Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Bem vindo ao maior fórum de animes de Brasil & Portugal!

Não deixe de registrar sua conta para poder participar do fórum! Leia nossa POLÍTICA DE PRIVACIDADE e configure suas opções de privacidade: https://www.forumnsanimes.com/privacy (ao acessar nosso site, você aceita nossas políticas de privacidade)

Poste 5 mensagens no fórum para ativar o seu primeiro rank e começar sua jornada! Aqui, você irá fazer amigos, participar de eventos, subir de rank e até ganhar prêmios!

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Fórum NS - Discussões sobre animes, mangás e mais! Entrar

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Antes de tudo, esse texto foi escrito por um camarada meu e do Flash, que frequenta o fórum, mas não criou uma conta.








Texto escrito por Stralinho.

A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo


A muito tempo se vê uma discussão fútil dentre as massas mais despolitizadas sobre a comparação do comunismo com regimes nazifascistas. Temos que fazer uma breve divisão entre os termos, primeiramente, socialismo e comunismo são diferentes, com o primeiro sendo um termo guarda-chuva para ideologias que buscam a socialização dos meios de produção, e comunismo sendo um vertente do socialismo e modelo socioeconômico que quando atingido, se resultará na ausência das classes sociais e do estado, já que o mesmo serve a lógica de opressão de uma classe sobre a outra. [1]

Precisamos fazer também outra diferenciação muito explorada pela extrema-direita sobre o fascismo, que é usada para encobrir sua vertente ideológica. Primeiramente, temos o Partido Nacional Fascista fundado em 1921 na Itália, e fascismo como um fenômeno político ideológico.[2] Portanto, todas as vezes que me referir ao termo “fascismo” será no sentido de fenômeno político ideológico. fascismo é um fenômeno de contrarrevolução burguesa na época do capital monopolista que radicaliza a tradição liberal e colonial e que pauta seu modo de dominação política a partir de um dilatado e amplo terrorismo de estado.[3][4][5] O fascismo surgiu no século XX, e é característico de situações políticas de/ou ofensivas políticas da classe trabalhadora que ameaçam com a revolução socialista, ou então que a classe trabalhadora oferece resistência a transformações fundamentais do padrão econômico em determinado país. O fascismo na Itália e na Alemanha (nazismo) foram uma resposta a ameaça da classe trabalhadora com revolução socialista na Rússia, as tentativas de revolução na Hungria, Alemanha, aos conselhos de trabalhadores na Itália liderados pela figura comunista de Antônio Gramsci, e assim por diante.

Partindo para os principais tópicos “provando” que comunismo é igual a nazifascismo.

1- A falsa comparação pelo nome do partido nazista intitulado como, Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães.

Pegaremos qual o significado da palavra “socialista” para Hitler:

“Socialismo é a ciência de lidar com o bem comum. Comunismo não é socialismo. Marxismo não é socialismo. Os marxistas roubaram o termo e confundiram seu significado. Eu vou tirar o socialismo dos socialistas. Socialismo é uma instituição ancestral ariana, germânica. Nossos ancestrais tinham certas terras em comum. Eles cultivaram a ideia do bem comum. O marxismo não tem o direito de se disfarçar de socialismo. Socialismo, diferente de marxismo, não repudia a propriedade privada”. — Entrevista com George Sylverster Viereck em 1923.

E também.

“Socialismo como o conceito final do dever, do dever ético do trabalho, não para si mesmo mas também para seus pares e, principalmente, pelo princípio: bem comum antes do próprio bem, uma luta contra parasitismo e principalmente contra lucros fáceis e imerecidos. — 15 de agosto de 1920, discurso “Por Que Somos Antissemitas”na cervejaria Hofbräuhaus

Hitler se inspirou no livro "Prussianismo e socialismo" de Oswald Spengler, onde o mesmo afirmava que a ascensão do socialismo na Alemanha não havia começado depois das rebeliões marxistas de 1918-1919, mas em 1914 quando a Alemanha se preparava para a guerra, unindo a nação alemã em uma luta nacional que, segundo ele, se baseava em características socialistas prussianas que incluíam criatividade, disciplina, preocupação com o bem comum, produtividade e autossacrifício. Spengler critica o marxismo acusando-o de seguir a tradição britânica de que os pobres invejam os ricos e enfatiza que o verdadeiro socialismo assumiria a forma de corporativismo. Creio que deu para perceber que o socialismo de Hitler nada tem a ver com o socialismo da socialização dos meios de produção, portanto, nada com o marxismo/comunismo.

2- A afirmação que o nazismo prega a luta de classes, ou era de esquerda.

Na época muitos confundiam as políticas corporativas e autocráticas da proposta nazista com lógica comunitarista e planificadora do comunismo marxista.

Hitler chamava de "idiota" quem cometia o erro de confundir nazismo com esquerda:

"Quantas boas gargalhadas demos à custa desses idiotas e poltrões burgueses, nas suas tentativas de decifrarem o enigma da nossa origem, nossas intenções e nossa finalidade! A cor vermelha de nossos cartazes foi por nós escolhida, após reflexão exata e profunda, com o fito de excitar a esquerda, de revoltá-la e induzi-la a frequentar nossas assembleias; isso tudo nem que fosse só para nos permitir entrar em contato e falar com essa gente."

-Main Kampf

O Nazimo é em sua essência uma ideologia social-darwinista e anti-igualitária: pessoas podem ser classificadas em superiores ou inferiores por seus genes, sua ancestralidade, sua “raça”. Caberia ao Estado nazista fazer o elemento superior, “ariano”, prosperar – inclusive reprodutivamente, com o programa Lebensborn. Em outras palavras, cabia ao Estado promover a desigualdade “natural”. Quanto à parte econômica, Hitler deu todo o tipo de privilégio à classe industrial alemã, inclusive o de ter menos concorrência, com os judeus fora do caminho. Foi com seu apoio e o da classe média que ele ascendeu ao poder, por meios constitucionais. Chegando lá, proibiu sindicatos e enviou sindicalistas aos campos de concentração por meio dos "camisas pardas" ou Sturmabteilung e outros grupos paramilitares nazistas.

Nunca podemos esquecer das empresas que apoiaram Hitler e sua ditadura, como: Hugo Boss, que confeccionou as roupas dos oficiais nazistas, Coca-Cola, BMW, Mercedes e Volkswagen que usaram mão de obra escrava provindo dos Campos de concentração e Deutsche Bank que confiscou os bens dos judeus e vendeu ouro das vítimas do Holocausto. Dentre elas, a Ford Motor Company se destaca por seu fundador, Henry Ford ser amigo pessoal de Hitler, o único americano a ser citado no Main Kampf, é autor do livro antissemita "Judeu internacional"[6]. Esses fatos só reforça o caráter capitalista e anti-socialista alemão.

Recapitulando, oficialmente, o nazismo estava “abolindo a luta de classes”, unindo trabalhador e patrão no ideal da nação ariana – e no esforço para ampliá-la pela guerra. Na prática, o “socialismo” nazista distribiui o dinheiro de suas vítimas entre os “arianos”, pagando não com impostos, mas pilhagem. E, para o resto, os “não arianos”, restaurou o trabalho escravo, até à morte.
Como cita O falecido historiador alemão Joachim Fest, um dos maiores especialistas em nazismo, e uma figura não-socialista, um conservador católico, resumiu assim o consenso: Hitler era tão “socialista, quanto era cristão".

Hitler abominava a propriedade privada como o mesmo já citou, abominava a luta de classes e o marxismo. O nazismo se legítima a partir de uma raça superior em detrimento das outras raças, parafraseando Frantz fanon, não se pode subjugar um povo sem antes inferioriza-lo.

A retórica supremacista nazista é maleável de acordo com os interesses do capital nacional lembremos que a "raça superior ariana" concedeu o título de "Ariano honorário" a certas frações de povos que se uniam em sua causa, como por exemplo: Italianos, Ucranianos, Japoneses, Romenos, indianos, e por aí vai. Nazismo, um fenômeno Fascista alemão, e como tal subjuga a classe trabalhada em supremacia do capital
nacional. Nazismo não é "luta de raças", esse é um termo despolitizante e superficial, que não vai no cerne da retórica de tal movimento de massas.

Partindo para a conclusão, é de revisionismo histórico tremendo a comparação esdrúxula de nazismo com comunismo e qualquer um que subverta a história, as fontes ou citações para o seu benefício próprio, saiba que está servindo a um lado, e creio que não seja a da classe trabalhadora.



descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Eaí @Staz o que acha do texto?

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Respondi na ordem em que fui lendo o texto.

1. Falso, o Nazismo nunca foi colocado ou se colocou como uma resposta a Revolução Russa ou o regime Comunista, pelo contrário, o primeiro Estado aliado do Estado Nazista foi o regime Soviético, via pacto germano-soviético:
A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo 250px-Bundesarchiv_Bild_183-H27337%2C_Moskau%2C_Stalin_und_Ribbentrop_im_Kreml

Ambos os regimes se viam como iguais adversários do Liberalismo burguês, como pode ser visto na defesa enfática que os PCs espalhados pelo globo fizeram do Nazismo. Inclusive a mais próxima aproximação da ideologia nazifascista com a comunista  é o fato que a primeira não nega a luta de classes, de fato, Hitler se colocava na posição de verdadeiro representante da classe trabalhadora alemã contra uma burguesia estrangeira (judia) que os via como simples mão de obra enquanto os parasitava, tomando seu trabalho em troca de migalhas, não atoa seu primeiro ato na "guerra de classes", que a história converteu em guerra racial, foi desapropriar os empresários judeus.

2. O que Hitler pensava sobre o Socialismo e o Marxismo é irrelevante, ele de fato nunca foi um marxista e sempre o desprezou, Hitler era membro da corrente Nacionalista do partido. No entanto, isso não muda em nada o fato de que o Partio Nacional-Socialista tinha uma corrente Socialista, no sentido marxista do termo, liderada pelo Strauss, do qual fazia parte nomes como o Goebbels.

Por que "Stralinho" não entra nesse mérito e mostra como Strauss e Goebbels nunca foram marxistas?

3. Uma tentativa patética de descaracterizar o contexto. No capítulo citado pelo autor com o intuito de descredibilizar a aproximação do nazismo com o comunismo, "Noite com a Frente Vermelha". Hitler narra exatamente como o partido atraiu a classe proletária com seu discurso, ganhando a inimizade dos marxistas no processo por está roubando sua posição como representantes dos trabalhadores. 

Ainda mais relevante, a afirmação de Hitler nessa passagem diz respeito a como ele achava cômico o fato da elite burguesa ser alienada e conjecturar que por usarem a saudação socialista 'camarada', os nazistas seriam marxistas. Eles não riam por ser absurdo compará-los a esquerda, mas sim pela burguesia não consegui-los diferenciar dos marxistas. A frase seguinte: "A cor vermelha de nossos cartazes foi por nós escolhida, após reflexão exata e profunda, com o fito de excitar a esquerda, de revoltá-la e induzi-la a frequentar nossas assembleias; isso tudo nem que fosse só para nos permitir entrar em contato e falar com essa gente.", não faz parte do mesmo segmento da afirmação anterior, ela abre o discurso onde ele narra exatamente como cooptou o proletário e ganhou a inimizade dos marxistas. 

Inclusive ele termina elogiando a tendência antidemocrática dos marxistas de se unirem para atacar assembleias que considerassem antimarxista, conseguindo assim a hegemonia ideológica (tática essa que ele repetiu).  

4. Extremamente falso, Hitler sempre viu a questão racial em termos de luta de classes, isto está presente em cada frase do Mein Kampf. Ele faz questão de descrever como via a elite burguesa alemã como uma classe de judeus parasitários que exploravam o trabalhador alemão e monopolizavam os ganhos, mitigando os ganhos coletivos. Eles inclusive personificaram isso na imagem do já existente, e até hoje perpetrado, banqueiro/comerciante judeu que fica rico explorando os pobres. 

Ele usou a superioridade ariana como mérito do seu discurso racial pangermânico, mas não como causa do mencionado conflito racial. Esse conflito sempre foi motivado pela lógica: "A elite judia está lhe explorando trabalhador alemão, você vai aceitar ou revidar?". Não existem passagens do Mein Kampf exortando os judeus por esses serem geneticamente inferiores, existem milhares e milhares de passagens clamando a guerra contra os judeus por esses serem uma classe exploratória, ele inclusive copia exatamente o mesmo discurso Marxista, exclamando como os judeus controlavam a mídia e o Estado como fantoches. 

Para não esquecer qual foi a grande inspiração da propaganda nazista:
A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo Frame_102_1_2070x

5. Chega a ser cômico como suas tentativas de mostrar o quão afastado do Socialismo era o Nazismo, só mostram como as ideologias eram próximas. 

Hitler não proibiu os sindicatos, ele proibiu "os outros sindicatos'' pois criou um sindicato nacional a Deutsche Arbeitsfront, exatamente como a União Soviética havia feito. Da mesma forma ele não se aliou aos grandes capitalistas, chega a ser cômico como aparentemente na sua cabecinha Hitler chegou e ergueu os grandes empresários que o levantaram ao poder. 

A Volkswagen não era uma grande empresa capitalista que Hitler apoiou, a Volkswagen foi uma estatal que Hitler criou sob a tutela do já citado sindicato nacional para criar carros populares para a classe operaria, isso logo após ele tomar as outras fabricantes de automóveis. Apenas coincidentemente a mesma coisa que a URSS fez. Com certeza um ato extremamente pró-Capitalista. 

Hitler seguiu na Alemanha Nazista a exata mesma cartilha seguida na URSS, desapropriar empresários vistos como rivais e opositores do regime e beneficiar o partido, transformando na nova elite, ou devo lembrá-lo que Hugo Boss era um alfaiate falido até Hitler chegar ao poder? Uma característica que me lembra um outro, ou outros, regime vermelho, essa mania de que estranhamente quando um partido totalitário chega ao poder, ex-fracassados que são parte dele estranhamente conseguem posições de autoridade. 

Até mesmo o trabalho escravo nazista seguiu a mesma cartilha das Gulags, ou você acha que os soviéticos deixavam os prisioneiros quebrando pedra o dia inteiro? 

6. Ninguém nunca afirmou que Hitler era Socialista, mas sim que viés ideológico dele era exatamente o mesmo dos Socialistas. Hitler se vendia como uma representante das massas desprotegidas e exploradas contra um inimigo sem alma que vivia de parasitá-las em proveito próprio, a única diferença entre as duas ideologias é que Hitler resolveu dar uma cara mais familiar para o inimigo sem rosto que os dois lados chamavam de "burguês". 

As duas ideologias provem de uma mesma visão de mundo, a de que a sociedade é controlada por um inimigo malvado que é o causador de todos os problemas do mundo e basta retirá-lo para tudo se resolver. 

Que é visão extremista rasa e genérica, que eu observo ser comum a grande massa de idiotas que é apresentada a algum nível de discurso politico. Para todo imbecil, os complexos problemas da sociedade podem ser explicado por um termo, para Hitler e os nazistas é "judeu", para os socialistas é "burguês", ou em sua versão light-progressista "ricos".  

Partindo para a conclusão, é de revisionismo histórico tremendo a comparação esdrúxula de nazismo com comunismo e qualquer um que subverta a história, as fontes ou citações para o seu benefício próprio, saiba que está servindo a um lado, e creio que não seja a da classe trabalhadora.

Sim, está servindo ao lado da verdade.

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
TyeYona escreveu:
Eaí @Staz o que acha do texto?


Acho que você é esforçada, mas pesquisou pouco e principalmente, nunca leu outras obras além daquelas que representam sua ideologia.
Não vou fazer textão.

Vou ser direto: O nazismo era uma vertente socialista.
E todo modelo socialista se tornará inevitavelmente o socialismo absoluto (comunismo).

Isso se deve a natureza do estado em sempre crescer e inchar.
Quando maior o estado, menor a liberdade do individuo.

Há toda aquela história anarquista por trás do comunismo, no qual o estado deixará de existir assim que ele controlar absolutamente tudo que existe, mas sinceramente, isso nunca fez muito sentido lógico.
Até porque, se tudo se tornar o estado, ele não deixará de existir, pelo contrário, somente existirá o estado e nada mais.

Então o propósito verdadeiro do comunismo é: Estado controlar tudo que existe.

Aqui há um excelente texto sobre o que os nazistas tinham em comum com os marxistas:

https://www.mises.org.br/article/1518/o-que-os-nazistas-copiaram-de-marx

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Resposta para @ShinobinoKami





Primeiramente, diferente de alguns, gostaria de fazer minha autocrítica, errei no meu post ao dizer que a Volkswagen era uma empresa privada. A Volkswagen era estatal até 1960, pertencente ao governo da Alemanha.

1 - Sim, o nazismo foi gerido no ventre do capitalismo pela burguesia alemã, como uma resposta da mesma as ameaças revolucionárias e resistência da classe trabalhadora a transformações econômicas fundamentais dentro da Alemanha. Relembremos, nas eleições federais da Alemanha realizadas em 1930 os três maiores partidos alemães, SDP(Social-democrata) conquistou 143 assentos, o Partido nazista 107 e partido comunista 77 assentos no Reichstag. Em 1918, ocorreu um processo de greve geral na Alemanha em pleno a guerra, onde reuniram 400 mil trabalhadores, a maioria das fábricas de munições. Em 1918-19, ocorreu uma revolução de caráter comunista na Alemanha que culminou na derrubada do Kaiser e na criação de uma república parlamentarista. Em uma das primeiras reuniões de Hitler, estava erguida uma faixa anti-comunista, Hitler matou, prendeu e torturou membros do SDP e outras resistências anti-nazi na Alemanha. E ainda tem a pachorra de dizer que a resistência dos Trabalhadores, principalmente aqueles inspirados pela revolução de outubro não representava um perigo ao capital alemão?

1.2 - Não. A União sovietica nunca se aliou a Alemanha nazista, o pacto Molotov-Ribbentrop, é um pacto de não-agressão. Em um livro chamado, “1939: The Alliance That Never Was and the Coming of World War II”, o historiador canadense Michael Jabara Carley descreve como, no final dos anos 30, a União Soviética repetidamente tentou, mas por fim falhou, em estabelecer um pacto de segurança mútua, em outras palavras uma aliança defensiva, com a Grã-Bretanha e a França. Esse arranjo proposto foi planejado para conter a Alemanha Nazista que, sob a liderança ditatorial de Hitler, estava agindo de forma cada vez mais agressiva, e era provável que envolvesse alguns outros países, incluindo Polônia e Checoslováquia, que tinham motivo para temer as ambições alemãs. O protagonista dessa abordagem soviética em relação às potências ocidentais foi o ministro de Relações Exteriores Maxim Litvinov.

Moscou estava ansiosa para concluir tal tratado porque os líderes soviéticos sabiam muitíssimo bem que, mais cedo ou mais tarde, Hitler pretendia atacar e destruir seu Estado. Com efeito, no “Mein Kampf“, publicado nos anos 20, ele deixava bem claro que desprezava a URSS por ser uma “Rússia governada por judeus”.

Está abordagem negativa das potências ocidentais a firmar um pacto de defesa a URSS se viu obrigada a firmar um pacto de não-agressão, onde se impôs a divisão da Polônia no "Secret Additional Protocol", artigo II :"In the event of a territorial and political rearrangement of the areas belonging to the Polish state, the spheres of influence of Germany and the U.S.S.R. shall be bounded approximately by the line of the rivers Narev, Vistula and San." Você escolhe o Pacto soviético justamente para dizer que o mesmo é aliado na luta nazista, mas ignora vários pactos, como: o pacto de não agressão Alemão-polones de 1934, o Pacto das quatro potências, entre Grã-bretanha, Itália, Alemanha nazista e França de 1933, e o principal, o Pacto de Munique onde a França, Alemanha, Itália e Reino Unido, ENTREGARAM a Tchecolosvaquia de bandeja para Hitler com a desculpa de "anexação para a paz mundial". As mesmas nações que negaram um pacto de defesa mútua com a URSS, fora as que firmaram um pacto com Hitler para a invasão da Thecolosvaquia.

1.3 - Não, os regimes fascistas, todos, sem exceção alguma, fora liberal na economia. Hitler nega a luta de classes, a luta de classes é uma classe contra a outra, independente de sua etnia, sexo, e religião. Na Alemanha eram os alemães contra os judeus, não importa a classe a qual pertenciam, trabalhadores, pequeno-burgueses, grandes-burgueses, todos  paravam no mesmo lugar, um campo de concentração, em contrapartida, os burgueses alemães lucraram com a perseguição racial contra os judeus, seja pela distribuição de seus bens, ou pela mão de trabalho escravo.

Partido para seu "argumento principal", o tópico "6": "Ninguém nunca afirmou que Hitler era socialista, mas sim que viés ideológico dele era exatamente o mesmo dos socialistas". Ele não era socialista mas tinha "viés" socialista? Quanta lógica isso faz? Hitler não era socialista, nem tinha "viés" socialista (o que quer que isso seja) Hitler não buscava a socialização dos meios de produção, como já apontei no meu post, ele se inspirou nas características prussianas para a fundação do nazismo, e não abominava a propriedade privada como todos os socialistas abominam. Hitler fundou o ódio nos judeus a partir do antissemitismo conspiratório, e justificado pela supremacia racial, de que judeus parasitavam a Alemanha, não os burgueses, não os ricos, não os pobres, simplesmente, os judeus. O comunismo não busca a extinção dos burgueses, e sim o que torna de um burguês, um burguês, ou seja, os meios de producão, e não basta retirá-los para resolver o problema dos trabalhadores, e sim o fim do capitalismo por meio da extinção total de classes

Você reduzir o ódio nazista a somente judeus é de um mal-caratismo terrível, Hitler perseguiu romanis, judeus, comunistas, negros, homossexuais, e todas as raças que não eram alemãs ou "arianos honorarios" . O sistema operacional do fascismo se inspirou intrinsecamente no colonialismo europeu, que reduzia uma raça sobre a outra, o direito da terra vital, a supremacia racial de dominação étnica, a inferiorização racial para a subjugação da mesma, os campos
de concentrações no Congo belga, nas colônias britânicas. Hitler nada mais fez que aplicar o colonialismo europeu na própria Europa.

Você deturpa os fatos, dando ênfase para o seu lado e escolhendo ignorar completamente outros, ademais não continuarei com esse "debate", sendo seus argumentos e lógicas são todos defasados e esclarece a quem você realmente serve.
Escrito por Stralinho

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Mises Brasil

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Que malabarismo danado você precisou fazer para tentar desassociar o nazismo da sua ideologia. É quase um desespero, chega a comover.

No fundo, acredito que vocês saibam a verdade, e o quão parecido é o pensamento de tal ideologia com a dos nazistas.
Criam tópicos comemorando morte de outras pessoas que pensam diferente, passam pano pra torturadores de idosos, enfermos e crianças...

O outro fake que teve a conta banida, critica fonte, e ignora totalmente o conteúdo, mostrando toda a sua ignorância.
Fiz o meu dever em te bloquear em mais essa conta, pois de você sei que nada de bom vai vir, tanto é verdade que foi prontamente banido em poucas semanas de fórum.
Vai ser banido nessa também.

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Staz escreveu:
Que malabarismo danado você precisou fazer para tentar desassociar o nazismo da sua ideologia. É quase um desespero, chega a comover.

No fundo, acredito que vocês saibam a verdade, e o quão parecido é o pensamento de tal ideologia com a dos nazistas.
Criam tópicos comemorando morte de outras pessoas que pensam diferente, passam pano pra torturadores de idosos, enfermos e crianças...

O outro fake que teve a conta banida, critica fonte, e ignora totalmente o conteúdo, mostrando toda a sua ignorância.
Fiz o meu dever em te bloquear em mais essa conta, pois de você sei que nada de bom vai vir, tanto é verdade que foi prontamente banido em poucas semanas de fórum.
Vai ser banido nessa também.


Não aguento, foi chorar pra moderação :horak: :horak: :horak:

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
TyeYona escreveu:
Staz escreveu:
Que malabarismo danado você precisou fazer para tentar desassociar o nazismo da sua ideologia. É quase um desespero, chega a comover.

No fundo, acredito que vocês saibam a verdade, e o quão parecido é o pensamento de tal ideologia com a dos nazistas.
Criam tópicos comemorando morte de outras pessoas que pensam diferente, passam pano pra torturadores de idosos, enfermos e crianças...

O outro fake que teve a conta banida, critica fonte, e ignora totalmente o conteúdo, mostrando toda a sua ignorância.
Fiz o meu dever em te bloquear em mais essa conta, pois de você sei que nada de bom vai vir, tanto é verdade que foi prontamente banido em poucas semanas de fórum.
Vai ser banido nessa também.


Não aguento, foi chorar pra moderação  :horak: :horak: :horak:


Eu nem preciso denunciar, inclusive nunca fiz.
Vocês vão começar a perder naturalmente nos argumentos, como todo socialista sempre perde, e vão partir pras ofensas.
É nesse ponto que são advertidos e banidos.

A prova de que estou certo é a barra de advertência de vocês.

descriptionA compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo EmptyRe: A compressão da Esdrúxula Comparação Entre Nazisfascismo e Comunismo

more_horiz
Ó tadinho, não aguenta ser humilhado e desmascarado que bloqueia, tô muito preocupado contigo. Tudo vassilaum

E esse fórum é uma piada, o máximo que fiz foi chamar de burro ou chimpanzé, que na época que eu usava podia. Nunca xinguei sem argumentar antes, teu raciocínio está completamente errado.

Tu é um bolsonarista, que acredita em fake news pavorosas, só fala coisas sem sentido usando fontes ridículas, não apresenta o mínimo conhecimento político ou histórico, é alguém que já sofreu lavagem cerebral de grupos de whatsapp bolsonaristas. Único motivo para eu não te bloquear é que eu adoro rir de seus comentários.
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos