens
+3000 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 17/5/2020, 20:21
Quando terminar a do torneio do poder,vai fazer de outra saga ?

________________________________________________                                

Convidado vê se você me escuta,não é pecado sair de uma discussão com um fanboy ao contrário é uma boa ação,pense existem fanboys que não são convencidos com argumentos e scans,você só precisa soltar a fúria que está em você, Convidado proteja os seres vivos e os users deste forum,que eu tanto amei,conto com você.

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Ddfje2p-a5b96894-49cb-4e78-8ca5-c3b118b70e35.png?token=eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9.eyJzdWIiOiJ1cm46YXBwOjdlMGQxODg5ODIyNjQzNzNhNWYwZDQxNWVhMGQyNmUwIiwiaXNzIjoidXJuOmFwcDo3ZTBkMTg4OTgyMjY0MzczYTVmMGQ0MTVlYTBkMjZlMCIsIm9iaiI6W1t7InBhdGgiOiJcL2ZcLzg0ZGMxM2I3LWEyZTctNGI0NS04M2VjLTMxMWU3MmU4MjkwMFwvZGRmamUycC1hNWI5Njg5NC00OWNiLTRlNzgtOGNhNS1jM2IxMThiNzBlMzUucG5nIn1dXSwiYXVkIjpbInVybjpzZXJ2aWNlOmZpbGUuZG93bmxvYWQiXX0
Fëanor
Fëanor
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde01/12/2018
Postagens409
Fama25
+250 mensagens
+250 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 18/5/2020, 00:38
Valeu, @Gaius

Caulifla é uma personagem legal, não diria que sou fã, mas acho ela interessante. Eu deveria ter pontuado na sinopse, mas os saiyajins aqui possuem o SSJ desde a época do torneio entre Beerus e Champa. A ideia de ter sido muito rushado nesse sentido, apesar deles partirem de uma evolução divergente dos saiyajins do universo sete, não me foi muito tragável. Então aqui eles já têm uma experiência boa com as transformações.

@Comando Omega

Cara, eu não sei. Dentro de Dragon Ball, se eu fosse fazer mais uma releitura seria na saga Black, que tem alguns pontos que não me agradam. Mas não posso prometer nada...

Quanto ao próximo capítulo, logo ele sai, não desisti não, só não tive tempo ainda pra escrevê-lo. :lol:

Obrigado pelo apoio, pessoal.
Comando Omega
Comando Omega
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 OYaqmtf
Membro desde25/06/2019
Postagens3269
Fama42
+3000 mensagens
+3000 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 18/5/2020, 01:04
Krueger escreveu:Valeu, @Gaius

Caulifla é uma personagem legal, não diria que sou fã, mas acho ela interessante. Eu deveria ter pontuado na sinopse, mas os saiyajins aqui possuem o SSJ desde a época do torneio entre Beerus e Champa. A ideia de ter sido muito rushado nesse sentido, apesar deles partirem de uma evolução divergente dos saiyajins do universo sete, não me foi muito tragável. Então aqui eles já têm uma experiência boa com as transformações.

@Comando Omega

Cara, eu não sei. Dentro de Dragon Ball, se eu fosse fazer mais uma releitura seria na saga Black, que tem alguns pontos que não me agradam. Mas não posso prometer nada...

Quanto ao próximo capítulo, logo ele sai, não desisti não, só não tive tempo ainda pra escrevê-lo. :lol:

Obrigado pelo apoio, pessoal.

Entendo,eu também tô meio sem tempo pra escrever e criar as artes de alguns personagens.

________________________________________________                                

Convidado vê se você me escuta,não é pecado sair de uma discussão com um fanboy ao contrário é uma boa ação,pense existem fanboys que não são convencidos com argumentos e scans,você só precisa soltar a fúria que está em você, Convidado proteja os seres vivos e os users deste forum,que eu tanto amei,conto com você.

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Ddfje2p-a5b96894-49cb-4e78-8ca5-c3b118b70e35.png?token=eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9.eyJzdWIiOiJ1cm46YXBwOjdlMGQxODg5ODIyNjQzNzNhNWYwZDQxNWVhMGQyNmUwIiwiaXNzIjoidXJuOmFwcDo3ZTBkMTg4OTgyMjY0MzczYTVmMGQ0MTVlYTBkMjZlMCIsIm9iaiI6W1t7InBhdGgiOiJcL2ZcLzg0ZGMxM2I3LWEyZTctNGI0NS04M2VjLTMxMWU3MmU4MjkwMFwvZGRmamUycC1hNWI5Njg5NC00OWNiLTRlNzgtOGNhNS1jM2IxMThiNzBlMzUucG5nIn1dXSwiYXVkIjpbInVybjpzZXJ2aWNlOmZpbGUuZG93bmxvYWQiXX0
Fëanor
Fëanor
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde01/12/2018
Postagens409
Fama25
+250 mensagens
+250 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 02:35
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 TallWhimsicalBighornsheep-size_restricted
Capítulo XI.

Frost caminhava sem um objetivo secundário em mente, sua atenção residia apenas em explorar as fraquezas de seus antagonistas - de preferência, porém, em estado decrépito - para apenas empurrá-los para fora ou brincar com suas vítimas para preencher o seu sadismo que, por tanto tempo, fora ocultado pela sua máscara de bondade (essa máscara de vidro, no entanto, se encontrava nas profundezas da inexistência). A cada passo dado, o som característico de seu andar anunciava sua presença.

Canalha... Agindo pelas sombras, não é? Esse é seu estilo? Por que não me enfrenta no mano a mano?! – O seu traje, de fato, era um tanto exótico.

Hmpf. E quem seria você? – Questionou Frost, demonstrando desprezo.

Eu sou Katopesla! Sou um patrulheiro da justiça, zelador do bem, protetor dos habitantes do Universo Três e erradicador do mal! – Ostentando um grande "U" em seu peito, a voz transmitida pelo policial do terceiro universo era de confiança e orgulho.

... – A incredulidade que permeava a mente de Frost não se transmitiu em expressões faciais.

Aqui vou eu! Prepare-se! – Flexionando seus joelhos, Katopesla desapareceu de vista.

Sem entender do que se tratava, os olhos de Frost congelaram por um momento, a surpresa desenhada em seu rosto. O símbolo estampado no peito do policial não era apenas para enfeite, mas se tratava de uma fase diferente das anteriores. Nesse estado, Katopesla aumentava seu poder de ataque em trezentos vezes junto de sua velocidade, tal qual seguia a mesma multiplicação. Antes de perceber, um punho era dirigido contra a lateral de seu rosto, todavia, no mais alto reflexo, Frost ergueu seu braço esquerdo flexionado,  protegendo seu rosto com seu ombro. Com o choque exercido pelo ataque físico do guerreiro do universo três, Frost deslizou alguns metros, levantando uma pequena fumaça de seus pés somado com o atrito na derrapagem. Com a moral atingida, o participante do sexto universo ergueu seu dedo indicador, disparando alguns raios de luz deste - todos, porém, desviados por Katopesla, cujo se transformara num espectro roxo aos olhos de seu oponente.

Desviando e estudando os movimentos aleatórios de Frost, o patrulheiro, desta vez, encontrara uma brecha e antecipara com seu braço posicionado lateralmente, mirando o cotovelo contra o rosto de seu adversário, jogando-o metros adiante. Confiante de sua força, ele encarava o malfeitor do universo do Deus da Destruição Champa, o reflexo do corpo jazido de Frost refletido em seu capacete.

Parece que se tratando de um combate franco você não é lá essas coisas. Por acaso estaria se contendo ou não é capaz de acompanhar meu ritmo? – Questinou Katopesla.

Grrrr... Desgraçado. – Sussurrou Frost após expressar seu descontentamento.

Não temos tempo a perder, irei te jogar para fora em nome do senhor Mosco e do Universo Três.

Dessa forma o patrulheiro novamente aprontou-se em executar seu plano, desaparecendo da vista de Frost. Cegado por sua raiva, Frost decidiu analisar e fechou seus olhos, apoiando sua palma direita na arena junto de seu joelho esquerdo. Focou nas proximidades para que o solo da arena respondesse a aproximação de seu antagonista. Quando a arena lhe respondeu, a sua concentração desapareceu quando ele exerceu uma enorme força física através de seu braço direito, causando uma cratera até sete metros adiante. Aproveitando-se da fumaça erguida, tratou de colocar seus planos em prática.

Tendo a sua visão obstruída, Katopesla elevou seu ki, causando uma pequena pressão que foi capaz de limpar toda a fumaça do cenário, abrindo as cortinas para o ator principal que, claro, não era o patrulheiro, mas sim Frost. Cansado de tantas prorrogações, Katopesla concentrou o máximo de energia em seus dois braços, até que seu pulso fosse tingido por uma coloração brilhante. Ajeitou seu corpo de forma lateral.

Não permitirei que seu mal se alastre nenhum segundo a mais nessa arena. Prepare-se para meu ataque secreto. – Esticou seu braço esquerdo, com o polegar e indicador assinalados. – KATOPESLA: THE FINAL MISSION...

Nesse momento um simbolo que precedia o verdadeiro ataque era nascido. Circular em aparência, ele girou, porém, antes de finalizar o ataque, duas grandes rochas nas proximidades, escombros de combates anteriores, ganharam vidas e vieram das direções leste e oeste, envolvidas por uma coloração roxa, esmagando Katopesla que não fora capaz de realizar seu ataque. Frustrado, a última visão que obteve após desvencilhar-se do material sólido com sua grande força foi de Frost disparando uma esfera de ki contra o solo, dessa vez um pouco no limite que marcava o fim da cratera. Pensando que não teria como superar a sua velocidade em tão curta distância, o patrulheiro atirou-se em alta velocidade ao norte, visando a cabeça de seu adversário.

Entretanto, quando estava atravessando a cortina de poeira, a sua parte frontal era colidida com uma armadilha de ki - uma rede. Tomado por sua decisão, aquilo o cegara para as ardilosidades de Frost. Recebendo uma alta descarga elétrica da rede de energia, ele tombou com um joelho ao solo e um de seus punhos apoiados ali também.

Ora, ora, ora... – A voz de Frost só não era mais incômoda que a de seus passos. – O que houve com todo aquele papo, patrulheiro da justiça? – Riu.

Com o seu dedo indicador apontado, ele mirou diversas vezes os ombros, braços, pulso, abdômen e suas coxas. Por fim, para finalizar com chave de ouro, dessa vez com uma energia maior concentrada, ele arrancou o capacete de Katopesla, exibindo o seu rosto azulado e suas madeixas douradas. Apesar da dor, Katopesla respondia o olhar sádico de Frost com muita raiva, apesar de ora ou outro cuspir uma quantia considerável de sangue.

Se pensa que esse é o fim... – O patrulheiro foi se levantando com esforço. – Está redondamente enganado. Mostrarei o verdadeiro poder de Katopesla...!

Reunindo todas as forças possíveis, ele correu velozmente até Frost, cujo não estava nada distante. Seu punho coberto de justiça mirava o corpo de seu antagonista, mas antes de conectar, seu corpo era envolvido por uma coloração roxa, paralisando seu movimento. Telecinese. Seu corpo era, além de contido, era erguido quatro metros a mais.

Você não é nada educado, não é mesmo? – Frost debochou. – Berrando, berrando e berrando. Tenha modos. – Continuou. Agora, queira me dar licença, não tenho tempo a perder com lixos da sua espécie. Sua presença me é muito repugnante. – O deboche dava lugar à raiva. – Suma da minha frente!

Com sua mão conduzindo como se fosse um titeriteiro, ele exerceu uma enorme pressão com sua refinada telecinese, jogando Katopesla pra fora da arena. Seu rosto, com um corte graças ao ataque físico de outrora, era limpado pelo seu dedo médio.

Trunks!!!! Cadê você? – Uma voz jovem cortava o ar.

Estou aqui! – Uma outra voz jovem respondia, arfando. –  E aí, Goten. Nossa, que coisa toda foi essa? Achei que tivesse te perdido de vista pra sempre. – Gargalhou. – Vem, vamos lá.

Em meio a gargalhadas, ambas figuras começaram a se mover. Reconhecendo as vozes, Frost desenhou um sorriso no canto de sua boca e sumiu com as sombras, com dois novos velhos alvos marcados em sua lista de presa.



Capítulo não tão denso em conteúdo, mas a intenção foi só reativar a história. Essa semana deve sair mais um.
Dragão Maranhense
Dragão Maranhense
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde26/03/2020
Postagens21
Fama3
+20 mensagens
+20 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 03:35
Amanhã eu comento algo, não cheguei a ler ainda.
Por hora: quer dizer que o Krueger é na verdade o Feanor fanboy do Aiolia?
Se manifeste @Fëanor

________________________________________________                                

SIO
Fëanor
Fëanor
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde01/12/2018
Postagens409
Fama25
+250 mensagens
+250 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 04:03
:lol:

Não gosto de Dourado que tem como única função dar socos, prefiro aqueles que esmigalham estrelas e carregam a alcunha de Deus. #PAS
Dragão Maranhense
Dragão Maranhense
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde26/03/2020
Postagens21
Fama3
+20 mensagens
+20 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 04:11
Se for quem eu penso, a descrição não está batendo com a foto que conheço, rs

Amanhã (hoje) pela noite leio e entrego a tabela.

Sio

________________________________________________                                

SIO
Gaius
Gaius
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde22/08/2017
Postagens3109
Fama128
+3000 mensagens
+3000 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 18:14
@Dragão Maranhense escreveu:Se for quem eu penso, a descrição não está batendo com a foto que conheço, rs

Amanhã (hoje) pela noite leio e entrego a tabela.

Sio

Pior que tenho o mesmo pressentimento, jovem dragão. Esse capítulo curto e simples é bom pra dar uma quebrada no clima sem posts mas sem exagerar muito nos textos.

Será se vem aí mais um capítulo dos filhos dos protagonistas do U7?

________________________________________________                                

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Tenor
Anonymous
Convidado
Convidado

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 18:24
@Dragão Maranhense escreveu:Amanhã eu comento algo, não cheguei a ler ainda.
Por hora: quer dizer que o Krueger é na verdade o Feanor fanboy do Aiolia?
Se manifeste @Fëanor

Veja só, alguém se lembra daquele fanboyzinho nojento do Feanor.

Não entendi porque o Krueger mudou seu nome para Feanor....Você não é o Samsara?
Dragão Maranhense
Dragão Maranhense
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde26/03/2020
Postagens21
Fama3
+20 mensagens
+20 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 18:42
FROST QUE NADA, UM CAPÍTULO VOLTADO PARA O KATOPESLA.
Boa, meu amigo Feanor.

O herói incompreendido, porém extremamente corajoso, tendo finalmente o momento de glória mais que necessário.
Aqui, dessa vez, com menos feitos de hombridade. Maldito Feanor que quis manchar a imaculada imagem do símbolo de coragem e resiliência.

"Seu rosto, com um corte graças ao ataque físico de outrora, era limpado pelo seu dedo médio." Entendi como uma dedada, meu amigo. Bem ao estilo dbz-cenas-censuradas-para-o-ocidente. Esperava que no momento em que tivesse o erguido faria algo como Pain x Hinata, jogando no chão inúmeras vezes, como marco da crueldade.

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Tabela17

Muito bom trabalho

Sio

________________________________________________                                

SIO
Fëanor
Fëanor
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde01/12/2018
Postagens409
Fama25
+250 mensagens
+250 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 26/5/2020, 21:58
Café escreveu:Veja só, alguém se lembra daquele fanboyzinho nojento do Feanor.

Não entendi porque o Krueger mudou seu nome para Feanor....Você não é o Samsara?

Sou sim. Apenas uma coincidência, nem do Aiolia canônico eu sou fã.

Fëanor é por conta do Tolkien. O elfo é meu personagem preferido ao lado de Turambar.

@Dragão Maranhense

Que isso, jovem. :lol:

Eu não tinha pensado nesse lance da Hinata e Pain, seria legal. Porém, no fim das contas, houve uma tortura mental e física com os beams alá Freeza.

Valeu!

@Gaius

Próximo capítulo não pretendo focar no U7, não - alerta de spoiler.
Fëanor
Fëanor
Conquistas :
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 O22GAla
Membro desde01/12/2018
Postagens409
Fama25
+250 mensagens
+250 mensagens

[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 Empty Re: [Releitura] – Tournament of Power

em 1/6/2020, 01:35
[Releitura] – Tournament of Power - Página 5 A3f24ea917432c81db2367538aefad56
Capítulo XII.

Cada vez mais os minutos se tornavam escassos e nenhum universo havia sido apagado por Zeno'o, a mais alta divindade de todo o multiverso. Kale encontrava-se sozinha, seu olhar um pouco preocupado, analisando as direções norte, leste e oeste. Em dado momento, uma assinatura de ki muito conhecida de sua parte, o traço de Caulifla, havia se expandido com enorme fervor e de forma breve, atraindo a atenção de Kale que, sem hesitar, tratou de apertar o passo - o seu objetivo era reencontrar Caulifla o mais rápido possível, e se Cabba, seu parceiro de time e raça estivesse junto de sua mestra, que assim fosse (menos ruim seria).

A sua guarda está baixa! – Como um meteoro cruzando a estratosfera de um planeta, uma figura rubra e negra descia na direção da saiyajin, o cotovelo dobrado mirando o lado do antebraço direito contra sua cabeça.

Com seu reflexo apurado, Kale flexionou seus dois joelhos e saltou na direção oposta de onde estava indo, fazendo com que o contato ocorresse contra o solo da arena do Torneio do Poder.

Quem é você?! – Houve uma mistura de acanhamento com raiva em sua voz.

Eu sou Kettle, membro dos Pride Trooper. Receio dizer que seu tempo aqui se esgotou. – Vociferou apontando seu dedo indicador até sua adversária.

Não posso perder tempo aqui... – Seu olhar era direcionado atrás de Kettle. – Irmã... – A sua assinatura de ki cresceu mais do que nunca, todavia, desapareceu.

Você não aprende, não é mesmo?

A voz de Kettle surgiu junto com a sua silhueta, todas de forma repentina. O membro da Tropa do Orgulho surgiu em sua frente como um raio, sua pele esverdeada e seus olhos esbugalhados fitando Kale, já mirando um ponte soco. No entanto, apesar de seu perfil de presa, Kale era uma poderosa guerreira que honrava os poderes de um saiyajin. Antes do potente soco conectar contra o rosto da discípula de Caulifla, Kale curvou seu corpo e conduziu, com a palma de sua mão - e seu braço esquerdo dobrado, rente a seu peito para evitar contra-ataques - o punho (junto com o restante de seu corpo) de Kettle abaixo, fazendo com que ele caísse de bruço contra o solo. Ofendido, ele prontamente se reergueu, visando um novo ataque direito, entretanto, Kale deu as costas, posicionando-se alguns centímetros adiante de seu peito. O seu braço usado para atacar encontrava-se por cima do ombro direito de Kale, sua guarda totalmente aberta. Notando isso, ela agarrou seu braço direito com sua mão direita e jogou seu cotovelo esquerdo contra o estômago de Kettle, tendo como resposta uma quantia de saliva cuspida de sua boca alienígena. Ainda com o braço agarrado, o Pride Trooper viu seu corpo sendo transportado de maneira rude por cima do ombro direito de sua adversária, encontrando o solo.

O olhar de Kale era frio, e parecia enxergar seu espírito. Temendo o pior, Kettle aumentou seu nível de força, cobrindo o seu arredor com sua aura azul. Preparada, Kale recuou quando seu antagonista iniciou uma artilharia de ki, mirando diversas esferas de energia em sua direção - Kale correu, mas Kettle depositava uma grande quantia de concentração em seus ataques contínuos e a saiyajin era seguida. Tentando uma manobra arriscada para confundir Kettle, a saiyajin saltou sobre alguns escombros, tentando obstruir a visão do guerreiro, mas de trás dos escombros uma nova veste rubra e negra surgia. Cocotte, também membro do universo onze, surgia frente a guerreira do universo seis, mirando um chute lateral, tal qual era defendido mas não sem consequências. Retardada até o cenário em que outrora se situava, não percebeu a presença de Vuon e nem seu chicote preso em seu corpo.

Huhuhu. – Riu Cocotte. – Parece que estava em maus lençóis contra essa aqui, Kettle.

Tsc. – Resmungou Kettle. – Não era necessário a sua intervenção, Cocotte. Caso não tenha percebido, eu estava com ela em minhas mãos.

Graças a tecnologia embutida em nosso traje, essa neblina não foi capaz de nos separar. – Disse Vuon.

Exatamente, meu caro Vuon. – A voz do general Kahseral surgia ao leste. Em seu pulso, um pequeno gps informava a posição de cada participante do universo onze. – No entanto parece-me tudo resolvido. Devemos eliminá-la logo.

Kale, presa no laço de Vuon, analisava com atenção a posição dos guerreiros. A desvantagem numérica era clara como água, todavia, o seu verdadeiro potencial não havia sido mostrado. Não devo me segurar no momento correto, foi o que minha irmã disse. Nesse momento, Kahseral, Cocotte e Kettle saltaram em sua direção - o General vinha do leste, Kettle do oeste e Cocotte do norte, tendo Vuon e seu laço no sul. Kale respirou fundo, cerrou seu punho e expeliu uma quantia o suficiente de energia que envolveu seu corpo, uma aura transparente. Naquele momento, devido a pressão, o Laço da Justiça era rompido e os outros três membros repelidos, enquanto, nesse mesmo segundo, o corpo da saiyajin levitava e desaparecia.

Sem perceberem a ocultação, Vuon teve seu rosto danificado com um chute lateral, jogando-o ao solo com força. No que o corpo de Vuon era avistado, Kettle e Cocotte esticavam seus braços e dirigiam seus esforços contra a participante do universo do Deus da Destruição Champa. Com os olhos atentos e com centenas de esferas de energias vindo em sua direção, Kale passava entre todos eles. Após isso, duas Kales surgiam na frente dos dois Pride Trooper, respectivamente.

É o seu fim! – Gritavam em conjunto.

Confiantes, Kettle era o primeiro alvo. Com a perna inferior do seu corpo dobrada, Kale disparava um potente soco contra seu rosto, jogando-o fortemente contra o solo. Surpresa, Cocotte era pega por uma imagem remanescente da saiyajin, tal qual utilizara sua velocidade para deixar uma imagem falsa. Irritada, ela se virava buscando sua adversária, mas tinha a sola da bota dourada de Kale contra seu queixo, impulsionando-a para cima. Aproveitando-se de sua enorme destreza, Kale surgia ao lado de Cocotte, agarrando seu braço e atirando-a contra o corpo de Kettle, o mesmo que ia, aos poucos se pondo de pé - com o choque, eles eram jogados contra escombros aleatórios, erguendo uma grande fumaça.

Parece que a subestimamos, garota. Você não é pouca coisa. – Dizia Kahseral. – Não hesitarei em pegar pesado contra você. – As lanças de ki cobriam boa parte de seu braço.

Sem mais delongas, ele partiu de forma direta, visando ofensivas que a derrubassem. Notando que Kahseral era um oponente com mais habilidades em combate direto, Kale esforçou-se um pouco mais para ir esquivando-se dos ataques. Vendo uma brecha em sua lateral, após abaixar de uma ofensiva horizontal, Kale rapidamente saltou e girou seu corpo, levando sua perna na parte exposta, mas o general efetivamente bloqueou sua ofensiva. Percebendo que as presenças inimigas se colocavam de pé, Kale distraiu-se ao focar sua atenção, mesmo que por um segundo, nos outros membros da Tropa do Orgulho.

Não esqueça que estou aqui! – General Kahseral concentrou uma enorme quantia de energia em sua palma direita, exibindo uma densa esfera de energia. – Justice Bomber!

Droga! – Kale pensou, tentando cruzar seus braços rente a seu fronte para evitar o máximo de danos.

Da fumaça do ataque, o corpo de Kale surgiu rolando, com pequenas feridas - havia utilizado do crescimento de energia para tentar sobressair-se contra a esfera de energia, entretanto o dano estava lá, menor ou não. Repentinamente, Cocotte tinha seu desenho representado na frente da saiyajin, e sua palma direita era apontada contra Kale. Prevendo um blast qualquer, Kale cravou seu joelho esquerdo ao solo, erguendo um pouco de seu corpo e tentou defender-se, porém, uma esfera advinda de Cocotte cobriu seu corpo, causando surpresa na parceira de time de Cabba.

O quê? O que está havendo?

Poupe seus esforços, garota. Agora está presa na Cocotte Zone. – Disse após ver Kale socar aquela esfera de todas as formas, buscando uma saída.

Não precisamos presenciar seu sofrimento, camaradas... – Apontou Kahseral. – Tampouco é isso que queremos. Ela lutou bem e lhe daremos um fim honrado. Estão comigo, meus Pride Trooper?

SIM! – Ecoaram em conjunto.

Posicionaram-se lado a lado, com suas auras de ki elevadas. Apontaram suas mãos na direção do escudo de Cocotte e liberaram raios de energia, cada um com sua coloração particular, representando a aura de cada um que realizava o ataque. No que a energia cortava o ar, ela convergia numa só, com uma coloração apenas, e seu destino era o escudo dimensional que era empurrado pela força em conjunta do universo onze. Desesperada, Kale elevava o seu ki, mas nem ataques físicos e nem ataques de energia surtiam efeito. Foi aí que, quase passando a metade do caminho para a eliminação, ela viu a silhueta de Caulifla no topo do escombro que estava posicionado atrás da formação dos Pride Trooper. Com os olhos esbugalhados, ela gritava em direção de Kale, seus densos cabelos negros tremulando.

Kale! – A leitura labial ainda era percebida. – Não! Você consegue! – Berrou, vendo uma pequena quantia de lágrima escorrer no rosto de Kale.

Irmã... – Ela fechou os olhos. Muito obrigada... Por tudo.

Naquele momento, um poder adormecido bateu em seu peito, como se quisesse, a todo custo, ser liberado daquela prisão de carne e osso. Kale rugiu e, com a boca aberta e os olhos esbugalhados, um farol verde iluminou toda a esfera roxa de Cocotte. Com um grande estrondo, o ataque de Cocotte que aprisionava a saiyajin e a ofensiva em conjunto eram dissipadas junto das lágrimas de Kale que eram evaporadas pelo calor da energia. O laço que prendia seu cabelo era brutalizado e suas madeixas negras tomavam uma coloração verde. O seu corpo, outrora franzino, era tomado por uma densidade muscular muito experiente e trabalhada, a sua altura modificada e seu tom de pele clareado - a íris de seus olhos desapareciam, temendo tamanho poder. E ela rugiu. Ao seu redor, a coloração do ambiente era trocado por algumas colorações que dançavam entre si.

O que diabos é isso? – Berrou Kahseral.

Kale... – Caulifla, atrás, mostrava-se espantada.

A expressão de Kale era tomada por um sorriso diabólico, e o seu dedo indicador mirava os membros da Tropa do Orgulho. Sem perceber, ela sumiu de vista - mas não por tanto tempo assim. Sem que tivesse percebido, Kale surgia na visão de Cocotte, sua palma direcionada em seu rosto, atirando-a contra o chão. Naquele instante, além do sangue cobrindo a mão direita de Kale, um grande estrondo era ecoado nas proximidades, o que fazia que, nesse momento, os guerreiros do universo onze, cujo estavam exatamente ali do lado, percebessem algo de errado. Não houve tempo para salvações dado que, após atirar Cocotte no chão, Kale capturou uma de suas pernas e atirou contra a arquibancada, eliminando-a no mesmo momento.

Kettle mirou um soco contra seu peito, dado a diferença de altura, mas Kale sequer se moveu. Kahseral e Zuon avançaram, mas um rugido com a soma da pressão do ki expulsou ambos instantaneamente, e o corpo de Kettle caiu contra o solo, em dor. Zuon, por sua vez, encontrou a eliminação naquele momento. Kahseral teve a sorte de chocar-se contra uma rocha, mas seu corpo ficou plantado ali, estranhamente conectado com o material. Kettle, em momento de dor, não teve muitas escolhas a não ser sentir os dois punhos de uma Kale ajoelhada contra seu tórax, apagando-o imediatamente. Em seguida, Kale agarrou-o pelo rosto, segurando-o no alto. Soltou seu rosto, fazendo seu corpo cair lentamente e girou, jogando a ponta de seu pé contra a parte frontal de Kettle, eliminando-o do combate com extrema facilidade.

Sem controle de si, ela saltou adiante, na rocha mais alta e mais próxima. Caulifla, próxima, não reconhecia sua protegida, e pareceu antever os movimentos da mesma quando ela berrou:

UOOOOORGHHH!!!! – Uma grande aura esverdeada circulava os arredores de seu corpo, expelindo centenas de esferas verdes explosivas. Caulifla, nesse momento, saltou e procurou abrigo nos escombros.

Kale obteve toda a atenção da arena para si, inclusive da arquibancada.



Pretendo dar continuidade desse capítulo no que virá em seguida, mas sem dividir por partes. No mais, é isso.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum