Fórum NS Animes - Discussões incríveis sobre animes e mangás!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS Animes - Discussões incríveis sobre animes e mangás!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS Animes - Discussões incríveis sobre animes e mangás!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS Animes - Discussões incríveis sobre animes e mangás! Conectar-se

A igualdade opõe-se à liberdade?

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
@Dante1 escreveu:
Parece que você não está entendendo uma coisa: o empregado fez um contrato aceitando a porra do salário.

Ele seria excluído do mercado por dois fatores:

1- quem escolhe os melhores funcionários (que mais produzem) são os que tem mais lucros.

2- boicote.

E se nenhum acontecer? Foda-se, um contrato foi feito. Critérios objetivos é puta que pariu, se eu quiser contratar uma mulher pelo sorriso dela eu contrato, vai regular a sua irmã.


Uma coisa é UM empregador resolver pagar 50 centavos por hora pra um cara por ele ser negro enquanto paga 5 reais pra um branco. Outra é a maior parte dos empregadores fazendo o mesmo... Caso muita gente se aproveite disso para pagar menos para um cara UNICAMENTE por sua cor, o salário das pessoas dessa cor irá depender das regras de mercado, ou seja, da oferta e demanda. Assim, aquilo que a metade dos empregadores que forem preconceituosos pagar IRÁ influenciar no valor que os demais pagarão a pessoas de mesma cor de pele. Daí você fala em boicotar. Como vai boicotar algo que não é revelado? Ou agora vai ter que deixar uma cópia dos contratos de trabalho pendurada na parede, pra caso alguém queira ler e boicotar o estabelecimento preconceituoso?

Com o passar do tempo, essas pessoas irão ser cada vez mais excluídas da sociedade (afinal, não terão dinheiro para se atualizar e acompanhar o mercado), gerando problemas mais graves que os atuais.

Como evitar isso? Basta que a cor não possa ser um fator de influência no salário. Produtividade pode, cor não (ou seja, se um cara negro produz mais que eu, ele tem todo direito de ganhar mais do que eu, também).

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
@Lipert escreveu:
Dogão escreveu:
@Lipert escreveu:
@Dante1 escreveu:
Depende. Se você fizer uma lei que toda empresa deve ser obrigada a pagar o mesmo para brancos e negros, por exemplo, você é um escravocrata filho da puta. O empregador deve pagar o que ele quiser e o empregado deve aceitar o quanto ele quiser.

Já igualdade na justiça: um rico ou pobre mata alguém, ambos devem ser igualmente punidos.

Isso é correto.

Errado. Se duas pessoas trabalham igual, devem ganhar igual. O salário deve ser resultado apenas da produtividade, e não de decisões subjetivas (como a cor da pele). Você não pode decidir de antemão pagar menos a alguém por conta da pessoa ser de determinada cor.


Pode, a propriedade é dele. Acho isso uma babaquisse e o cara provavelmente seria excluído do mercado, mas a propriedade é dele.

A propriedade é dele, as normas são da sociedade. E como o cara seria excluído do mercado? Os funcionários iriam ficar na frente da porta dele dizendo que ele é racista e oferece salários menores pra pessoas negras? kkkk Nada a ver. Faz muito mais sentido regular para que isso não aconteça. Tudo o que o cara terá que fazer é não ter critérios subjetivos pra determinar o salário do cara, mas sim critérios objetivos (produtividade, horas trabalhadas). Se fizer isso, vai pagar um valor igualmente justo para cada um de seus funcionários e ninguém irá reclamar.


A sociedade civil pode até criar as normas dela, ou seja, boicotar o cara. 

Mas o Estado não é a sociedade civil, o Estado é uma instituição que usurpa o dinheiro e propriedade privada de indivíduos honestos. 

@Dante1 escreveu:
Parece que você não está entendendo uma coisa: o empregado fez um contrato aceitando a porra do salário.

Ele seria excluído do mercado por dois fatores:

1- quem escolhe os melhores funcionários (que mais produzem) são os que tem mais lucros.

2- boicote.

E se nenhum acontecer? Foda-se, um contrato foi feito. Critérios objetivos é puta que pariu, se eu quiser contratar uma mulher pelo sorriso dela eu contrato, vai regular a sua irmã.


Rt. Vai regular sua irmã. jifkkdfjfsldf,ldfkhsjhj :nietz:

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
Se eu contratar só brancos ou negros na minha empresa eu sou um bosta e vou me foder com o negócio, mas eu teria esse direito.

Eu quero ter minha escolha. Se uma empresa X não contrata gays, não usufruam dela até falir. Ou o patrão cede ou ele fecha as portas.

Sobre igualdade de justiça:
Cotas são um problema absurdo e depois posso citar um exemplo do motivo.
Se eu que sou mestiço e de classe média cometo um roubo, furto, ou mato, tenho que ter a mesma pena do Dante, do Akamaru ou do Lipert.
Se eu mato o Dante, o Akamaru ou o Lipert, teria que ter a mesma pena se algum deles me matar também, óbvio que analisando as circunstâncias.

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
Dogão escreveu:
@Lipert escreveu:
Dogão escreveu:
@Lipert escreveu:
@Dante1 escreveu:
Depende. Se você fizer uma lei que toda empresa deve ser obrigada a pagar o mesmo para brancos e negros, por exemplo, você é um escravocrata filho da puta. O empregador deve pagar o que ele quiser e o empregado deve aceitar o quanto ele quiser.

Já igualdade na justiça: um rico ou pobre mata alguém, ambos devem ser igualmente punidos.

Isso é correto.

Errado. Se duas pessoas trabalham igual, devem ganhar igual. O salário deve ser resultado apenas da produtividade, e não de decisões subjetivas (como a cor da pele). Você não pode decidir de antemão pagar menos a alguém por conta da pessoa ser de determinada cor.


Pode, a propriedade é dele. Acho isso uma babaquisse e o cara provavelmente seria excluído do mercado, mas a propriedade é dele.

A propriedade é dele, as normas são da sociedade. E como o cara seria excluído do mercado? Os funcionários iriam ficar na frente da porta dele dizendo que ele é racista e oferece salários menores pra pessoas negras? kkkk Nada a ver. Faz muito mais sentido regular para que isso não aconteça. Tudo o que o cara terá que fazer é não ter critérios subjetivos pra determinar o salário do cara, mas sim critérios objetivos (produtividade, horas trabalhadas). Se fizer isso, vai pagar um valor igualmente justo para cada um de seus funcionários e ninguém irá reclamar.


A sociedade civil pode até criar as normas dela, ou seja, boicotar o cara. 

Mas o Estado não é a sociedade civil, o Estado é uma instituição que usurpa o dinheiro e propriedade privada de indivíduos honestos. 

@Dante1 escreveu:
Parece que você não está entendendo uma coisa: o empregado fez um contrato aceitando a porra do salário.

Ele seria excluído do mercado por dois fatores:

1- quem escolhe os melhores funcionários (que mais produzem) são os que tem mais lucros.

2- boicote.

E se nenhum acontecer? Foda-se, um contrato foi feito. Critérios objetivos é puta que pariu, se eu quiser contratar uma mulher pelo sorriso dela eu contrato, vai regular a sua irmã.


Rt. Vai regular sua irmã. jifkkdfjfsldf,ldfkhsjhj :nietz:

Que sociedade civil, cara? A sociedade civil NÃO TEM PAPEL DE POLÍCIA. Não pode verificar os contratos do cara pra decidir se irá fazer algo LOL Parem de pensar em coisas ridículas sem aplicabilidade. Como a sociedade civil vai saber o que o cara está fazendo pra boicotar ele? E se a sociedade não ligar, os donos de empresas podem se recusar a contratar qualquer pessoa negra e deixar eles sem emprego pra morrer de fome, por exemplo?

@Gaius escreveu:
Se eu contratar só brancos ou negros na minha empresa eu sou um bosta e vou me foder com o negócio, mas eu teria esse direito.

Eu quero ter minha escolha. Se uma empresa X não contrata gays, não usufruam dela até falir. Ou o patrão cede ou ele fecha as portas.

Sobre igualdade de justiça:
Cotas são um problema absurdo e depois posso citar um exemplo do motivo.
Se eu que sou mestiço e de classe média cometo um roubo, furto, ou mato, tenho que ter a mesma pena do Dante, do Akamaru ou do Lipert.
Se eu mato o Dante, o Akamaru ou o Lipert, teria que ter a mesma pena se algum deles me matar também, óbvio que analisando as circunstâncias.

Não estou falando que devem existir cotas, estou falando que não se pode diferenciar o salário oferecido à pessoa se baseando somente na cor de pele. Por quê? Porque diferente de alguém que se recuse publicamente a contratar alguém negro/gay/hétero/branco, um dono de empresa que apenas ofereça salários menores (baseados na cor de pele) não terá a visibilidade de sua ação estampada em seu estabelecimento. Ninguém terá como descobrir que é um cara racista, pra poder boicotar ele, a não ser que alguém comece a fazer um protesto na porta do cara. Além disso, se isso virasse uma prática comum, iria causar grandes problemas e gerar injustiças permanentes.

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
Lipert. Na minha visão um mundo sem Estado seria quase utopia.
Não por não concordar, mas por achar que não conseguiriam extinguir todos os Estados e que assim se mantivesse pelo resto dos dias.

Digo que é injusto sim também. MINHA visão também é sobre produtividade. As cláusulas gerais do contrato estão aí pra
proteger a sociedade civil, mas acho que esse processo de publicização do direito PRIVADO causou mais mal que bem. Tornou extremamente
controlador, retirando a liberdade de "contratar quem queira, quando queira e como queira" (óbvio que com o bom senso).

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
Que sociedade civil, cara? A sociedade civil NÃO TEM PAPEL DE POLÍCIA. Não pode verificar os contratos do cara pra decidir se irá fazer algo LOL Parem de pensar em coisas ridículas sem aplicabilidade. Como a sociedade civil vai saber o que o cara está fazendo pra boicotar ele? E se a sociedade não ligar, os donos de empresas podem se recusar a contratar qualquer pessoa negra e deixar eles sem emprego pra morrer de fome, por exemplo?


Não falei em função de polícia. Falei sobre boicotá-lo mesmo. Sem aplicabilidade? Isso acontece toda hora, já viu o boicote que aconteceu com o Cocielo? Ele foi punido por racismo não-violentamente sem que o Estado metesse o dedo. Infelizmente podem, mas sempre vai existir outros donos de empresa para contratá-lo, você que não entende a dinâmica de mercado igual o @Dante1 entende.

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
Dogão escreveu:
Que sociedade civil, cara? A sociedade civil NÃO TEM PAPEL DE POLÍCIA. Não pode verificar os contratos do cara pra decidir se irá fazer algo LOL Parem de pensar em coisas ridículas sem aplicabilidade. Como a sociedade civil vai saber o que o cara está fazendo pra boicotar ele? E se a sociedade não ligar, os donos de empresas podem se recusar a contratar qualquer pessoa negra e deixar eles sem emprego pra morrer de fome, por exemplo?


Não falei em função de polícia. Falei sobre boicotá-lo mesmo. Sem aplicabilidade? Isso acontece toda hora, já viu o boicote que aconteceu com o Cocielo? Ele foi punido por racismo não-violentamente sem que o Estado metesse o dedo. Infelizmente podem, mas sempre vai existir outros donos de empresa para contratá-lo, você que não entende a dinâmica de mercado igual o @Dante1 entende.

Vou repetir o ponto principal do meu argumento:

NÃO é possível SABER quais empresas aplicam tais medidas preconceituosas! A não ser que você crie uma regulação pra elas sejam obrigadas a deixar públicas as fórmulas de cálculo de salário :v

Se você SABE que a empresa X é racista (digamos que ela tenha uma placa dizendo que contrata só pessoas brancas), você pode boicotá-la. Agora, se você não sabe qual é e qual não é não, como vai boicotar alguma coisa? Acreditando na palavra de uma ou outra pessoa que diga que a empresa X paga salários muito menores de acordo com a cor de pele da pessoa?

descriptionA igualdade opõe-se à liberdade? - Página 2 EmptyRe: A igualdade opõe-se à liberdade?

more_horiz
AS CONQUISTAS ALI DO PERFIL DEVEM FICAR AQUI!
"Você acha que liberdade é algo que você dar ou tirar por capricho, mas, para o seu povo, liberdade é tão essencial quanto ar. E sem isso, não há vida." - Zaheer
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum