Fórum NS
Os membros mais ativos do mês
344 Mensagens - 18%
307 Mensagens - 16%
295 Mensagens - 16%
191 Mensagens - 10%
179 Mensagens - 9%
138 Mensagens - 7%
123 Mensagens - 6%
119 Mensagens - 6%
102 Mensagens - 5%
102 Mensagens - 5%
Os membros mais ativos da semana
101 Mensagens - 21%
83 Mensagens - 18%
71 Mensagens - 15%
37 Mensagens - 8%
37 Mensagens - 8%
34 Mensagens - 7%
34 Mensagens - 7%
27 Mensagens - 6%
24 Mensagens - 5%
22 Mensagens - 5%
Últimos assuntos
Quando começa a vida humana?Hoje à(s) 22:21EumenesE se seu melhor amigo mudasse de sexo?Hoje à(s) 22:19ApolloTPC sobre o Escanor.Hoje à(s) 22:15Shinshi-kunCom que frequência você reza e ora?Hoje à(s) 22:13ApolloO que te inspira a continuar tentando melhorar?Hoje à(s) 22:08ApolloTRIVIA : Fatos desconhecidos do forumHoje à(s) 22:07DogAdoção vs. filhos biológicosHoje à(s) 22:05DogMei terumi (Godaime Mizukage) e o Perigo de seus kekken Genkais.Hoje à(s) 22:03DogPor que problemas psicológicos parecem estar sendo glorificados/romantizados atualmente?Hoje à(s) 22:02ApolloMaconha liberada no Canadá. Hoje à(s) 22:00ApolloTenten vs. Quarteto do SomHoje à(s) 21:37Tony[Bolão FNS] Copa do Mundo 2018Hoje à(s) 21:30RinkoAssassinado a tiros o polêmico rapper XXXTentacion em MiamiHoje à(s) 21:19Dante1Affair of the Heart [INSCRIÇÕES]Hoje à(s) 21:13RinkoA Saiyan Beyond God/Forma Base Divina existe?Hoje à(s) 21:0517[Discussão oficial] Capítulos do mangá de Dragon Ball SuperHoje à(s) 20:5117Mei vs Zabuza, Haku e TentenHoje à(s) 20:34NicckkokkVocê já ouviu falar de algum traveco da Era Medieval?Hoje à(s) 20:24Ben IknegSharingan, Chidori e RasenganHoje à(s) 20:14Yagi ToshiakiQual sua maior DECEPÇÃO com Naruto?Hoje à(s) 20:02Edson Oliveira{2º Luta das Preliminares} Staz x SKILLINEHoje à(s) 19:54StazMihawk tem nível yonkou??Hoje à(s) 19:48ColdmanTayuya vs ZabuzaHoje à(s) 19:47Igorluiz589626O que você faria se seu filho defendesse matar cachorros/gatos por diversão?Hoje à(s) 19:42RyuShinki e Neji Vs. Quarteto do som.Hoje à(s) 19:37Nicckkokk

Compartilhe
Ir em baixo

Qual Melhor contratação?

0 - 0%
1 - 50%
1 - 50%
0 - 0%
0 - 0%
0 - 0%
0 - 0%
 
Total dos votos: 2
avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Qua 23 Ago 2017, 17:02
Se existe alguém que acompanhe a NBA nesse fórum que se manifeste.
Para você qual foi a contratação/troca mais impactante do mercado, e qual destes jogadores irá se destacar mais em sua nova franquia ??




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Moderador ZeroFixe
Moderador ZeroFixe
Membro desde : 10/02/2013
Número de Mensagens : 2751
Sexo : Masculino
Idade : 19
Medalhas :

General Kan Ki (Loja NS)



General Ou Sen (Loja NS)


PRO ERA (Loja NS)

Participação : 33701
Reputação : 76

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuáriohttp://www.animeq.com.br/

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Qua 23 Ago 2017, 18:51
Nasci pra ver isso aq no Fórum Rei do Camarote

A mais badalada é sem duvida o Kyrie no Celtics.

Mas a melhor e mais importante, na minha visão, é o Paul George no OKC. Westbrook ta sobrando no time, tanto que foi o MVP, mas a q custo ? O campeão é o Warriors.
Com o Paul George, já vejo OKC nas finais.




Na Guerra, Vitória.
Na Paz, Vigilância.
Na Morte, Sacrifício.
avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Qua 23 Ago 2017, 22:08
@ZeroFixe escreveu:Nasci pra ver isso aq no Fórum Rei do Camarote

A mais badalada é sem duvida o Kyrie no Celtics.

Mas a melhor e mais importante, na minha visão, é o Paul George no OKC. Westbrook ta sobrando no time, tanto que foi o MVP, mas a q custo ? O campeão é o Warriors.
Com o Paul George, já vejo OKC nas finais.

E ae men @ZeroFixe,

A ida do Paul George para o City vai trazer uma combinação semelhante a da época do Durant com Westbrook, deixando o city competitivo como era a a quase 2 anos. Não acho o George superior ao Kevin, mas que ele pode trazer uma função semelhante no time como Ala pontuador e aliviar o Westbrook ele pode.

Mas eu votei na ousadia do Houston que me surpreendeu contratando o CP3. O James Harden fez uma grande temporada como armador, e o Houston contrata um armador all star, fazendo com que o barba provavelmente volte a posição 2. Dai eu to curioso para saber como eles vão funcionar juntos, apesar de que eu queria o Chris Paul no Spurs.

Também curioso para ver o time do Minnesota com Towns e Butler.


Última edição por Moisés MR em Qui 24 Ago 2017, 14:31, editado 1 vez(es)




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Moderador ZeroFixe
Moderador ZeroFixe
Membro desde : 10/02/2013
Número de Mensagens : 2751
Sexo : Masculino
Idade : 19
Medalhas :

General Kan Ki (Loja NS)



General Ou Sen (Loja NS)


PRO ERA (Loja NS)

Participação : 33701
Reputação : 76

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuáriohttp://www.animeq.com.br/

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Qui 24 Ago 2017, 09:52
A ida do Paul George para o City vai trazer uma combinação semelhante a da época do Durant com Westbrook, deixando o city competitivo como era a a quase 2 anos.

Ahh cara, não fala de epoca do OKC q já começo a me lembrar do Big Three que não vingou.

Não acho o George superior ao Kevin, mas que ele pode trazer uma função semelhante no time como Ala pontuador e aliviar o Westbrook ele pode.

Exatamente, deixaria o time mais equilibrado. Mas o Westbrook ta no auge da carreira, um cara como Paul George podendo jogar oq ele sabe, ajudaria muito.

Mas eu votei na ousadia do Houston que me surpreendeu contratando o CP3. O James Harden fez uma grande temporada como armador, e o Houston contrata um armador all star, fazendo com que o barba provavelmente volte a posição 2. Dai eu to curioso para saber como eles vão funcionar juntos, apesar de que eu queria o Chris Paul no Spurs.

Verdade, também queria no San Antonio, Kawhi (talvez o melhor jogador hj da NBA) ta sozinho, dps q ele se lesionou contra os GSW, o time foi pro mato, Popovich chorou por dentro.

Vamo ver esse Hockets, pra mim não vinga. Chris Paul infelizmente se lesiona em momentos que o time precisa dele.


Oq vc ta achando desse novo Timberwolves ?




Na Guerra, Vitória.
Na Paz, Vigilância.
Na Morte, Sacrifício.
avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Qui 24 Ago 2017, 14:54
Observando o geral @ZeroFixe o time que mais mudou seu quadro na off season foi o Minnesota Timberwolves, e formou uma equipe que merce atenção sim: Butler, Towns, Wiggins, Taj Gibson, se não me engano eles ainda tem o Teague e o Crowford, vai dar para fazer um jogo bom contra as franquias mais tops e já começam a temporada enfrentando o Spurs, se o time encaixar tem um futuro promissor. E quase que levaram o Irving nesse processo, mas o Celtics tinha uma troca mais interessante para o Cleveland.

A verdade é que a NBA deitou para a conferência Oeste, e deixou de interessante na Leste apenas a franquia do Cleveland e a do Boston, e os Wizards correm por fora só por causa do John Wall mesmo.
Os All-Stars da NBA estão quase todos no oeste.

Eu diria que o Kawhi Leonard é o jogador mais completo de NBA hoje, só que ele não é tão midiático como Irving por exemplo, e as vezes não tem atenção que merece.




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Moderador ZeroFixe
Moderador ZeroFixe
Membro desde : 10/02/2013
Número de Mensagens : 2751
Sexo : Masculino
Idade : 19
Medalhas :

General Kan Ki (Loja NS)



General Ou Sen (Loja NS)


PRO ERA (Loja NS)

Participação : 33701
Reputação : 76

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuáriohttp://www.animeq.com.br/

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Sex 25 Ago 2017, 09:42
@Moisés MR escreveu:
Não to conseguindo te marcar  :?:

Com Butler, Towns e Wiggins "encaixando", o time fica mais completo e promissor para os Playoffs. Minnesota vai surprender essa temporada.

Pq que o Bulls fez essa burrice, eles pegaram a pick 1 do draft ?

Esqueci de falar do Cleveland na troca com o Celtics, que perdem o Kyrie mas levam o Isaiah Thomas que vejo suprimindo muito bem o antecessor. Jae Crowder e Ante Zizic, deixando o time mais completo q ano passado. Não sei oq aconteceu com o Tristan Thompson que jogou muito mal nas finais junto com o Kevin Love que não pegava rebotes e fez apenas um jogo bom contra o GSW. Se comparar a Jae Crowder com Tristan Thompson ou Kevin Love, vejo o ex-Celtics titular facilmente.

Eu pensava que o Cleveland ia pro mato, mas o pessoal do business mandou bem.




Na Guerra, Vitória.
Na Paz, Vigilância.
Na Morte, Sacrifício.
avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Sex 25 Ago 2017, 16:07
É @ZeroFixe, acontece comigo também - @''Moisés MR''

C.Cavaliers para mim se deu bem até, trocou o Irving que não queria mais jogar lá, por um bom e eficiente jogador (I.Thomas) e ainda compôs o banco que eu achava bem fraco e ficou nítido na final contra os warriors em que o Lebron e o Irving não podiam descansar, agora com Crowder, Zizic, já tinham contratado o D. Rose e parece que estão tentando acertar com o Dwayne Wade, que mesmo não estando no auge, tem boa sincronia com o Lebron.

O problema é que na próxima temporada o C. Cavaliers pode perder o Lebron e o I.Thomas.

O Bulls já perdeu o Butler para o Minnesota, perdeu o Rajon Rondo para o Pelicans e tá quase perdendo o Wade para o Cavs. Rebuild total.

Trocou o Butler e o Patton por Zach LaVine, Kris Dunn e o finlandês Lauri Markkanen.





A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Moderador ZeroFixe
Moderador ZeroFixe
Membro desde : 10/02/2013
Número de Mensagens : 2751
Sexo : Masculino
Idade : 19
Medalhas :

General Kan Ki (Loja NS)



General Ou Sen (Loja NS)


PRO ERA (Loja NS)

Participação : 33701
Reputação : 76

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuáriohttp://www.animeq.com.br/

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Sex 25 Ago 2017, 19:51
@Moisés MR
Ahh vlw, agr deu certo.

Exatamente, Lebron e Kyrie não podiam descansar. Olha esse JR Smith é PÉ DE RATO demais, mds.

Perder Isaiah e LeBron ?
Mesmo se forem campeões ?

Trocou o Butler e o Patton por Zach LaVine, Kris Dunn e o finlandês Lauri Markkanen

Tomaram no copo.



Anthony Davies tem q sair do Pelicans e Whiteside do Heat. Se não vão continuar sendo eternas promessas.




Na Guerra, Vitória.
Na Paz, Vigilância.
Na Morte, Sacrifício.
avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Sex 25 Ago 2017, 20:07
@ZeroFixe escreveu:@Moisés MR
Ahh vlw, agr deu certo.

Exatamente, Lebron e Kyrie não podiam descansar. Olha esse JR Smith é PÉ DE RATO demais, mds.

Perder Isaiah e LeBron ?
Mesmo se forem campeões ?

Trocou o Butler e o Patton por Zach LaVine, Kris Dunn e o finlandês Lauri Markkanen

Tomaram no copo.



Anthony Davies tem q sair do Pelicans e Whiteside do Heat. Se não vão continuar sendo eternas promessas.

Sim o risco existe. O contrato do I.Thomas no Boston só restaria mais um ano, ele ia pedir para ser ampliado junto do seu salário na próxima temporada, por enquanto Thomas no cavs é só por 1 ano, e para renovar vai sair caro.

E o Lebron fica como agente livre na próxima temporada, e dizem que o sonho dele era jogar nos Lakers que está se reconstruindo.




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Qua 06 Set 2017, 21:01
@ZeroFixe, olha esse texto do Isaiah Thomas, só digo isso, que homem!


É engraçado, eu estava comemorando.
Quando eu recebi a ligação de Danny (Ainge, GM dos Celtics), eu estava deixando o aeroporto — minha esposa Kayla e eu estávamos retornando de uma viagem onde celebramos o nosso aniversário de um ano de casamento. Fomos a Miami por alguns dias — e agora estávamos de volta a Seattle, dirigindo pra casa.
Eu perdi a ligação, devia estar ocupado com alguma coisa no carro. Danny me enviou uma mensagem.
“IT, me ligue quando puder”.
Soa dramático, mas na verdade esse é uma mensagem comum vinda do Danny. Poderia ser um milhão de coisas. Então eu liguei de volta pra ele, ainda dirigindo, sem dar muita importância. Ele sabia que eu estava viajando, então me fez algumas perguntas sobre isso. Tenho certeza de que perguntei como ele estava, como estava a família dele. Uma conversa normal, você sabe.
E aí, eu notei algo que…era quase imperceptível. Uma pequena pausa na conversa. E foi aí que ele me contou.
“Eu acabei de trocar você”.
Simples assim. Sem grandes palavras ou discursos. Eu acho que quando envolve coisas assim, não há muito o que dizer.
“Pra onde?”, foi tudo o que eu consegui pensar.
“Para os Cavaliers, por Kyrie”.
E foi aí que, tipo — cara. Você já esteve no telefone, e alguém diz algo…e daí, de repente, você só consegue pensar: Eu não quero mais estar nesta ligação? Não é nenhuma grosseria. É que a sua força de vontade de ter uma conversa se foi. Foi o que eu senti no momento.
Danny começou a falar sobre tudo o que eu fiz pela cidade de Boston, e pela franquia dos Celtics, tanto dentro como fora de quadra. Sobre como eu sou um grande jogador e como eu me darei bem em Cleveland. Esse tipo de coisa. E foi tipo…àquela altura? Eu não queria ouvir nada daquilo.
Então eu fiquei tentando encerrar a conversa algumas vezes. Eventualmente eu consegui. Foi basicamente, você sabe — Fico feliz de você ter entrado em contato e me dito tudo isso, mas não há nada que você ou eu podemos dizer neste momento.
Foi basicamente isso.
A ligação foi assim.
Cara…tanta coisa passou pela minha cabeça naquele momento. Mas eu precisei bloquear tudo aquilo por um tempo. Meu primeiro instinto foi entender o que aquilo significaria para a minha família. Pensei em meus dois filhos, James e Jaiden, e ter que dizer para ele que precisaríamos nos mudar. Eu sabia que seria um choque para eles — primeiro, por estarmos próximos da volta às aulas. E segundo, por saber o quanto Boston havia começado a ser como um lar para eles. Para todos nós.
Os meninos haviam ficado com a minha mãe enquanto Kayla e eu estávamos viajando, e assim que chegamos em casa do aeroporto, fizemos um FaceTime com eles. Eu sabia que a notícia iria vazar logo, e eu queria que eles ouvissem de mim. Então eu contei o que havia acontecido: Papai foi trocado.
James, o mais velho — tal pai, tal filho, porque ele fez a mesma primeira pergunta que eu. “Pra onde?”
“Cleveland. Eles me trocaram por Kyrie”. E eu tenho quase certeza de que você sabe o que veio depois.
“LEBRON! LEBRON JAMES! Pai — Pai. Você vai poder jogar com o LeBron James!”
Jaiden, no entanto, o caçula, e talvez um pouco mais sensível, ama Boston mais do que qualquer pessoa. Então eu sabia que a notícia poderia ser um pouco mais dolorosa para ele. E apenas observando a reação dele, assim que ele ouviu, eu sabia que estava certo. Ele parecia estar com o coração partido.
Eu disse, “Jaiden, você tá feliz ou triste?”
“Triste”.
“Por que?”
E ele respondeu, “Porque Cleveland provavelmente não tem pistas de skate”.
Ele adora skate e coisas assim. Então ele definitivamente ficou chateado com isso. (Cleveland, se vocês têm pistas de skate, mandem um Twitter).
Algumas horas depois, a notícia estava por toda parte. As minhas redes sociais estavam a todo vapor. Eu devo ter recebido umas mil mensagens e visto umas mil reações diferentes.
Porém, a verdade é que aquelas duas primeiras reações que eu recebi, dos meus filhos, eram só as que eu precisava. Todas aquelas análises, rumores, observações profissionais…e, cara, meus filhos estiveram mais certos só por alguns minutos no FaceTime. Tudo sobre aquela troca, tudo o que eu estava sentindo em meu coração naqueles momentos — eles acertaram sobre as duas únicas coisas que importavam.
Uma, como meu filho mais velho disse era: “LeBron James”. Ou, colocando de outra forma — eu tenho a possibilidade de me juntar ao melhor time do Leste, e tentar vencer um campeonato com o melhor jogador de basquete do mundo.
E dois, como meu filho mais novo disse: “Triste”. Ou, colocando de outra forma — cara, cara, eu vou sentir falta dessa cidade.
Cara, eu vou sentir falta de ser um Celtic.

Então, eu vou falar de uma vez: Essa merda doeu. Doeu pra caramba.
E eu não vou mentir — ainda dói.
Não é que eu não entenda. Claro que eu entendo: Isso é um negócio. Danny é um homem de negócios, e ele tomou uma decisão. Eu não concordo com ela e, pessoalmente, não acho que o Boston Celtics tenha melhorado com essa troca. Mas esse não é o meu trabalho. É do Danny. E é um trabalho difícil, e ele tem sido muito competente. Porém, no fim das contas, essas trocas remetem a apenas uma coisa: negócios. Então, sem mágoas sobre isso. Eu sou um adulto, e eu sabia como funcionavam as coisas quando entrei na liga — e, até então, tenho recebido mais bençãos do que maldições. Eu não estou sentado aqui, escrevendo isso, achando que fui tratado injustamente. Eu não fui injustiçado. Boston tinha todo o direito de me trocar.
Além do mais, de diversas formas, eu acho que foi uma boa lição. Não só para mim, mas para toda a liga. E para os fãs e para a imprensa também, em termos de como eles falam sobre caras que trocam de times. Eu estava pensando sobre o último ano, com o KD sendo agente livre — e sobre como as pessoas o criticaram por ele ter feito o que ele achava que era o melhor para ele e para o seu futuro. Como eles o transformaram em um vilão, apenas por ter exercitado o seu direito como agente livre nesta liga. De repente, era tipo, “ele é egoísta”, ou “ele é um covarde”. De repente, apenas por ter tomado uma decisão de negócios, e por ter feito o que era certo para ele, ele foi considerado uma má pessoa.
E é isso que eu acho que a minha troca mostra para as pessoas. Eu queria que elas vissem como eu sendo trocado — sem nenhum aviso prévio — pela franquia pela qual eu briguei, me sacrifiquei e sangrei, pela qual eu dei tudo o que eu tinha. É por isso que as pessoas precisam alterar suas perspectivas. É tipo, cara — com algumas exceções, a menos que nós sejamos agentes livres, 99 vezes em 100, os dirigentes detém o poder. Quando jogadores estão sendo movidos a toda hora, e tendo suas vidas alteradas sem nenhum aviso prévio, e vida que segue…e daí, nas vezes em que a situação se altera e o jogador detém o controle…aí vira um escândalo? Apenas sendo honesto, mas, pra mim, isso diz muito sobre onde estamos como uma liga e como uma sociedade. E diz muito sobre o tanto que ainda temos que evoluir.
E como eu disse, sem mágoas. Mas espero que a próxima vez que um jogador troque de time quando for um agente livre, e as pessoas queiram atacá-lo, escrever algo negativo ou mandar um tweet agressivo sobre ele, talvez, agora, elas pensem duas vezes. Talvez elas olhem para a liga, para um caso como o meu, e lembrem que lealdade é apenas uma palavra. E é uma palavra poderosa se você quiser que seja. Mas, cara, em relação aos negócios…não dá pra contar com lealdade.
Ao mesmo tempo, as pessoas têm que entender. Tipo, mesmo com tudo isso que eu disse…cara…ainda doeu. Doeu pra caramba. E eu espero que as pessoas entendam que, quando eu digo que doeu, não estou me dirigindo a ninguém em particular. Eu não estou dizendo que fui magoado por alguém, ou injustiçado por alguém, ou traído. Eu estou dizendo, cara, que sou humano. Eu posso agir como um cara durão dentro de quadra. E pode parecer que tenho gelo em minhas veias quando estou competindo. Porém, ao mesmo tempo — não tenho gelo nas veias. Eu tenho sangue e um coração como todo mundo.
Então, quando eu digo que isso dói, cara — apenas saiba que não foi por que alguém fez alguma coisa. Foi por algo que eu fiz.
Eu me apaixonei por Boston.

Quando os Celtics me adquiriram, eu sabia o que era esperado. Eu sabia do meu papel quando fui trazido para o time — o mesmo papel que eu desempenhei durante toda a minha carreira na NBA. “Armador pontuador, que sabe armar um pouquinho”. “Sair do banco para marcar pontos”. “Sexto homem”. Já era a minha terceira parada em quatro anos, e esse não é o plano de carreira de ninguém que é um franchise player, ou armador do futuro. Não era assim que a liga me via. E eu sabia disso.
E quando eu cheguei via troca, eu acho que os fãs dos Celtics sabiam disso também. Eles sabiam que eu faria parte de um profundo processo de reconstrução, e que não era hora de pensar em playoffs. Eram para ser anos de transição. Você sabe: empilhar peças. Encontrar talentos baratos. E sim — provavelmente perder bastante.
Pelo menos era isso que todos estavam nos dizendo.
E eu acho que foi por isso que eu me dei tão bem com a cidade de Boston, e porque nos conectamos tão bem como fizemos. Toda a minha vida, eu sempre venci e joguei um bom basquete. Mas agora, de repente, como profissional, as pessoas estavam me dizendo que eu teria que ser um jogador de banco — e que o melhor que eu poderia esperar era ser o cestinha de uma equipe em reconstrução. E é semelhante a esta era dos Celtics: durante toda a sua existência, os C’s só venceram e jogaram excelente basquete. Mas agora, de repente, as pessoas estavam dizendo aos fãs da equipe que haveria uma reconstrução e que, por um tempo, eles seriam um time de loteria. E é como eu e a cidade, meus times dos Celtics e os torcedores da equipe, nós compartilhamos o mesmo coração, a mesma mentalidade. Nós só queríamos vencer — agora — e nenhum de nós tínhamos tempo para os críticos. Era tipo, cara, foda-se a loteria.
E acho que isso evoluiu para uma relação especial, essa conexão especial com o momento. Todo mundo tem seus números e estatísticas — esses especialistas, cara, eles acham que sabem tudo sobre a liga. Mas eles nunca me entenderam. E eles nunca entenderam a importância de se ter uma cultura vencedora — da qual fazem parte os torcedores, os jogadores, técnicos, diretoria, até o topo. E nós tínhamos isso aqui. Este foi o primeiro lugar, a primeira organização, o primeiro grupo de torcedores na liga que não olharam pra mim, olharam para o meu tamanho, e não me colocaram no mesmo papel de sempre. O Boston Celtics me deu a chance de ser excelente. E eu nunca vou me esquecer disso.
E por isso, sabe, as pessoas me perguntam sobre os playoffs do ano passado. Sobre como, mesmo após minha irmã Chyna ter morrido, eu ainda apareci para o Jogo 1 contra Chicago e entrei em quadra. O que é interessante é que, o motivo inicial pelo qual eu planejava jogar, foi um pouco diferente do motivo pelo qual eu, de fato, acabei jogando. De início, eu achava que iria jogar porque, honestamente, essa é a minha mentalidade em relação ao basquete. Com basquete, eu acho que sempre foi, tipo — não importa o que estava acontecendo na minha vida…eu sempre achava refúgio em uma quadra de basquete. Tudo o que eu tenho que fazer é encontrar uma, e eu sei que estarei bem enquanto eu estiver naquela quadra. Isso é o que o basquete sempre foi pra mim, em meio aos altos e baixos da vida. É uma proteção de tudo o que acontece em minha vida.
E quando eu cheguei à Arena naquela noite, depois que a Chyna morreu — eu estava pensando, Ok, eu preciso que isso aconteça. Eu preciso que essa quadra seja a minha proteção esta noite, eu preciso que esta quadra me ajude a esquecer. Mas quando eu cheguei ali? Cara, foi um daqueles momentos…eu nem consigo descrever. O aplauso com o qual fui recebido, eu ainda posso ouvir. As pessoas fizeram esses cartazes, eu ainda posso enxergá-los. ESSA É PELA CHYNA. NÓS TE AMAMOS ISAIAH. Esse tipo de coisa. E eles fizeram um momento de silêncio, na arena inteira, em memória da Chyna. E foi tipo…cara. Eu percebi, naquele momento, que eu não precisava da quadra para me proteger. Eu não precisava bloquear nada, e fingir que eu não estava sofrendo. Eu não precisava estar sozinho. A arena inteira estava ali comigo. Honestamente, eu senti que a cidade inteira de Boston estava comigo.
E naquele ponto, eu acho que caiu a ficha, tipo, é claro que eu tenho que jogar. Primeiro, eu vou fazer isso pela Chyna e pela minha família. Mas eu também vou fazer isso pela minha cidade porque, o que eles estão me mostrando agora, é tudo o que eu precisava esta noite: saber que eu não estou sozinho. Eles estão me mostrando que estão passando pela mesma coisa pela qual eu estou passando esta noite. Eles estão me mostrando que eu sou um deles, e que nós estamos nessa juntos. Então vamos nessa juntos.
E por dois anos e meio, cara, nós estávamos juntos.
Eu vou dizer isso aqui, de cara, para superar isso — e daí você pode ir em frente e postar isso em qualquer lugar que quiser: Você não vai querer mexer com os Cavs este ano. Este será um ótimo ano para ser torcedor do Cavs, um ótimo ano. Eu estou animado.
Da perspectiva do basquete, eu e o Cavs fomos feitos um para o outro. Se você assistiu a algum jogo dos Celtics no ano passado, então você sabe quantas vezes eu tive que passar por marcações duplas e triplas, apenas para conseguir um arremesso. Acabou saindo tudo bem para nós — todo mundo jogou bem e meus arremessos estavam entrando. Porém, este ano…cara, nem vai ser um problema. Você realmente vai por três caras pra me marcar, quando eu estou dividindo a quadra com o melhor jogador de basquete do planeta? Eu acho que não.
E esse é só o LeBron. Eu olho para todo o elenco, e só vejo caras com os quais eu mal posso esperar pra jogar junto: Kevin Love (reunião com o meu companheiro de AAU), Tristan Thompson, JR Smith, Ivan Shumpert…não é nenhum acidente esses caras terem vencido o Leste por três anos seguidos. E agora, comigo, D. Rose e meu broder Jae? Esse elenco, cara — é completo. Torcedores dos Cavs, vamos nos preparar para um rock n’ roll.
Claro, estar na equipe a ser batida no Leste…não vou mentir, são sentimentos confusos. Porque esse era o nosso objetivo em Boston durante muito tempo — passar pelos Cavs e vencer o Leste. E eu sei que esse ainda é o objetivo de Boston. Porém, agora, é minha responsabilidade impedi-los de completar esse objetivo. E isso é complicado. Porque quando chegar os playoffs, e nós tivermos que enfrentar os Celtics…eu não sei, é difícil explicar. Não vai ser só a minha “ex-equipe”. É a minha ex-equipe. O ataque top, mais de 30 jogos televisionados, um lugar para o qual agentes livres queriam ir — eu sinto que ajudei a construir tudo isso. Eu ajudei a criar essa situação.
E quando chegarem os playoffs, de repente, será tipo…Ok, agora destrua tudo isso.
É triste cara. É muito triste.
Mas eu não vim para Cleveland para perder.
Como eu disse, quando a notícia da troca saiu, eu recebi muitas mensagens. SMS, Instagram, Twitter, voicemail. Estava frenético. Porém, uma mensagem em particular realmente me chamou a atenção. Foi do Tom Brady.
E aí, IT, acabei de ouvir a notícia. Você tá bem?
To bem. Quero dizer, é uma loucura. O jogo é meio implacável.
É sim. Toda a sorte do mundo. Você vai se sair bem. Mantenha contato.
Não foi o que ele disse, exatamente — embora tenha sido legal da parte dele entrar em contato, sem dúvida. Foi mais por tudo o que significou, eu acho, que essa mensagem ficou comigo. Receber uma mensagem pessoal assim de alguém como o Tom, que é uma lenda em Boston…quero dizer, foi meio agridoce.
De início, machucou um pouco. Eu olho para a carreira do Tom com os Patriots — e é exatamente o tipo de carreira que eu esperava construir aqui com os Celtics: ser recrutado no fim da linha…chegar sem nenhum reconhecimento…e aí — por meio de trabalho duro, de determinação, e de algum talento que algumas pessoas ignoraram — começar a vencer, vencer, vencer. E aí estabelecer um legado vencedor. E daí ficar em Boston, vencer títulos e competir, pelo resto da minha carreira — até que eu fosse considerado um dos grandes de todos os tempos de Boston. Essa é a carreira que eu estava começando a planejar pra mim. Na minha cabeça, eu queria ser a versão Celtics de Brady e de Ortiz. Eu queria que a próxima era do basquete dos Celtics entrasse para a história — e eu queria entrar para a história esportiva de Boston junto. Então, quando eu recebi a mensagem do Tom, sabe, uma parte de mim se sentiu bastante triste.
Mas daí eu refleti mais sobre a mensagem…e acho que mudei um pouco a minha perspectiva. Eu meio que entendi que, cara — esse é Tom Fucking Brady. E eu só estive aqui por dois anos e meio. Tom Brady não está mandando mensagens assim pra todo cara que jogou em Boston por dois anos e meio — a menos que eles tenham feito algo realmente especial. Então talvez, eu não sei…talvez eu possa me orgulhar disso. E talvez, meu tempo aqui…mesmo que, no fim das contas, não foi tudo o que eu sonhei que fosse — talvez ainda tenha significado alguma coisa para algumas pessoas.
Então acho que estou desse jeito no momento. Ainda estou magoado, e triste de ir embora. E tenho certeza de que sentirei falta da minha família celta por um longo tempo. Mas eu vou para Cleveland agora e fazer o que eu faço de melhor. Eu vou me entregar. Pode não ser a carreira com a qual eu sonhei ter no ano passado, ou até no último mês — mas refletindo sobre isso, essa foi a minha carreira desde o começo. Nunca foi um sonho se tornando realidade, e nunca foi o que eu esperava. Foi só eu mesmo.
E talvez essa seja a resposta para tudo isso, entende? Tipo, sim, eu nunca serei Tom Brady. E nunca serei David Ortiz. E nunca serei Bill Russell, ou Paul Pierce, ou Kevin Garnett, ou Larry Bird. Mas se isso teria acontecido sem essa troca, ou não teria — eu ainda assim gosto de imaginar uma coisa.
Eu gosto de imaginar que, daqui a algum tempo, em algum lugar em Boston, alguém vai se tornar um pai ou mãe, e conversar sobre basquete com seu filho(a). E a criança vai perguntar, sem rodeios, como as crianças fazem, — “Ei, por que você é fã dos Celtics?”
E aquele pai/mãe, cara, ele vai refletir — pensar, de verdade. E aí ele/ela vai sorrir, e falar a verdade.
“Eu vi Isaiah Thomas jogar”.
Isso me faria muito feliz. Pra mim, eu acho, isso seria o
suficiente.




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Sab 23 Set 2017, 15:31
Knicks acertam troca por Carmelo Anthony para o Oklahoma City Thunder.

Na troca, o time de Nova York irá receber o pivô Enes Kanter e ala-armador Doug McDermott, além de uma escolha na 2ª rodada do próximo draft.




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Moderador ZeroFixe
Moderador ZeroFixe
Membro desde : 10/02/2013
Número de Mensagens : 2751
Sexo : Masculino
Idade : 19
Medalhas :

General Kan Ki (Loja NS)



General Ou Sen (Loja NS)


PRO ERA (Loja NS)

Participação : 33701
Reputação : 76

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuáriohttp://www.animeq.com.br/

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Sab 23 Set 2017, 20:42
@Moisés MR escreveu:Knicks acertam troca por Carmelo Anthony para o Oklahoma City Thunder.

Na troca, o time de Nova York irá receber o pivô Enes Kanter e ala-armador Doug McDermott, além de uma escolha na 2ª rodada do próximo draft.


Vi a noticia agr, e não sei se OKC fez um bom negócio, perdendo escolha do draft e Enes Kanter...




Na Guerra, Vitória.
Na Paz, Vigilância.
Na Morte, Sacrifício.
avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Sab 23 Set 2017, 21:21
@ZeroFixe escreveu:
@Moisés MR escreveu:Knicks acertam troca por Carmelo Anthony para o Oklahoma City Thunder.

Na troca, o time de Nova York irá receber o pivô Enes Kanter e ala-armador Doug McDermott, além de uma escolha na 2ª rodada do próximo draft.


Vi a noticia agr, e não sei se OKC fez um bom negócio, perdendo escolha do draft e Enes Kanter...

Ao menos midiaticamente fez um bom negócio, a exposição do OKC vai dar uma valorizada, e com 3 boa camisas pra vender.

Em quadra vamos ver no que dá... Só estou curioso como vai ser a formação, se vão jogar o Paul George na posição 2 (ala-armador) e o Carmelo fica na 3(ala), ou então deixa o Paul George na 3 mesmo e o Carmelo vai para 4 (ala-pivô).




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


avatar
Moderador ZeroFixe
Moderador ZeroFixe
Membro desde : 10/02/2013
Número de Mensagens : 2751
Sexo : Masculino
Idade : 19
Medalhas :

General Kan Ki (Loja NS)



General Ou Sen (Loja NS)


PRO ERA (Loja NS)

Participação : 33701
Reputação : 76

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuáriohttp://www.animeq.com.br/

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Seg 25 Set 2017, 23:24
@Moisés MR

Dá em ambos, mas acho que deixariam o Carmelinho na 4.

Derick Rose foi pro Cleveland :deus:




Na Guerra, Vitória.
Na Paz, Vigilância.
Na Morte, Sacrifício.
avatar
Comandante
Comandante
Membro desde : 10/03/2013
Número de Mensagens : 3378
Sexo : Masculino
Idade : 20
Medalhas :

Melhor Animanga User - Awards 2017

Participação : 31129
Reputação : 203

Pontos :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

em Seg 25 Set 2017, 23:29
Sabia do D.Rose não @ZeroFixe ? Faz um tempinho já...

Também tem o D. Wade que já rescindiu com o Bulls, e está como agente livre, seus prováveis novos clubes são o Cleveland Cavaliers, Oklahoma City Thunder, Miami Heat e o Santo Antonio Spurs.

Como ele treinou com o Lebron a off-season inteira é mais provável que vá para o Cavs, mas parece que p R.Westbrook e o Paul George estão tentando convencê-lo de ir pro Thunder.




A  Lâmina só não é tão afiada quanto meu espiríto...

Tem momentos que a melhor resposta é ficar calado; deixe que a voz do silêncio fale por você.
As vezes a dor que machuca faz bem a alma; as vezes para se ganhar é preciso perder.
Tem horas que o sonho adormece para você acordar; Há até momentos que você precisa enxergar a luz no fim do túnel,
para perceber que se perdeu e se encontrar...


Conteúdo patrocinado

Re: NBA - Qual a contratação /troca mais importante da off-season ?!

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum